Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14204
Título: Uma mulher entre livros: Zila Mamede e o silencioso exercício de semear bibliotecas
Autor(es): Castro, Marize Lima de
Palavras-chave: Zila Mamede;Biblioteca;Educação
Data do documento: 2-Dez-2004
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CASTRO, Marize Lima de. Uma mulher entre livros: Zila Mamede e o silencioso exercício de semear bibliotecas. 2004. 141 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2004.
Resumo: Zila Mamede left a great contribution to education and culture in Rio Grande do Norte during the 60s, when she built the most important outdoor library from the state the Camara Cascudo s bibliography. It is this aspect of her work that this text tries to apprehend and narrate. Different approaches have brought Zila Mamede to academy, but her work as a librarian yet did not have had any study. Her pioneer work on organizing and preparing professionals to deal with these constructions full of books was waiting to be told. This work articulates itself with the political and cultural production of Natal during the 60, because it was essential to configurate the city at this time. It was also necessary to interview Zila Mamede s friends, relatives and the people who worked with her. This research also demanded a review of many memoirs by potiguares , and the examination of newspapers and magazines to enlighten the period
metadata.dc.description.resumo: A contribuição de Zila Mamede à educação e cultura norte-rio-grandenses, na década de 1960, inclusive ao construir a biblioteca "sem muros" mais importante do Rio Grande do Norte a bibliografia de Câmara Cascudo , é o que este texto compreende e narra. Diferentes abordagens trazem Zila Mamede à academia, mas a sua prática na área da biblioteconomia ainda não havia merecido nenhum estudo. O trabalho pioneiro realizado por Zila Mamede de organizar bibliotecas e de formar profissionais para trabalharem nessa "construção cheia de livros" estava para ser contado. Este trabalho articula-se, na década de 1960, com a cidade de Natal e sua produção político-cultural. Configurar a sociedade natalense nessa época fez-se essencial. Por conseguinte, foi reconstituído o trabalho pioneiro realizado por Zila Mamede na biblioteconomia potiguar, através de entrevistas com familiares, amigos, alunos, além de profissionais que trabalharam com ela. Também foram consultados livros de memória de autores potiguares e inúmeros exemplares de jornais locais.Estas fontes sustentaram e iluminaram esta pesquisa
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14204
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarizeLC.pdf758,51 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.