Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12949
Título: Extração de boro de água produzida sintética por sistema microemulsionado
Autor(es): Meneses, Zildiany Ibiapina
Palavras-chave: Água produzida;Boro;Extração líquido-líquido;Microemulsões;ICP OES;Produced water;Boron;Liquid-liquid extraction;Microemulsion;ICP OES
Data do documento: 4-Jul-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: MENESES, Zildiany Ibiapina. Extração de boro de água produzida sintética por sistema microemulsionado. 2011. 104 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: Boron is a semi-metal present in certain types of soils and natural waters. It is essential to the healthy development of plants and non-toxic to humans, depending on its concentration. It is used in various industries and it s present in water production coming from oil production. More specifically in Rio Grande do Norte, one of the largest oil producers on shore of Brazil, the relationship water/oil in some fields becomes more than 90%. The most common destination of this produced water is disposal in open sea after processing to meet the legal specification. In this context, this research proposes to study the extraction of boron in water produced by microemulsion systems for industrial utilization. It was taken into account the efficiency of extraction of boron related to surfactant (DDA and OCS, both characterized by FT-IR), cosurfactant (butanol and isoamyl alcohol), organic phase (kerosene and heptanes) and aqueous phase (solution of boron 3.6 ppm in alkaline pH). The ratio cosurfactant/ surfactant used was four and the percentage of organic phases for all points of study was set at 5%. It was chosen points with the highest percentage of aqueous phase. Each system was designed for three points of different compositions in relation to the constituents of a pseudoternary diagram. These points were chosen according to studies of phase behavior in pseudoternary diagrams made in previous studies. For this research, points were chosen in the Winsor II region. The excess aqueous solution obtained in these systems was separated and analyzed by ICP OES. For the data set obtained, the better efficiency in the extraction of boron was obtained using the system with DAC, isoamyl alcohol and heptanes, which extracted 49% in a single step. OCS was not viable to the extraction of boron by microemulsion system in the conditions defined in this study
metadata.dc.description.resumo: O boro é um semi-metal presente em determinados tipos de solos e águas naturais. É essencial ao desenvolvimento sadio de espécies vegetais e atóxico ao homem, dependendo de sua concentração. É utilizado em várias indústrias e está presente em águas de produção oriundas da atividade petrolífera. Mais especificamente no Rio Grande do Norte, um dos maiores produtores de petróleo on shore do Brasil, a mistura água/óleo produzida em alguns campos chega a ser superior a 90% em água. O destino mais comum a essa água produzida é o descarte no mar aberto após especificação. Com isso, o objeto a que se propõe este trabalho é o estudo da extração do boro em água produzida por sistema microemulsionado (SME) para seu aproveitamento industrial. Nesse estudo foi levado em consideração a eficiência de extração de boro quanto ao tensoativo (DDA e OCS, ambos caracterizados por FT-IV), cotensoativo (butanol e álcool isoamílico), fase orgânica (querosene e heptano) e fase aquosa (solução de boro 3,6 ppm em pH básico). A razão cotensoativo/tensoativo utilizada foi quatro e o percentual das fases orgânicas para todos os pontos de estudo foi fixada em 5%. Foram escolhidos pontos com maior percentual de fase aquosa. Cada sistema foi montado para três pontos de composições diferentes em relação aos constituintes de um diagrama pseudoternário. Estes pontos foram escolhidos de acordo com estudos do comportamento de fases em diagramas pseudoternários realizados em estudos anteriores. Para esse estudo os pontos escolhidos localizaram-se na região de Winsor II. A solução aquosa em excesso obtida nesses sistemas foi separada e analisada por ICP OES. Do conjunto de dados obtidos, o sistema que apresentou melhor eficiência na extração de boro foi o que utilizou DAC, álcool isoamílico e heptano, com aproximadamente 49% de extração numa única etapa. O OCS não se mostrou favorável a extrações de boro por sistema microemulsionados nas condições do estudo
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12949
Aparece nas coleções:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ZildianyIM_DISSERT.pdf2,27 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.