Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18589
Título: Dinâmica e estrutura de redes complexas no modelo de afinidade
Autor(es): Almeida, Maurício Lopes de
Palavras-chave: Lei de potência;Rede de escala Liure;Redes complexas;Modelo de afinidade;Evolução temporal;agregação;Menor caminho médio
Data do documento: 13-Jul-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALMEIDA, Maurício Lopes de. Dinâmica e estrutura de redes complexas no modelo de afinidade. 2010. 85 f. Dissertação (Mestrado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: In this work we elaborate and discuss a Complex Network model which presents connectivity scale free probability distribution (power-law degree distribution). In order to do that, we modify the rule of the preferential attachment of the Bianconi-Barabasi model, including a factor which represents the similarity of the sites. The term that corresponds to this similarity is called the affinity, and is obtained by the modulus of the difference between the fitness (or quality) of the sites. This variation in the preferential attachment generates very interesting results, by instance the time evolution of the connectivity, which follows a power-law distribution ki / ( t t0 )fi, where fi indicates the rate to the site gain connections. Certainly this depends on the affinity with other sites. Besides, we will show by numerical simulations results for the average path length and for the clustering coefficient
metadata.dc.description.resumo: Neste trabalho, elaboramos e discutimos um modelo de rede complexa que apresenta escala livre (distribuição de conectividade tipo lei de potência). Para isso, modificamos a regra de ligação preferencial do modelo de Bianconi-Barabási, inserindo um fator que retrata quanta semelhança é guardada entre os parâmetros de qualidades dos sítios da rede. O termo que nos dá essa informação é a chamada afinidade, sendo, a mesma, dada pelo módulo da diferença entre a qualidade do novo sítio, que está sendo inserido na rede, e as dos que já fazem parte dela. Essa variação na ligação preferencial permitiu, ao nosso modelo, obter resultados bastantes interessantes, como por exemplo, a evolução temporal da conectividade de um sítio que segue uma lei potência ki ∝ ( t/t0)β, onde o expoente β, que indica a taxa com que um sítio consegue ligações, certamente, depende de sua afinidade com os demais sítios da rede. Além disso, mostraremos também, os resultados que foram obtidos, via simulação numérica, para o menor caminho médio e o coeficiente de agregação da rede gerada pelo nosso modelo, isto é, pelo modelo de afinidade
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18589
Aparece nas coleções:PPGFIS - Mestrado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MauricioLA_DISSERT.pdf2,06 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.