Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15663
Título: Análise das emissões atmosféricas por veículos automotores em Natal-RN
Autor(es): Brito, Hermínio Pereira de
Palavras-chave: Poluição atmosférica;Emissões veiculares;Veículos bi-combustíveis;Inspeção veicular;Atmospheric pollution;Emissions to propagate;Bi-fuels vehicles;Inspection to propagate
Data do documento: 11-Nov-2005
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: BRITO, Hermínio Pereira de. Análise das emissões atmosféricas por veículos automotores em Natal-RN. 2005. 166 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2005.
Resumo: The fast urban occupation of Brazil, mainly from the last decade of 50, a sensible degradation of the quality of the air generated mainly for the activities was verified human beings associates to industrialization. From the past years, the situation has gotten worst in function of the increment of the fleet of vehicles in circulation in the great cities. Being these, in the city of Natal-RN, the ones that offer the biggest contributions to the atmospheric pollution. For atmospheric air to be a finite natural resources, indispensable and essential to the maintenance of the life in the land, is necessary to the implementation of action to improve its quality and to protect the health of the population. With the objective to study relative aspects to the characteristics of vehicles in use, the present study it searchs to analyze the levels of emissions of gases generated for vehicles converted bi-fuels into the modalities: natural gas (GNV), gasoline and alcohol, inspected for ends of register and together licensing to the State Department of Transit. One used the data gotten from inspections carried through for the company System Specialized in Inspection To propagate, in the city of the Natal-RN, capital of the State of Rio Grande do Norte, between 14 of November of 2003 and 30 of December of 2004. The analyzed parameters are established in the resolution nº 07/93 CONAMA. Of a total of 1.517 inspected vehicles, a average of 15,2% of failed was gotten, or either, that they emit levels of pollution above of the limits established for the legislation, below of the national average that is of 20,0%. The analysis of the data discloses that 7.3% of the fleet are converted the GNV; the growth of vehicles converted the GNV into the city is gradual, with a average of increment in last the 4 years of 23,3%; it has a vehicle predominance that has as combustible original to the gasoline (88,2%); the inspected fleet has average age of 8 years of use, considered young for the Brazilian standards, except for the moved one to the alcohol (average of use of 15 years). Moreover, the type of fuel is not the main parameter to define the indices of emissions; the age of the fleet is the parameter most important when emission is analyzed to propagate; the gas that more generates failed in the inspections is the corrected carbon monoxide; the vehicles generate higher indices of emissions in idling for all the fuels; the presence of the catalyser was not reflected, as it expected, in the reduction of emissions of gases toxic, however when analyzed according to year of manufacture, it was observed that for the vehicles manufactured between 1997 and 2004, reduction of 46,0% in the failed of the vehicles equipped with catalyser was gotten. In conclusion, the fleet of the studied sample, in average terms, takes care of to the requirements of Resolution CONAMA nº 07/93. The results gotten for the present study can subsidize action of public administrations that aim at to the improvement and the maintenance of the quality of air in the city of Natal-RN, as, for example, to implant a net of monitoramento of the quality of air
metadata.dc.description.resumo: Com a rápida ocupação urbana do Brasil, notadamente a partir da última década de 50, verificou-se uma sensível degradação da qualidade do ar gerada principalmente pelas atividades humanas associadas à industrialização. Ao longo dos anos, esta situação tem se agravado em função do incremento da frota de veículos automotores em circulação nas grandes cidades. Sendo estes, na cidade de Natal-RN, os que oferecem as maiores contribuições à poluição atmosférica. Pelo ar atmosférico ser um recurso natural finito, indispensável e essencial à manutenção da vida na terra, é necessária à implementação de ações para melhorar sua qualidade e proteger a saúde da população. Com o objetivo de estudar aspectos relativos as características de veículos automotores em uso, o presente estudo busca analisar os níveis de emissões de gases gerados por veículos automotores convertidos a bi-combustíveis nas modalidades: Gás Natural Veicular, Gasolina e Álcool, inspecionados para fins de registro e licenciamento junto ao Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte. Utilizaram-se os dados obtidos a partir de inspeções realizadas pela empresa Sistema Especializado em Inspeção Veicular, na cidade do Natal, capital do Rio Grande do Norte, entre os dias 14 de novembro de 2003 e 30 de dezembro de 2004. Os parâmetros analisados foram os estabelecidos na resolução nº 07/93 CONAMA. De um total de 1.517 veículos inspecionados, obteve-se uma média de 15,2% de reprovação, ou seja, que emitem níveis de poluição acima dos limites estabelecidos pela legislação, abaixo da média nacional que é de 20,0%. A análise dos dados revela que 7,3% da frota é convertida a GNV; o crescimento da frota de veículos convertidos a GNV na cidade, é progressivo, com uma média de incremento nos últimos 4 anos de 23,3%; há um predomínio de veículos que têm como combustível original a gasolina (88,2%); a frota inspecionada tem idade média de 8 anos de uso, considerada jovem para os padrões brasileiros, exceto para a movida à álcool (média de uso 15 anos). Além disso, tipo de combustível não é o principal parâmetro para se definir os índices de emissões; a idade da frota é o parâmetro mais importante quando se analisa emissão veicular; o gás que mais gera reprovação nas inspeções é o monóxido de carbono corrigido; os veículos geram índices mais elevados de emissões em marcha lenta para todos os combustíveis; a presença do catalisador não se refletiu, como se esperava, na redução de emissões de gases tóxicos, porém quando analisado segundo o ano de fabricação, observou-se que para os veículos fabricados entre 1997 e 2004, houve uma redução de 46,0% nas reprovações dos veículos equipados com catalisador. Em conclusão, a frota estudada em média atende as exigências da Resolução CONAMA nº 07/93. Os resultados apresentados no presente estudo podem subsidiar ações de gestões públicas que visem à melhoria e a manutenção da qualidade do ar na cidade de Natal, como, por exemplo, implantar uma rede de monitoramento da qualidade do ar
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15663
Aparece nas coleções:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
HerminioPB.pdf3,68 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.