Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14253
Título: A dança dos monstros: corpo e estética na arte e na Educação Física
Autor(es): Bezerra, Laise Tavares Padilha
Palavras-chave: Corpo;Estética;Educação física;Dança;Body;Aesthetic;Physical education;Dance
Data do documento: 27-Mar-2008
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BEZERRA, Laise Tavares Padilha. A dança dos monstros: corpo e estética na arte e na Educação Física. 2008. 172 f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Resumo: The speeches about the body in interface with the technology, that fulfill the contemporary discussions, have been a stage of innumerable ethical, epistemological, aesthetic and ontological reflections. These happened bodies of the biotechnological scene also invade the dance, making several possible dialogues, making old concepts instable, opening way to revealing explorations and bringing with it implications and reflections. In this context, this research has as objective to discuss relations between body and technology in the dance; to understand the aesthetic configurations of the monster in the dance as possibility to question the body; to establish relations between the monstrous body in the dance and the conceptions of body in the Physical Education. We believe to be able to contribute for the reflection in the field of the Physical Education, since the work visualizes to extend the field of the discussions on aesthetic body and, as well as evidencing dialogues between different areas of the knowledge, as the Art and the Physical Education. From the point of view of the method, the work follows orientation of the Phenomenology for an aesthetic image appreciation of the videos in the choreographies In'perfeito and Violência of Cena 11, Dance Group that has marked new aesthetic configurations in the brazilian dance. Thus, we took for us the reflections on the "significant scenes" proposed by Bicudo (2000), to appreciate the dance of Cena 11. We emphasize that, after the identification of the Significant Scenes, it was necessary to approach these scenes from close senses, from which we detach the appearance, the space and the gesture. We evidence that, the bodies revealed by the group Cena 11, show an aesthetic that it interlaces the beauty, the ugly and the grotesque. An aesthetic of the unharmony, capable to transgress the oppositions, dialoguing with multiple antagonisms and that it amplifies the apollonian aesthetic linear rules, so predominant in the history of the dance and the Physical Education. We identify some indicatives that take us to the problematizations on an affective and anarchic body, when questioning the tyranny of the perfect corporality; the naturalization of the pain; the closed gesture in a finished and unique grammar; the standardization of feminine and masculine roles and the negation of the feeling. From these indicatives, we discuss the aesthetic of the deformed bodies of Cena 11, approaching it of the conceptions of body in the Physical Education, sometimes criticizing the rationalists and naturalistic views, sometimes dialoguing with more recent perspectives studied by researchers of this area of knowledge, which point to a reflection on the body under the optics of the sensible
metadata.dc.description.resumo: Os discursos sobre o corpo em interface com a tecnologia, que permeiam as discussões contemporâneas, têm sido palco de inúmeras reflexões éticas, epistemológicas, estéticas e ontológicas. Esses corpos advindos do cenário biotecnológico também invadem a dança, possibilitando diálogos diversos, desestabilizando velhos conceitos, abrindo caminho a explorações desveladoras e trazendo consigo implicações e reflexões. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objetivo discutir relações entre corpo e tecnologia na dança; compreender as configurações estéticas do monstro na dança como possibilidade de questionar o corpo; estabelecer relações entre o corpo monstruoso na dança e as concepções de corpo na Educação Física. Acreditamos poder contribuir para a reflexão no campo da Educação Física, visto que o trabalho visualiza ampliar o campo das discussões sobre corpo e estética, bem como evidenciar diálogos entre diferentes áreas do conhecimento, como a Arte e a Educação Física. Do ponto de vista do método, o trabalho segue orientação da Fenomenologia para uma apreciação estética de imagens dos vídeos das coreografias In´perfeito e Violência do Cena 11, grupo de dança que tem marcado novas configurações estéticas na dança brasileira. Assim nos apropriamos das reflexões sobre as cenas significativas propostas por Bicudo (2000), para apreciar a dança do Cena 11. Enfatizamos que, após a identificação das Cenas Significativas, buscou-se aproximar essas cenas a partir de sentidos próximos, das quais destacamos a aparência, o espaço e o gesto. Constatamos que os corpos revelados pelo grupo Cena 11 evidenciam uma estética que entrelaça o belo, o feio e o grotesco. Uma estética das desmedidas, capaz de transgredir as oposições, dialogando com múltiplos antagonismos e que amplifica os preceitos lineares e as estéticas apolíneas tão predominantes na história da dança e da Educação Física. Identificamos alguns indicativos que nos levam às problematizações sobre um corpo afetivo e anarquista, ao questionarem a tirania da corporalidade perfeita; a naturalização da dor; a gestualidade fechada em uma gramática única e acabada; a padronização de papéis femininos e masculinos e a negação do sentir. A partir desses indicativos, discutimos a estética dos corpos deformados do Cena 11, aproximando-a das concepções de corpo na Educação Física, ora criticando as visões racionalistas e naturalistas, ora dialogando com perspectivas mais recentes pronunciadas por pesquisadores dessa área de conhecimento, as quais apontam para uma reflexão sobre o corpo sob a ótica do sensível
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14253
Aparece nas coleções:PPGED - Mestrado em Educação

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
LaiseTPB.pdf4,46 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.