Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12903
Título: Avaliação de produtos naturais no controle de biofilmes formados em sistema dinâmico
Autor(es): Viana, Marcelino Gevilbergue
Palavras-chave: Biofilme;Biocorrosão;Lippia gracilis Schauer;Biocida e corrosão;Biofilm;Biocorrosion;Lippia gracilis Schauer;Biocid and corrosion
Data do documento: 28-Ago-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VIANA, Marcelino Gevilbergue. Avaliação de produtos naturais no controle de biofilmes formados em sistema dinâmico. 2009. 90 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The biofilms microbial forms of association are responsible for generating, accelerating and / or induce the process of corrosion. The damage generated in the petroleum industry for this type of corrosion is significatives, representing major investment for your control. The aim of this study was to evaluate such tests antibiograms the effects of extracts of Jatropha curcas and essential oil of Lippia gracilis Schauer on microrganisms isolated from water samples and, thereafter, select the most effective natural product for further evaluation of biofilms formed in dynamic system. Extracts of J. curcas were not efficient on the complete inhibition of microbial growth in tests type antibiogram, and essential oil of L. gracilis Schauer most effective and determined for the other tests. A standard concentration of essential oil of 20 μL was chosen and established for the evaluation of the biofilms and the rate of corrosion. The biocide effect was determined by microbial counts of five types of microorganisms: aerobic bacteria, precipitating iron, total anaerobic, sulphate reducers (BRS) and fungi. The rate of corrosion was measured by loss of mass. Molecular identification and scanning electron microscopy (SEM) were performed. The data showed reduction to zero of the most probable number (MPN) of bacteria precipitating iron and BRS from 115 and 113 minutes of contact, respectively. There was also inhibited in fungi, reducing to zero the rate of colony-forming units (CFU) from 74 minutes of exposure. However, for aerobic and anaerobic bacteria there was no significant difference in the time of exposure to the essential oil, remaining constant. The rate of corrosion was also influenced by the presence of oil. The essential oil of L. gracilis was shown to be potentially effective
metadata.dc.description.resumo: Os biofilmes são formas de associação microbiana responsáveis por gerar, acelerar e/ou induzir o processo de corrosão. Os danos gerados na indústria de petróleo por esse tipo de corrosão são significativos, representando grandes investimentos para seu controle. O objetivo desse trabalho foi avaliar em testes tipo antibiograma os efeitos dos extratos de Jatropha curcas e do óleo essencial de Lippia gracilis Schauer sobre microrganismos isolados de amostras de água e, apartir de então, selecionar o produto natural mais efetivo para posterior avaliação sobre biofilmes formados em sistema dinâmico. Os extratos de J. curcas não foram eficientes sobre a inibição completa do crescimento microbiano em testes tipo antibiogramas, sendo o óleo essencial mais efetivo e determinado para os demais testes. Uma concentração padrão do óleo essencial de 20 μL foi escolhida e estabelecida para a avaliação sobre os biofilmes e sobre a taxa de corrosão. O efeito biocida foi determinado pela contagem microbiana de cinco tipos de microrganismos: bactérias aeróbicas, precipitadoras de ferro, anaeróbicas, redutoras de sulfato (BRS) e fungos. A taxa de corrosão foi calculada por perda de massa. Identificação molecular e micrografias eletrônicas de varredura (MEV) foram realizadas. Os dados mostraram redução a zero do número mais provável (NMP) de bactérias precipitadoras de ferro e BRS a partir de 115 e 113 minutos de contato, respectivamente. Também houve inibição sobre fungos, reduzindo para zero a taxa de unidades formadoras de colônias (UFC) a partir de 74 minutos de exposição. Entretanto, para bactérias aeróbicas e anaeróbicas não houve diferença significativa para o tempo de exposição com o óleo essencial, permanecendo constante. A taxa de corrosão também foi influenciada pela presença do óleo. O óleo essencial de L. gracilis Schauer mostrou-se potencialmente efetivo
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12903
Aparece nas coleções:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcelinoGVpdf.pdf1,47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.