Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13378
Título: Prevalência e fatores associados à dor em professores de educação física em academias de ginástica da cidade do Salvador-BA
Autor(es): Gonçalves, Ciro Alexandre Mercês
Palavras-chave: dor;ginástica;educação física, distúrbios osteo-articulares relacionados ao trabalho;pain;gymnastics;osteoarticular disorders related to work
Data do documento: 10-Fev-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GONÇALVES, Ciro Alexandre Mercês. Prevalência e fatores associados à dor em professores de educação física em academias de ginástica da cidade do Salvador-BA. 2012. 103 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: Physical Education professionals are usually exposed to excessive physical workloads that evolve into painful symptomatology and muscle and bone disorders that originate from the work-related exercises. Purposo: The goal of this study was to investigate the prevalence and factors associated with pain painful symptomatology in teachers in gymnastics academies. An analytical transversal cut study was performed involving 163 gymnastics teachers working in the main gyms in the city of Salvador-BA. For evaluation of pain, validated versions in Portuguese of the McGill Protocol and the Wisconsin Pain Inventory were used. For obtain results of descriptive statistical analysis of the collected data was performed, followed by TStudent, and Pearson and Spearman correlation tests to verify possible correlations between the presence of pain and other variables which were considered independent. Finally, for the identification of potential risk factors associated with pain, a binary logistic regression analysis was performed. For all statistical analysis, we cnsidered p< 0.05. Results: The painful symptoms was reported by 88.3% of the subjects surveyed. High pain levels were observed in 63.8% of the interviewed professionals, where the intensity varied from moderate to severe. Pain in the lumbar region was present in 55.2% of subjects. Positive correlations were found between the level of pain intensity and the variables related with the workload activity and daily life of the teachers in almost all body joints analyzed. Some factors had been verified associates to the painful sintomatologia as the age of the professionals, the daily hours load of labor work, and the lack of interval of rest between the lessons. Conclusions: We found a high prevalence in gym teachers working in the city of Salvador-BA, which interfered in various daily activities of their home and professional lives. The most affected region was the lumbar region, followed by the knees, neck, shoulders, ankles, hands, hips, feet, elbows and forearms. The factors associated with development of painful symptomatology were the age of the professionals, daily hours of work and the lack of rest intervals between lessons. The high prevalence of pain in Physical Education teachers can be regarded as a serious occupational health problem, which would demand the urgent deployment of preventive intervention programs to minimize the impact of pain among these professionals
metadata.dc.description.resumo: Os profissionais de Educação Física geralmente são expostos a excessivas cargas de trabalhos físicos que evoluem para o acometimento de sintomatologia dolorosa e distúrbios musculoesqueléticos oriundos do exercício laboral. Objetivo: Investigar a prevalência da sintomatologia dolorosa e fatores associados em professores de academia de ginástica. Métodos: Foi realizado um estudo analítico de corte transversal em 163 professores de ginástica atuantes nas principais academias da cidade de Salvador-Ba. Para avaliação da sintomatologia dolorosa foram usadas versões validadas para o português do protocolo McGill e do Inventário para dor de Wisconsin. Para obtenção dos resultados através da análise estatística dos dados coletados foi realizado uma análise descritiva, seguida dos testes TStudent e correlação de Pearson e Spearman para analisar as possíveis correlações existentes entre a presença de dor e as demais variáveis consideradas independentes. Para a identificação dos potenciais fatores de risco associados à sintomatologia dolorosa uma análise de regressão logística binária. O valor de p < 0,05 foi considerado para toda análise estatística. Resultados: A sintomatologia dolorosa foi relatada por 88,3 % dos sujeitos pesquisados. Observaram-se níveis elevados de dor em 63,8% dos entrevistados, onde a intensidade variou de moderada à severa. A dor na região lombar esteve presente em 55,2% dos sujeitos. Foram verificadas correlações positivas entre o grau de intensidade da dor e as variáveis relacionadas com a carga da atividade laboral e da vida cotidiana dos professores em quase todas as articulações do corpo analisadas. Verificaram-se vários fatores associados à sintomatologia dolorosa como a idade dos profissionais, a carga horária diária de trabalho laboral, e a falta de intervalo de repouso entre as aulas. Conclusões: Constatou-se uma elevada prevalência de dor nos professores de academias de ginásticas atuantes na cidade de Salvador-Ba interferindo em várias atividades da vida cotidiana e laboral. A região mais acometida foi a lombar, seguida dos joelhos, pescoço, ombros, tornozelos, mãos, quadris, pés, cotovelos e antebraços. Os fatores associados à sintomatologia dolorosa foram, a idade dos profissionais, a carga horária diária de trabalho laboral, e a falta de intervalo de repouso entre as aulas. A elevada prevalência de dor nos professores de educação física pode ser considerada como um grave problema de saúde ocupacional, o que demandaria a necessidade urgente de implantação de programas de intervenção preventiva voltados para minimizar o impacto da sintomatologia dolorosa entre estes profissionais
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13378
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CiroAMG_DISSERT.pdf545,9 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.