Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12858
Título: Avaliação do efeito de particulados sólidos na eficiência de um inibidor de corrosão recomendado para meios salinos com CO2
Autor(es): Távora, Michele Portela
Palavras-chave: Particulados sólidos;Inibidor de corrosão;Corrosão pelo CO2;Técnicas eletroquímicas;Solid particle;Corrosion inhibitor;CO2 corrosion;Electrochemical techniques
Data do documento: 27-Abr-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: TÁVORA, Michele Portela. Avaliação do efeito de particulados sólidos na eficiência de um inibidor de corrosão recomendado para meios salinos com CO2. 2007. 128 f. Dissertação (Mestrado em Processamento de Materiais a partir do Pó; Polímeros e Compósitos; Processamento de Materiais a part) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: The main problem on the exploration activity on petroleum industry is the formation water resulted on the fields producing. The aggravating of this problem is correlated with the advancing technologies used on the petroleum extractions and on its secondary approach objecting the reobtainment of this oil. Among the main contaminants of the water formation are corrosives gases such as: O2, CO2 and H2S, some solids in suspension and dissolved salts. Concerning to those gases the CO2 is the one that produce significant damage for carbon steel on corrosion process of the petroleum and gas industries. Corrosion inhibitors for carbon steel in formation water is one of the most used agents in control of those damages. In this context, the poor investigations of carbon steel corrosion proceeding from solids in suspension is an opened field for studies. On this work the inhibitor effect of the commercial CORRTREAT 703 was evaluated on some specific solids in suspension at saline medium containing 10.000 ppm of de-aerated chloride using CO2 until non oxygen atmosphere been present. For that, quartz, calcium carbonate, magnetite and iron sulphide were subjected to this investigation as the selected solids. The effect of this inhibitor on corrosion process correlated with those specific solids, was measured using electrochemical (resistance of linear polarization and galvanic pair) and gravimetrical techniques. During all the experimental work important parameters were monitored such as: pH, dissolved oxygen, temperature, instantaneous corrosion rate and galvanic current. According to the obtained results it was proved that the suspension solids calcium carbonate and iron sulphide decrease the corrosion process in higher pH medium. Meanwhile the quartz and magnetite been hardness increase corrosion by broking of the passive layer for erosion. In the other hand, the tested inhibitor in concentration of 50 ppm, showed to be effective (91%) in this corrosion process
metadata.dc.description.resumo: O principal problema ligado à atividade de exploração de petróleo é a água que se produz nos campos produtores. O agravamento deste problema se deve aos avanços obtidos nos processos de extração de petróleo, bem como às operações secundárias que objetivam a recuperação de petróleo. Os principais contaminantes presentes nesta água que contribuem para o desenvolvimento de processos corrosivos são: gases (que se encontram dissolvidos na água, tais como O2, CO2 e H2S), sólidos em suspensão e sais dissolvidos. Dentre os gases destaca-se o CO2 que provoca desgaste significativo nas tubulações (de aço carbono) de indústrias de petróleo e gás natural. O uso de inibidores de corrosão é uma prática comum no combate aos processos corrosivos. Neste contexto, os contaminantes do tipo particulados sólidos são pouco avaliados. Desta forma, neste trabalho, o efeito do inibidor de uso comercial CORRTREAT 703 em particulados sólidos comumente encontrados em oleodutos. Utilizou-se um meio salino contendo 10.000 ppm de cloreto desaerado com CO2 até obtenção de um meio isento de oxigênio. Para tanto, os sólidos escolhidos foram: quartzo, magnetita, carbonato de cálcio e sulfeto de ferro. A eficiência de inibição do CORRTREAT 703 na corrosão provocada por estes sólidos, foi medida com o uso de técnicas eletroquímicas (resistência de polarização linear e par galvânico) e gravimétricas. Durante todo o trabalho experimental, foram monitorados os seguintes parâmetros: pH, oxigênio dissolvido, temperatura, taxa de corrosão instantânea e corrente galvânica. De acordo com os resultados obtidos comprovou-se que o carbonato de cálcio e o sulfeto de ferro estão envolvidos em um processo corrosivo mais lento em função do aumento do pH do meio. No entanto, o quartzo e a magnetita em virtude da sua dureza aceleram a corrosão pela quebra da camada passiva por erosão. Por outro lado, o inibidor avaliado foi eficaz (91 %) em uma concentração de 50 ppm no processo avaliado
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12858
Aparece nas coleções:PPGCEM - Mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MichelePT.pdf1,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.