Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16458
Title: A morada do pensamento: um encontro com Platão na busca da natureza do sentido em Frege
Authors: Falcão, Jeziel Cordeiro
Keywords: Filosofia;Sentido;Referência;Representações;Pensamento;Sense;Reference;Representations;Thought;Philosophy
Issue Date: 30-Oct-2008
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: FALCÃO, Jeziel Cordeiro. A morada do pensamento: um encontro com Platão na busca da natureza do sentido em Frege. 2008. 191 f. Dissertação (Mestrado em Metafísica) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2008.
Portuguese Abstract: A investigação ontológica do sentido, a partir do ponto de vista do filósofo alemão Gottlob Frege, tem por base o entendimento das categorias da referência, das representações, do pensamento e do próprio sentido. Em Frege, conforme seus textos Sobre o Sentido e a Referência, e O Pensamento uma investigação lógica, o sentido impõe-se como solução para o problema trazido pela relação de identidade. Com o sentido ele busca o acréscimo de conhecimento que a identidade não produz. Mas aqui surge um problema: a definição da sua natureza. O sentido não pode ter sua natureza definida estritamente, pois assim seria reduzido à categoria da referência, e com isso poderia ser confundido com o próprio objeto extralingüístico. Mas Frege diz que o pensamento é o sentido de uma frase. Assim, nesse estreitar de relações entre o sentido e o pensamento, a presente investigação passa a focalizar o pensamento. Para Frege, o pensamento não é o simples ato de pensar do sujeito, não é sua subjetividade em forma de representações, mas é sim uma coisa objetiva, real, eterna, e que existe em si num terceiro reino . O pensamento existe num reino para além do mundo das representações do sujeito e do mundo percebido pelos sentidos, e isso também leva esta investigação para o mundo das Idéias em Platão. Assim, o pensamento platônico foi incluído no debate sobre a metafísica do terceiro reino em Frege, na tentativa de melhor esclarecer as origens dos conceitos conhecimento, realidade e verdade, fundamentais na abordagem fregeana. Para isso foram pesquisados os diálogos: Teeteto, A República e Fédon. E, para o âmbito de Frege foram trazidas as questões: como ocorre o conhecimento novo? Qual é a realidade do terceiro reino? Qual é a relação entre verdade e pensamento? E estas investigações evidenciaram tanto as origens platônicas da abordagem fregeana, quanto certas diferenças de pensamento entre os dois filósofos
Abstract: The ontological investigation of sense, from German philosopher Gottlob Frege s point of view, has, as its foundation, the understanding of reference, representation, thought and sense s categories. According to Frege s writings, On Sense and Reference, and Thoughts Logical Investigations, sense carries itself the solution for the problem of identity s relation. Sense gives us the knowledge s increment that identity doesn t give. But still there is a problem: the definition of sense's nature. Sense couldn t have its nature strictly defined because, in this case, it would be reduced to reference s category and thus, sense would be identified with the own extra-linguistic object, and this is a misconception. But Frege said that thought must be considered as the sense of the sentence. So, with this close relationship between sense and thought, a new goal in this investigation is putt in focus: thought. To Frege, thought is not a simple subjective performance of thinking, it is not a subjective representation, but it is an objective content that is real, eternal, and that exists by itself in a third realm . Thought exists in a realm beyond the world of subjective representations and beyond the world of sensible perception. From this point, the present investigation went back to Plato s World of Ideas. So, the platonic thinking was included in this debate about the metaphysic of the third realm in Frege, trying to clarify the original concepts of knowledge, reality and truth. To achieve this objective, the following dialogues had been included in our research: Theaetetus, Republic and Phaedo. And the following fregean questions had been brought to Plato's scope: how happens the new knowledge? What is the third realm s reality? What is the relation between truth and thought? Doing that we could see as much some of the platonic origins of Frege's approach, as some differences between this two philosophers
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16458
Appears in Collections:PPGFIL - Mestrado em Filosofia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JezielCF_DISSERT.pdf391,46 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.