Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/18603
Título: Propriedades magnéticas de ortoferritas de lantânio dopadas com estrôncio
Autor(es): Silva, Rodolfo Bezerra da
Palavras-chave: Perovakita. Ordenamento de Cargas. Tamanho de Partícula. Magnetização
Data do documento: 10-Set-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SILVA, Rodolfo Bezerra da. Propriedades magnéticas de ortoferritas de lantânio dopadas com estrôncio. 2010. 135 f. Dissertação (Mestrado em Física da Matéria Condensada; Astrofísica e Cosmologia; Física da Ionosfera) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: Samples of lanthanum Ortoferrites doped with strontium were synthesized in a single phase by the sol-gel method. Two samples were prepared, one by varying the concentration of strontium in lanthanum ortoferrites La1−xSrxFeO3−δ with (0 ≤ x ≤ 0.5), and another batch of samples of type, La1/3Sr2/3FeO3−δ, now varying only the temperature of calcination. Our samples were obtained by Pechini method and sintered in air and oxygen atmospheric. Their crystal structures were determined by x-ray diraction (XRD), scanning electron microscopy (SEM), where we observed that the samples (0 ≤ x ≤ 0.3) have orthorhombic symmetry and the volume of the single cell decreases with the increasing of concentration of strontium. For x = 0.5 it is only observed the simple phase when that is sintered in O2 atmospheric. Their magnetic characteristics were obtained by the Mössbauer spectroscopy and magnetic measurements. The magnetization measurements for samples La1−xSrxFeO3−δ with (0 ≤ x ≤ 0.5) revealed that the magnetization decreases with increasing concentration of strontium, but for the sample x = 0.4 the magnetization shows a high coercive field and a ferrimagnetic behavior, which is attributed to a small amount of strontium hexaferrite. As for the samples La1/3Sr2/3FeO3−δ calcined between 800 oC e 1200 oC. The hysteresis curves revealed two distinct behaviors: an declined antiferromagnetic behavior (Canted) for samples calcined between 800 oC and 1000 oC and a paramagnetic behavior for the samples calcined at 1100 oC e 1200 o C. Thermal hysteresis and sharp peaks around the Néel temperature (TN), over the curves of specific heat as a function of temperature was only observed in calcined samples with 1100 oC and 1200 oC. This eect is attributed to the charge ordering. These results indicate that the charge ordering occurs only in the samples without oxygen deficiency. Magnetic measurements as a function of temperature are also in agreement with this interpretation
metadata.dc.description.resumo: Amostras de ortoferritas de lantânio dopados com estrôncio foram sintetizados na forma de fase simples pelo método Sol-Gel. Dois lotes de amostras foram preparadas, um variando a concentração do estrôncio nas ortoferritas de lantânio La1−xSrxFeO3−δ com (0 ≤ x ≤ 0.5), e um outro lote de amostras do tipo La1/3Sr2/3FeO3−δ, agora variando somente a temperatura de calcinação. Nossas amostras foram obtidas pelo método Pechini, e sinterizados em atmosfera de oxigênio. Suas estruturas cristalinas foram determinadas por difratometria de raios -x (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), onde observamos que as amostras (0 ≤ x ≤ 0.3) possuem simetria ortorrômbica, e o volume da célula unitária diminui com o aumento da concentração de estrôncio. Para x=0.5 somente é observada fase simples quando esta é sinterizada na atmosfera de O2. Suas características magnéticas foram obtidas por meio de espectroscopia M¨ossbauer e medidas de magnetização. As medidas de magnetização para as amostras La1−xSrxFeO3−δ com (0 ≤ x ≤ 0.5) revelaram que a magnetiza ção decresce com o aumento da concentração de estrôncio, contudo para a amostra x=0.4 a magnetização mostra um alto campo coercivo e um comportamento ferrimagnético, o qual é atribuido a uma pequana quantidade de Hexaferrita de estrôncio. Já para as amostras La1/3Sr2/3FeO3−δ, calcinadas entre 800 oC e 1200 oC , as curvas de histerese revelaram dois comportamentos distintos: Um comportamento antiferromagnético declinado (Canted) para as amostras calcinadas entre 800 oC e 1000 oC e um comportamento paramagnético para as amostras calcinadas em 1100 oC e 1200 o C. Histereses térmicas e picos acentuados em torno da temperatura de Néel (TN), sobre as curvas de calor especí co em função da temperatura foi observada apenas nas amostras calcinadas com 1100 oC e 1200 oC . Este efeito é atribuido ao ordenameto de carga. Estes resultados indicam que o ordenamento de carga ocorre somente nas amostras sem de ciência de oxigênio. Medidas de Magnetização em função da temperatura também estão de acordo com esta interpretação.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/18603
Aparece nas coleções:PPGFIS - Mestrado em Física

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RodolfoBS_DISSERT.pdf2,9 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.