Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19630
Título: Qualidade fisiológica de sementes de Moringa oleifera lam. por meio da análise de imagens
Título(s) alternativo(s): Physiological quality seeds Moringa oleifera Lam. by image Analysis of means
Autor(es): Noronha, Bruno Gomes de
Palavras-chave: Germinação;Viabilidade;Sementes florestais;Vigor;Raio-X
Data do documento: 16-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NORONHA, Bruno Gomes de. Qualidade fisiológica de sementes de Moringa oleifera lam. por meio da análise de imagens. 2014. 55f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: Several tests that evaluate the quality of seeds are destructive and require time, which is considered long and expensive in the processes that involves the production and marketing of seed. Thus, techniques that allow reducing the time related to assess the quality of seed lots is very favorable, considering the technical, economic and scientific point of view. The techniques images of seed analyzed both by X-ray such as digital images, represent alternative for this sector, and are considered reproducible and fast, giving greater flexibility and autonomy to the activities of production systems. Summarily, the objective was to analyze the internal morphology of seeds of this species through x-rayed images and the efficiency of weed seed area increased during soaking through image analysis and compare them with the results of germination tests and force the evaluation of physiological seed quality. For X-ray tests, the seeds were exposed for 0.14 seconds at radiation 40kV and 2.0 mAs. Were analyzed images using the ImageJ program and subsequently put to germinate in B.O.D chamber at 27 ° C, in which there was the comparison of results for germination. To determine the test area increase (% IA), seeds were used with and without seed coat, maintained the B.O.D chamber at 15 ° to 20 ° C, the seeds were photographed before and after the soaking period, the results were compared to the germination rates. For the X-ray test, it was observed that seeds with empty area greater than 20%, showed a higher percentage of abnormal seedlings. And the area increment analysis showed that it is possible to rank the batch after 8 hours of imbibition at 15 ° C according to the germination and vigor tests
metadata.dc.description.resumo: Os principais testes que avaliam a qualidade de sementes são destrutivos e exigem tempo, o que é considerado longo e caro na cadeia que envolve a produção e comercialização das sementes. Deste modo, técnicas que viabilizem a redução do tempo que se gasta para se avaliar a qualidade de lotes de sementes é muito favorável, do ponto de vista técnico, econômico e científico. A análise de imagens de sementes tanto por meio de raio-X como por imagens digitais representam alternativas para estes setores, além de serem reproduzíveis e rápidos, dando maior agilidade e autonomia às atividades dos sistemas de produção. O objetivo do trabalho foi analisar a morfologia interna de sementes desta espécie por meio de imagens radiografadas e a eficiência da determinação do incremento de área de sementes durante a embebição, por meio da análise de imagens e compará-los com os resultados dos testes de germinação e vigor na avaliação da qualidade fisiológica das sementes. Para os testes de raio-X, as sementes foram expostas por 0,14 segundos à radiação de 40kV e 2,0 mAs. As imagens obtidas foram analisadas utilizando o programa ImageJ e postas a germinar posteriormente em câmara do tipo B.O.D à 27ºC, no qual realizou-se a comparação dos resultados obtidos nos testes de germinação. Para a determinação do teste de incremento de área (I.A%), foram utilizadas sementes com e sem tegumento, mantidas em câmara do tipo B.O.D a 15° e 20°C, as sementes foram fotografadas antes e após o período de embebição, os resultados foram comparados com os índices de germinação. Para o teste de raio-X, observouse que sementes com área vazia superior a 20%, apresentaram maior percentual de plântulas anormais. E a análise de incremento de área, evidenciou que é possível ranquear os lotes após 8 horas de embebição a 15°C de acordo com os testes de germinação e vigor
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19630
Aparece nas coleções:PPGCF - Mestrado em Ciências Florestais

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
BrunoGomesDeNoronha_DISSERT.pdf1,73 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.