Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13851
Título: Entre o pavilhão e o inferno: trajetória dos meninos infratores no CEDUC Pitimbu
Autor(es): Frota, Teresa de Lisieux Lopes
Palavras-chave: Violência;Meninos infratores;Pavilhão;Cultura;Mortes;Valores;Violence;Jeunes délinquants;Institution;Culture;Mort;Valeurs
Data do documento: 5-Jul-2006
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FROTA, Teresa de Lisieux Lopes. Entre o pavilhão e o inferno: trajetória dos meninos infratores no CEDUC Pitimbu. 2006. 200 f. Tese (Doutorado em Desenvolvimento Regional; Cultura e Representações) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2006.
Resumo: Cet étude est une recherche sur les significations imaginaires de la violence pratiquée par des jeunes délinquants ou à laquelle ils sont soumis, dans la condition de confinés chez le Centre Éducationnel CEDUC/PITIMBU, lieu où l investigation a été faite. Dans la mésure où le sujet de la violence se présente plein de manifestations, nous proposons ici une réflexion sur l imaginaire de la production théorique sur la question et en même temps nous nous proposons identifier jusqu à quel point les diverses visions scientifiques établient un savoir qui finit par limiter une conception plus complexe et profonde des réseaux de la violence. Le parcours théorique et méthodologique realisé nous a permis concluire que certaines interventions finissent par renforcer des situations limites vécues à l intèrieur du Centre par les jeunes déliquants. Parmi d autres aspects, nous traitons de l espace de l institution, leurs objectifs, routines, aussi bien que sur les principaux expressions de la violence qu apparaissent dans les récits des jeunes. Nous traitons de leurs origines socioculturelles, en signalant les milieux d oú ils viennent et leur vie quotidienne. Ainsi, nous traitons d analyser les éléments de la culture constituée, les valeurs, la « loi de plus fort », le pouvoir, le courage, la peur, l astuce, la sagesse et les rêves. Nous remarquons aussi la notion de « destin » qui renvoie à l idée que le crime et la mort sont inéluctables. Nous nous occupons de réfléchir sur le rôle de l institution dans le renforcement de la violence et dans la reproduction de valeurs sociales. Dans cet étude, nous utilisons l analyse des trajectoires de vie des jeunes délinquants pour comprendre la réalité de la violence à laquelle ils sont soumis
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho está centrado na violência dos meninos infratores que se encontram confinados no Centro Educacional - CEDUC/Pitimbu, local onde foi realizada a pesquisa de campo, e as significações imaginárias da violência cometidas e sofridas por eles. Como o tema da violência é bastante amplo, agregando vários tipos de manifestações, o mergulho na discussão acerca da violência e as reflexões que recortam o temário das Ciências Sociais deixaram-me, não apenas traçar o imaginário relativo às produções que pontuam esse trabalho, mas também tentar identificar até que ponto as várias visões da ciência instituíram um saber que acaba limitando uma visão mais ampla e complexa das redes da violência. O caminho teórico-metodológico adotado na discussão sobre a violência, cultura, medo e crimes cometidos pelos meninos confinados levaram-me a considerar que tais intenções têm contribuído para o reforço de determinadas situações limites dentro dos pavilhões. Dessa forma, as discussões aqui postas versam, dentre outros pontos, sobre o espaço da instituição, suas metas, rotinas e as principais expressões da violência contidas nos relatos coletados. Abordo as origens sócio-culturais dos internos enfocando os ambientes de onde vêm, sua inserção social e seu cotidiano. Com tal busco analisar os elementos da cultura constituída, os valores, a lei do mais forte, o poder, a coragem, o medo, a astúcia a sabedoria e os sonhos. Trabalho com a noção de destino, que remete a inevitabilidade do crime e da morte, bem como a instituição nos aspectos em que ela reforça a violência e os valores considerados negativos pela sociedade. Tudo isso é realizado através da descrição das trajetórias de vida em sua maioria ligadas aos mais diversos atos de violência, seja ela praticada ou sofrida pelos jovens e adolescentes confinados no CEDUC/Pitimbu, e as daqueles com quem mantive contato
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13851
Aparece nas coleções:PPGCS - Doutorado em Ciências Sociais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
TeresaLLF.pdf753,35 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.