Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13419
Título: Influência da laparoscopia e da laparotomia na gasometria, leucometria diferencial e citocinas em modelo de sepse abdominal em ratos
Autor(es): Araújo Filho, Irami
Palavras-chave: Pneumoperitônio, Gás carbônico, Sepse, Acidose, Leucócitos;Pneumoperitoneum;Carbonic gás;Sepsis;Acidosis;Leucocytes
Data do documento: 27-Out-2005
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO FILHO, Irami. Influência da laparoscopia e da laparotomia na gasometria, leucometria diferencial e citocinas em modelo de sepse abdominal em ratos. 2005. 61 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.
Resumo: Laparoscopic surgery is associated with reduced surgical trauma, and less acute phase response, as compared with open surgery. Cytokines are important regulators of the biological response to surgical and anesthetic stress. The aim of this study was to determine if CO2 pneumoperitoneum would change cytokine expression, gas parameters and leukocyte count in septic rats. Methods: Wistar rats were randomly assigned to five groups: control (anesthesia only), laparotomy, CO2 pneumoperitoneum, cecum ligation and puncture by laparotomy, and laparoscopic cecum ligation and puncture. After 30 min of the procedures, arterial blood samples were obtained to determine leukocytes subpopulations by hemocytometer. TNF&#945;, IL-1&#946;, IL-6 were determined in intraperitoneal fluid (by ELISA). Gas parameters were measured on arterial blood, intraperitoneal and subperitoneal exsudates. Results: Peritoneal TNF&#945;, IL-1&#946; and IL-6 concentrations were lower in pneumoperitoneum rats than in all other groups (p<0.05). TNF&#945;, IL-1&#946; and IL-6 expression was lower in the laparoscopic than in laparotomic sepsis (p<0.05). Rats from laparoscopic cecum ligation and puncture group developed significant hypercarbic acidosis in blood and subperitoneal fluid when compared to open procedure group. Total white blood cells and lymphocytes were significantly lower in laparoscopic cecum ligation and puncture rats than in the laparotomic (p<0.01). Nevertheless, the laparotomic cecum ligation rats had a significant increase in blood neutrophils and eosinophils when compared with controls (p<0.05). Conclusions: This study demonstrates that the CO2 pneumoperitoneum reduced the inflammatory and immune response in an animal model of peritonitis with respect to intraperitoneal cytokines, white blood cell count and clinical correlates of sepsis. The pneumoperitoneum produced hypercarbic acidosis in septic animals
metadata.dc.description.resumo: A cirurgia laparoscópica está associada com trauma reduzido e baixa resposta metabólica na fase aguda do trauma, quando comparada com a cirurgia aberta. As citocinas e o balanço ácido-base são fatores importantes da resposta biológica ao trauma cirúrgico-anestésico. O objetivo deste estudo foi determinar se o pneumoperitônio com CO altera a expressão das citocinas intraperitoneais, a gasometria do sangue arterial, dos exsudatos intraperitoneal e subperitoneal, e a contagem diferencial de leucócitos em ratos com sepse abdominal. Método: Ratos Wistar foram aleatoriamente distribuídos em cinco grupos: controle (somente 2anestesia), laparotomia, pneumoperitônio com CO2, ligadura e punção do ceco por laparotomia, ligadura e punção do ceco por laparoscopia. Após 30 minutos dos procedimentos, sangue arterial foi colhido para leucometria em hemocitômetro. FNT&#945;, IL-1&#946; e IL-6 foram dosadas no lavado intraperitoneal (por ELISA). Os parâmetros gasosos foram medidos no sangue arterial e nos exsudatos intraperitoneal e subperitoneal. Resultados: Os valores de FNT&#945;, IL-1&#946; e IL-6 foram significantemente menores nos ratos submetidos ao pneumoperitônio do que em todos os outros grupos (p<0.05). Expressão de FNT&#945;, IL-1&#946; e IL-6 foi menor no grupo sepse induzida por laparoscopia do que por laparotomia (p<0.05). Os ratos submetidos à ligadura e punção do ceco por via laparoscópica desenvolveram acidose hipercárbica no sangue arterial e exsudato subperitoneal, mais intensa do que no grupo sepse laparotômica. Leucopenia e linfopenia foram mais acentuadas no grupo sepse laparoscópica (p<0.01). Entretanto, os animais submetidos a sepse laparotômica desenvolveram significante aumento de neutrófilos e eosinófilos quando comparados com os controles (p<0.05). Conclusões: Este estudo demonstrou que o pneumoperitônio com CO contribuiu para reduzir a resposta inflamatória e imunológica em ratos submetidos a modelo de sepse abdominal, no que diz respeito a citocinas intraperitoneais e leucometria diferencial. O pneumoperitônio também contribuiu para instalação de acidose hipercárbica nos ratos sépticos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13419
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
IramiAF.pdf217,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.