Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15692
Título: Influência da corrente de pulso, do tempo de pulso e diâmetro de gota sobre a estabilidade da transferência metálica no processo MIG-P
Autor(es): Andrade, Augusto Fernandes Cordeiro de
Palavras-chave: MIG-pulsado. Parâmetros de pulso. Estabilidade do arco elétrico;Pulsed MIG. Pulse parameters. Stability of arc
Data do documento: 17-Set-2012
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ANDRADE, Augusto Fernandes Cordeiro de. Influência da corrente de pulso, do tempo de pulso e diâmetro de gota sobre a estabilidade da transferência metálica no processo MIG-P. 2012. 107 f. Dissertação (Mestrado em Tecnologia de Materiais; Projetos Mecânicos; Termociências) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2012.
Resumo: To obtain a process stability and a quality weld bead it is necessary an adequate parameters set: base current and time, pulse current and pulse time, because these influence the mode of metal transfer and the weld quality in the MIG-P, sometimes requiring special sources with synergistic modes with external control for this stability. This work aims to analyze and compare the effects of pulse parameters and droplet size in arc stability in MIG-P, four packets of pulse parameters were analysed: Ip = 160 A, tp = 5.7 ms; Ip = 300 A and tp = 2 ms, Ip = 350 A, tp = 1.2 ms and Ip = 350 A, tp = 0.8 ms. Each was analyzed with three different drop diameters: drop with the same diameter of the wire electrode; droplet diameter larger drop smaller than the diameter of the wire electrode. For purposes of comparison the same was determined relation between the average current and welding speed was determined generating a constant (Im / Vs = K) for all parameters. Welding in flat plate by simple deposition for the MIG-P with a distance beak contact number (DBCP) constant was perfomed subsequently making up welding in flat plate by simple deposition with an inclination of 10 degrees to vary the DBCP, where by assessment on how the MIG-P behaved in such a situation was possible, in addition to evaluating the MIG-P with adaptive control, in order to maintain a constant arc stability. Also high speed recording synchronized with acquiring current x voltage (oscillogram) was executed for better interpretation of the transfer mechanism and better evaluation in regard to the study of the stability of the process. It is concluded that parameters 3 and 4 exhibited greater versatility; diameters drop equal to or slightly less than the diameter of the wire exhibited better stability due to their higher frequency of detachment, and the detachment of the drop base does not harm the maintenance the height of the arc
metadata.dc.description.resumo: Para obter a estabilidade no processo e uma boa qualidade no cordão de solda é necessário um bom ajuste nos parâmetros: corrente e tempo de base e corrente e tempo de pulso e Va, pois estes influenciam no modo de transferência metálica e sobre a qualidade da solda no processo MIG-P, às vezes, sendo necessário um auxílio às fontes com os modos sinérgicos com controle externo para obter esta estabilidade. Este trabalho tem como objetivo analisar e comparar os efeitos dos parâmetros de pulso e o diâmetro de gota na estabilidade do arco voltaico no processo MIG-P, sendo analisados quatro pacotes de parâmetros de pulso: Ip=160 A, tp=5,7 ms; Ip=300 A e tp=2 ms; Ip=350 A, tp=1,2 ms; e Ip=350 A, tp=0,8 ms. Cada um foi analisado com três diferentes diâmetros, calculados, de gota: gota com o mesmo diâmetro do arame-eletrodo; gota com diâmetro de gota maior e menor que o diâmetro do arame eletrodo. Para fins de comparação foi determinada a mesma relação entre a corrente média e a velocidade de soldagem gerando uma constante (Im/Vs=K) para todos os parâmetros. Realizou-se a soldagem em chapa plana por simples deposição para o processo MIG-P com uma distância bico contato peça (DBCP) constante; e posteriormente, efetuando-se a soldagem em chapa plana por simples deposição com uma inclinação de 10º para variar o DBCP, pôde-se avaliar como o MIG-P se comportou em tal situação, além de avaliar o MIG-P com controle adaptativo, com o objetivo de manter constante a estabilidade do arco voltaico. Também executou-se a filmagem de alta velocidade sincronizadamente a aquisição da corrente x tensão (oscilograma) para melhor interpretação do mecanismo de transferência e melhor avaliação no que se refere ao estudo da estabilidade do processo. Concluímos que os parâmetros 3 e 4 apresentaram uma maior versatilidade; os diâmetros de gota igual ou ligeiramente menos que o diâmetro do arame apresentaram uma melhor estabilidade, devido a sua maior frequência de destacamento; e o destacamento da gota na base não prejudicou a manutenção da altura do arco voltaico
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15692
Aparece nas coleções:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AugustoFCA_DISSERT.pdf3,75 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.