Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13199
Título: A Humanização e a Formação Médica na Perspectiva dos Estudantes de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Autor(es): Alves, Antônia Núbia de Oliveira
Palavras-chave: Educação médica;Estudantes de Medicina;Humanização;Grupo focal;Medical education;Medical students;Humanization;Focus group
Data do documento: 26-Mar-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALVES, Antônia Núbia de Oliveira. A Humanização e a Formação Médica na Perspectiva dos Estudantes de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2008. 58 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The aim of this study is to understand the perception of medical students at the Federal University of Rio Grande do Norte (UFRN) about humanization in the context of their medical formation, using a qualitative approach. The focus group and participant observation techniques were used, involving a multidisciplinary team composed of professionals from the areas of anthropology and psychology, as well as professors from the medical course, who studied two groups of nine students in their final year. The data were analyzed using the categorical thematic content analysis technique, from which emerged three categories: student/patient relationship, teaching/learning and student/professor relationship. The first allows us to identify that student-patient contact is an essential experience for adopting a more humanized view of the disease process. The second category shows that unqualified professors in the pedagogic practices inherent to the teaching profession and the theory the practical dichotomy hinder the autonomous and holistic formation of knowledge. Similarly, the lack of practices outside the academic environment and the absence of multiprofessional stimulation interfere in the construction of an integral view of the individual. From the third category, the student/professor relationship, emerge two opposing subcategories (professor model and assymetric relationships), which reflect the importance of the professor`s ethical humanist position, as opposed to an authoritarian attitude, to form the professional attitude of the student. The results point important aspects of the medical formation that may open a discussion about humanization, in the context of new national curricular guidelines
metadata.dc.description.resumo: Este estudo busca compreender a percepção dos estudantes de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) acerca da humanização no contexto da formação médica, através de uma abordagem qualitativa. Foram utilizadas as técnicas do grupo focal e observação participante, envolvendo uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais das áreas de antropologia, psicologia e professores do curso médico, que estudou dois grupos de nove estudantes do último ano do curso. Os dados foram analisados através da técnica de análise de conteúdo temática categorial, da qual emergiram três categorias: relação estudante/paciente, ensino/aprendizagem e relação estudante/professor. A primeira permite identificar que a experiência do contato do estudante com o paciente é essencial para a construção de uma visão mais humanizada do processo de adoecer. Em relação à segunda categoria, percebe-se que a capacitação deficiente de professores para as práticas pedagógicas e a dicotomia teoria e prática dificultam a formação autônoma e holística do conhecimento. Da mesma forma, a escassez de práticas fora do ambiente universitário e de estímulo à atenção multiprofissional interfere na construção de uma visão integral do indivíduo. Da terceira categoria, a relação estudante/professor, emergiu duas subcategorias antagônicas (professor modelo e relações assimétricas) que refletem a importância da postura ética humanista do professor, em detrimento de uma atitude autoritária, para a construção da identidade profissional do estudante. Os resultados apontam aspectos importantes da formação médica, que podem respaldar uma discussão acerca da humanização, no contexto das novas diretrizes curriculares nacionais
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13199
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AntoniaNOA.pdf118,04 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.