Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13741
Título: "Reforma urbana já"; "arroz, feijão, saúde e habitação" :A luta por moradia na grande João Pessoa
Autor(es): Dowling, Gabriela Buonfiglio
Palavras-chave: Ocupação urbana;Movimento de direito à moradia;Sociabilidade;Urban occupation;Movement of right to the housing;Sociability
Data do documento: 10-Nov-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DOWLING, Gabriela Buonfiglio. "Reforma urbana já"; "arroz, feijão, saúde e habitação" :A luta por moradia na grande João Pessoa. 2006. 174 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: Our object of study in this work concerns to the movement of fight for the housing in the Great João Pessoa, Paraíba, Brazil, and looks for to investigate the conditions and context of the occupations of building, public or private, for devoid populations that do not have where to live. Front to the absence of politics effective directed to the habitation or the cities, in a picture of unemployment and impoverishment of the population, the result of the habitation point of view, is the absolute lack of popular housings, the degradation of the cities and the growth of the number of homeless and also of its occupations. The urban occupations today represent a reply of these devoid populations that from an involvement with parties or Not Governmental Organizations, and social movements leave for the class action known by the occupation of abandoning public or private buildings. These occupations, even so initially if assume as pressure instrument or of visibility for attainment of housings, for the delay in obtaining the attention of the public agencies and a solution for the problem, becomes definitive or is drawn out per many years. E this if gives although the deficiencies, of the accumulation or families neither in an adequate, always precarious space nor in sanitary installations, that the necessary privacy does not allow. The study it consisted of an empirical research, through the participant comment and open and half-open interviews, and counted on the audiovisual register of two occupations, one in the downtown of João Pessoa City (old building of the INSS, in the Ponto dos Cem Réis) and other (Community of the Cajueiro), next to the Beach "Praia do Jacaré", in the city of Cabedelo.The choice of the Visual Anthropology as research instrument is on to a concern in better translating other ways of life, therefore the accomplishment of the video in allows them to know with more precision the reality where the citizens of the research live. We also use as methodological resource in the research the deepened interview, in intention to better understand the description of the way of life of the studied families and the movements of fight for the housing, particularly the MDM - Movement of Right for the Housing, and the MNLM- Nacional Movement of Fight for the Housing
metadata.dc.description.resumo: Nosso objeto de estudo neste trabalho concerne ao movimento de luta pela moradia na Grande João Pessoa e procura investigar as condições, o contexto das ocupações de prédios, públicos ou privados, por populações carentes que não têm onde morar. Frente à ausência de políticas efetivas voltadas à habitação ou às cidades, num quadro de desemprego e empobrecimento da população, o resultado, do ponto de vista habitacional, é a carência absoluta de moradias populares, a degradação das cidades e o crescimento do número de sem-tetos e também de suas ocupações. As ocupações urbanas representam hoje uma resposta dessas populações carentes que a partir de um envolvimento com partidos ou Organizações Não Governamentais, e movimentos sociais partem para a ação coletiva conhecida pela ocupação de moradias, estabelecimentos públicos ou privados abandonados. Essas ocupações, embora inicialmente se assumam como instrumento de pressão ou de visibilidade para obtenção de moradias, pela demora em conseguir a atenção dos órgãos públicos e uma solução para o problema, tornam-se definitivas ou prolongam-se por muitos anos. E isso se dá apesar das deficiências, do acúmulo de famílias num espaço nem sempre adequado, precário em instalações sanitárias, que não permite a privacidade necessária. O estudo consistiu em uma pesquisa empírica, através da observação participante e entrevistas abertas e semi-abcrtas, e contou com o registro audiovisual de duas ocupações, uma no centro de João Pessoa (antigo prédio do INSS, no Ponto dos Cem Réis) e outra (Comunidade do Cajueiro), próxima à Praia do Jacaré, no município de Cabedelo.A escolha da Antropologia Visual como instrumento de pesquisa está ligada a uma preocupação em melhor traduzir a alteridade de outros modos de vida, pois a realização do vídeo nos permite conhecer com mais precisão a realidade em que vivem os sujeitos da pesquisa. Na pesquisa, utilizamos como recurso metodológico também a entrevista aprofundada, no intuito de compreender melhor o histórico do modo de vida das famílias estudadas e dos movimentos de luta pela moradia, particularmente o Movimento de Direito a Moradia -MDM - e o MNLM - Movimento Nacional de Luta pela Moradia
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13741
Aparece nas coleções:PPGCS - Mestrado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GabrielaBD.pdf1,89 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.