Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/16665
Title: Plasticidade induzida por treinamento locomotor na medula espinal intacta em ratos: correlatos morfológicos
Authors: Nunes, Ana Carla Lima
Keywords: Medula espinal;Plasticidade sináptica;Treinamento locomotor;Egr1;LTP;Substância P;NMDA;Spinal cord;Synaptic plasticity;Locomotor training;Egr1;LTP;Substance P;NMDA
Issue Date: 2-Jul-2009
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: NUNES, Ana Carla Lima. Plasticidade induzida por treinamento locomotor na medula espinal intacta em ratos: correlatos morfológicos. 2009. 92 f. Dissertação (Mestrado em Movimento e Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ntal, 2009.
Portuguese Abstract: A locomoção é uma das mais importantes capacidades desenvolvidas pelos animais, cujo aperfeiçoamento é dependente de vários centros neurais, incluindo a medula espinal. Esta atividade promove várias modificações espinais que a possibilita se adaptar e aperfeiçoar suas conexões. Este trabalho teve por objetivo observar as alterações morfológicas ocorridas na medula espinal após o treinamento locomotor de ratos intactos. Para isso foram utilizados ratos Wistar machos, os quais foram submetidos ao treinamento locomotor na roda de atividade em protocolos de 1, 3 e 7 dias (30min/dia), e os resultados foram comparados aos de um grupo controle, não submetido ao exercício. Cortes coronais de 40 μm da medula espinal lombossacral foram submetidos a técnicas imunohistoquimicas anti-Egr1, anti-NMDA e anti-SP, para caracterizarmos a plasticidade espinal quanto a essas substâncias. Células imunorreativas a Egr1 estavam aumentadas em todas as lâminas, intensamente nas regiões mais ativadas pela locomoção, lâminas IV-X dos níveis L4-S3. Todas as secções observadas expressaram imunorreatividade a NMDA. A análise da SP no corno dorsal espinal resultou em ausência de variações significantes deste neuropeptídeo relacionadas com a locomoção. Diante dos resultados, sugerimos que o treinamento locomotor proporciona plasticidade sináptica semelhante a LTP em todas as lâminas da medula espinal, em intensidades diferenciadas. No entanto, esse processo parece não ter a participação da SP no corno dorsal espinal. Este trabalho vem contribuir para a consolidação e caracterização da plasticidade sináptica na medula espinal
Abstract: The locomotion is one of the most important capabilities developed by the animals, whose improvement is dependent on several neural centers, including the spinal cord. This activity promotes a lot of spinal modifications that enable it to adapt and improve their connections. This study aimed to observe the morphological changes occurring in the spinal cord after locomotor training in intact rats. For that we used male Wistar rats, which were submitted to locomotor training in wheel activity in protocols 1, 3 and 7 days (30min/day), and the results were compared to a control group not subjected to exercise. Coronal sections of 40 μm of the lumbosacral spinal cord were subjected to immunohistochemical techniques anti-Egr1, anti-NMDA and anti-SP, to characterize the spinal plasticity related to these substances. Egr1-immunoreactive cells were increased in all laminas, essentially in those more intensely activated by locomotion, laminas IV-X levels L4-S3. All observed sections expressed NMDA-immunoreactivity. Analysis of SP in the spinal dorsal horn resulted no significant variations of this neuropeptide related to locomotion. The results suggest that locomotor training provides synaptic plasticity similar to LTP in all laminas of the lumbosacral spinal cord, in different intensities. However, the SP appears do not participate of this process in the spinal dorsal horn. This work will contribute for consolidating and characterization of synaptic plasticity in the spinal cord
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/16665
Appears in Collections:PPGFS - Mestrado em Fisioterapia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AnaCLN.pdf1,33 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.