Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/17406
Título: O trabalho docente em psicólogo e o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes: uma experiência teresinense
Autor(es): Carvalho, Denis Barros de
Palavras-chave: Trabalho intelectual do psicólogo docente;Formação e atuação dos psicólogos;Enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes;Cidade de Teresina;Psychologist-instructor intellectual labor;Psychologists professional training and practice;City of Teresina
Data do documento: 30-Abr-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CARVALHO, Denis Barros de. O trabalho docente em psicólogo e o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes: uma experiência teresinense. 2007. 318 f. Tese (Doutorado em Psicologia, Sociedade e Qualidade de Vida) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: In this thesis I discuss the role of the psychologist as a university professor and as intellectual from a specific context and also from a specific query. The context is the city of Teresina, capital city of Piauí state, which is peripheral in Brazil s northeast region. The defiance here is to build a critical psychological tradition that will deal with the challenges imposed by the reality of poverty and socio-economic backwardness of the region. The greatest difficulty is the lack of a public institution of learning that carries out instruction, research and extension with commitment to social transformation, and with the production of a psychological knowledge that is able to understand local reality. I take it that the undergraduate course in Psychology at UESPI [State University of Piauí] is the only one in Teresina that can take over such mission. The query is confronting violence against children and adolescents that defies us to ethically and politically commit to solidarity toward fragile human beings in need of adult involvement in order to survive this daily inhumanity. The involvement of psychologists from Teresina in this must result from a social commitment and a technical competence to deal with prevention and therapeutic consideration toward the victims. This dissertation is divided into three parts: the first is a study on the curriculum and the performance of psychologists, which revises the academic output in Brazil and envisages new queries to the theme, such as the role of teaching inside the curriculum, and presents social security (including Medicare) as the privileged field in which Brazilian psychologists perform. The second part contains a study on the concepts of childhood, adolescence and violence, which presents a consideration on the strategies to confront violence against children and adolescents. In the last part I discuss the role of the psychologist as teacher and intellectual in the context undergraduate course in Psychology at UESPI [State University of Piauí] from the commitment to the protection of children and adolescents
metadata.dc.description.resumo: Nesta tese, discuto o papel do psicólogo como professor universitário e como intelectual a partir de um contexto específico e de uma questão específica. O contexto é a cidade de Teresina, capital do Piauí Estado periférico da região Nordeste brasileira. O desafio aqui é construir uma tradição psicológica crítica que possa ser capaz de lidar com os desafios impostos pela realidade de pobreza e atraso sócio-econômico da região. A maior dificuldade é a falta de uma instituição de ensino que seja pública e que realize ensino, pesquisa e extensão com o compromisso da transformação social e com a produção de um conhecimento psicológico capaz de entender a realidade local. Defendo que o curso de Psicologia da Universidade Estadual do Piauí é o único de Teresina que pode assumir tal missão. A questão é o enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes, que nos desafia a um comprometimento ético-político de solidariedade com seres frágeis que precisam do envolvimento de adultos para sobreviverem a essa barbárie cotidiana. O envolvimento da Psicologia teresinense nesse enfrentamento deve resultar de um compromisso social e de uma competência técnica para lidar com a prevenção e o acolhimento terapêutico das vítimas. A tese está dividida em três partes: a primeira é um estudo sobre a formação e a atuação do psicólogo, que revisa a literatura produzida no Brasil e propõe novas questões para o tema, como o papel do professor na formação e apresenta a Seguridade Social (Saúde e Assistência Social) como o campo privilegiado de atuação para a Psicologia Brasileira. A segunda parte contém um estudo sobre os conceitos de infância, adolescência e violência, apresentando uma reflexão sobre as estratégias de enfrentamento da violência contra crianças e adolescentes. Na última parte, é discutido o papel do psicólogo como professor e intelectual em Teresina no contexto do curso de Psicologia da UESPI a partir do compromisso com a proteção da criança e do adolescente
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/17406
Aparece nas coleções:PPGPSI - Doutorado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DenisBC.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.