Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/14847
Título: Avaliação do concreto de cimento portland com resíduo da produção de scheelita em substituição ao agregado miúdo
Autor(es): Paiva, Emanuel Henrique Gomes
Palavras-chave: Concreto. Resíduo. Scheelita. Sustentabilidade;Concrete. Residue. Scheelite. Sustainability
Data do documento: 23-Ago-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PAIVA, Emanuel Henrique Gomes. Avaliação do concreto de cimento portland com resíduo da produção de scheelita em substituição ao agregado miúdo. 2013. 105 f. Dissertação (Mestrado em MECÂNICA DAS ESTRUTURAS, ESTRUTURAS DE CONCRETO E ALVENARIA E MATERIAIS E PROCESSOS CONSTRUTIVOS) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: From the 70`s, with the publication of the Manifesto for Environment UN Conference, held in Stockholm, in Sweden (1972), defend and improve the environment became part of our daily lives. Thus, several studies have emerged in several segments in order to reuse the waste. Some examples of waste incorporated in portland cement concrete are: rice husk ash, bagasse ash of cane sugar, powder-stone, microsilica, tire rubber, among others. This research used the residue of the mining industry Scheelite, to evaluate the incorporation of the residue composition of Portland cement concrete, replacing the natural sand. The percentage of residue were incorporated from 0% to 100%, with a variation of 10%, 11 being produced concrete mix in the ratio 1:2:3:0.60, by mass. We evaluated the following characteristics of concrete: slump test, compressive strength, tensile strength by diametral compression, water absorption, porosity and density, based on the ABNT, through tests performed in the Laboratory of Civil Construction, UFRN. The trace with the addition of 60% scheelite residue was obtained which better performance. Therefore, the use of the waste from the production of Scheelite is feasible due to the durability parameters (water absorption and porosity), sustainability, and the good results of the resistance of the concrete
metadata.dc.description.resumo: A partir da década de 70, com a publicação do Manifesto Ambiental pela Conferência das Nações Unidas, realizada em Estocolmo, na Suécia (1972), defender e melhorar o meio ambiente passou a fazer parte do nosso cotidiano. Dessa forma, várias pesquisas ligadas a sustentabilidade surgiram em diversos segmentos com o objetivo do aproveitamento de resíduos. Alguns exemplos de resíduos incorporados ao concreto de cimento Portland são: cinza da casca de arroz, cinza do bagaço de cana-de-açúcar, pó-de-pedra, microsílica, borracha de pneu, entre outros. Este estudo utilizou o resíduo da produção da indústria da mineração de Scheelita, com o objetivo de avaliar a incorporação do resíduo à composição do concreto de cimento Portland, em substituição da areia natural. As porcentagens incorporadas do resíduo foram de 0% até 100%, com variação de 10%, sendo produzidos 11 traços de concreto na proporção 1:2:3:0,60, em massa. Foram avaliadas as seguintes características do concreto: trabalhabilidade, resistência à compressão axial, resistência à tração por compressão diametral, absorção de água, índice de vazios e massa específica, tendo como base as normas da ABNT, através de ensaios realizados no Laboratório de Construção Civil da UFRN. O traço com a incorporação de 60% de resíduo de Scheelita foi o que obteve melhor desempenho. Portanto, o uso do resíduo da produção de Scheelita é viável, devido aos parâmetros de durabilidade (absorção de água e índice de vazios), da sustentabilidade, e dos bons resultados das resistências do concreto
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/14847
Aparece nas coleções:PPEC - Mestrado em Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EmanuelHGP_DISSERT.pdf3,5 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.