Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/15980
Título: Análise da precipitação no semi-árido potiguar
Autor(es): Garcia, Joema Ferreira da Costa
Palavras-chave: precipitação;Semi-árido;evento;IMEE;Intensidade;Rainfall;Semiarid Event;IMEE;Intensity
Data do documento: 30-Jun-2011
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: GARCIA, Joema Ferreira da Costa. Análise da precipitação no semi-árido potiguar. 2011. 63 f. Dissertação (Mestrado em Saneamento Ambiental; Meio Ambiente; Recursos Hídricos e Hidráulica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2011.
Resumo: The semiarid rainfall regime is northeastern Brazil is highly variable. Climate processes associated with rainfall are complex and their effects may represent extreme situations of drought or floods, which can have adverse effects on society and the environment. The regional economy has a significant agricultural component, which is strongly influenced by weather conditions. Maximum precipitation analysis is traditionally performed using the intensity-duration-frequency (IDF) probabilistic approach. Results from such analysis are typically used in engineering projects involving hydraulic structures such as drainage network systems and road structures. On the other hand, precipitation data analysis may require the adoption of some kind of event identification criteria. The minimum inter-event duration (IMEE) is one of the most used criteria. This study aims to analyze the effect of the IMEE on the obtained rain event properties. For this purpose, a nine-year precipitation time series (2002- 2011) was used. This data was obtained from an automatic raingauge station, installed in an environmentally protected area, Ecological Seridó Station. The results showed that adopted IMEE values has an important effect on the number of events, duration, event height, mean rainfall rate and mean inter-event duration. Furthermore, a higher occurrence of extreme events was observed for small IMEE values. Most events showed average rainfall intensity higher than 2 mm.h-1 regardless of IMEE. The storm coefficient of advance was, in most cases, within the first quartile of the event, regardless of the IMEE value. Time series analysis using partial time series made it possible to adjust the IDF equations to local characteristics
metadata.dc.description.resumo: O regime pluviométrico no semi-árido Nordestino é altamente variável. Os processos climáticos associados às precipitações são complexos e seus efeitos podem representar situações limites de seca ou enchentes, os quais podem ter efeitos negativos para a sociedade e meio ambiente. A economia da região, com forte componente agrário, é fortemente impactada pelas condições climáticas. A análise de chuvas intensas é feita tradicionalmente utilizando as equações tipo intensidadeduração- freqüência (IDF). Os resultados obtidos nesses estudos são usados em projetos de engenharia envolvendo obras hidráulicas, tais como rede de drenagem e obras viárias. Por outro lado, a análise dos dados de precipitação pode exigir a adoção de algum tipo de critério de identificação de eventos. Um dos critérios mais usados é o intervalo mínimo entre eventos (IMEE). Este estudo tem o objetivo de analisar o efeito do IMEE nas características dos eventos de precipitação. Para isso, foi usada uma serie histórica de precipitação com 9 anos de registros (2002-2011). Os dados foram registrados numa estação pluviográfica automática instalada na Estação Ecológica do Seridó. Os resultados demonstraram que o valor do IMEE adotado tem um efeito importante no numero de eventos, duração, altura precipitada, intensidade média e no intervalo médio entre eventos. Além disso, verificou-se uma maior ocorrência de eventos extremos para pequenos valores de IMEE. A maioria dos eventos apresentou intensidade média acima de 2 mm/h, independente do IMEE adotado. O coeficiente de avanço da tormenta situou-se, na maioria dos casos, no primeiro quartil do evento, independente do valor do IMEE. A análise probabilística dos dados observados utilizando séries parciais possibilitou o ajuste de equações IDF características do local
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/15980
Aparece nas coleções:PPGES - Mestrado em Engenharia Sanitária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JoemaFCG_DISSERT.pdf782,26 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.