Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16259
Título: Letramento no trânsito: eventos e práticas na formação de condutores de veículos
Autor(es): Costa, Klébia Ribeiro da
Palavras-chave: Letramento. Trânsito. Formação de Condutores;Literacy. Traffic. Drivers training
Data do documento: 18-Dez-2013
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: COSTA, Klébia Ribeiro da. Letramento no trânsito: eventos e práticas na formação de condutores de veículos. 2013. 121 f. Dissertação (Mestrado em Linguística Aplicada; Literatura Comparada) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2013.
Resumo: In the contemporary society, the language is presented in all social spaces and assumes many different purposes in order to meet the needs that emerge from each of these sphere. In traffic, this reality is not different. To guide vehicles, it is necessary to know, by means of reading artifacts, what the legislation establishes in what concerns the way to act in this domain. Thus, this works aims at describing the practices of literacy held in events of driver trainings and know the expectations generated by drivers/learners from this training. In theoretical terms, it anchors in Literacy Studies, comprehended here as social practices (BARTON; HAMILTON, 1998; KLEIMAN, 1995, 2008; MORTATTI, 2004; STREET, 1984; OLIVEIRA, 2008, 2010; ROJO, 2009; PAZ, 2008). Genre Theory (BRONCKART, 2004, 1999; OLIVEIRA, 2010) and in your multimodal instance (KRESS; VAN LEEUWEN, 1996; DIONÍSIO, 2006). In terms of methodology, it follows the bias of qualitative research, because of its ethnographic nature (BOGDAN; BIKLEN, 1994; MINAYO, 2010; CANÇADO, 1994; CHIZZOTTI, 2005). The research corpus was generated by reading the Brazilian Traffic Code, by observing the literacy events held in Drivers Training Centers of Natal, analysis of course books used in these events, plus questionnaires with open and closed questions and semistructured interviews. The collaborators are constituted of drivers in training, and instructors who work in this field. The analyses show significant contributions regarding the placement more committed of future drivers with the welfare and safety of those who use the public roads, from the practice or reading done during the traffic training. The contribution of this work lies in the possibility to expand the discussion about the language practice uses regarding the training for the traffic, more specifically, the training of drivers of vehicles
metadata.dc.description.resumo: Na sociedade contemporânea, a linguagem se presentifica em todos os espaços sociais e assume as mais diversas finalidades para atender às necessidades que emergem em cada uma dessas esferas. No trânsito, essa realidade não é diferente. Para guiar veículos, faz-se necessário conhecer, por meio de artefatos de leitura, o que estabelece a legislação quanto à forma de agir no âmbito da mobilidade urbana. Dessa feita, o presente trabalho tem como objetivos descrever as práticas de letramento realizadas em eventos de formação de condutores de veículos, ressaltando as expectativas geradas pelos condutores/aprendentes a partir dessa formação. Em termos teóricos, ancora-se nos estudos de letramento, entendidos como práticas sociais que se inserem nos mais diversos domínios (BARTON; HAMILTON, 1998; KLEIMAN, 1995, 2008; MORTATTI, 2004; STREET, 1984; OLIVEIRA, 2008, 2010; ROJO, 2009; PAZ, 2008), na Teoria dos gêneros (BRONCKART, 2004, 1999; OLIVEIRA, 2010) e na sua instância multimodal (KRESS; VAN LEEUWEN, 1996; DIONÍSIO, 2006). Metodologicamente, segue o viés da abordagem qualitativa de pesquisa, em virtude da sua natureza etnográfica (BOGDAN; BIKLEN, 1994; MINAYO, 2010; CANÇADO, 1994; CHIZZOTTI, 2005). O corpus da pesquisa foi gerado por meio da leitura do Código de Trânsito Brasileiro, da observação de eventos de letramento realizados em Centros de Formação de Condutores da cidade do Natal, da análise das cartilhas utilizadas nesses eventos, além da aplicação de questionários com questões abertas e fechadas e entrevistas semiestruturadas. Os colaboradores compreendem condutores em formação, assim como os instrutores que atuam nesse campo. As análises apontam para contribuições significativas no tocante a posicionamentos mais comprometidos dos futuros condutores com o bem-estar e segurança daqueles que utilizam as vias públicas, a partir das práticas de leitura e de escrita realizadas no decorrer da formação para o trânsito. A contribuição deste trabalho reside na possibilidade de ampliar as discussões acerca dos usos das práticas de linguagem no âmbito da formação para o trânsito, mais especificamente no que diz respeito à preparação de condutores de veículos
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/16259
Aparece nas coleções:PPGEL - Mestrado em Estudos da Linguagem

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
KlebiaRC_DISSERT.pdf2,51 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.