Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19686
Título: Influência da superfície do titânio nitretado a plasma em diferentes atmosferas na ativação de plaquetas sanguíneas
Autor(es): Vitoriano, Jussier de Oliveira
Palavras-chave: Plasma;Tratamento de superfície;Titânio;Plaquetas;Hemocompatibilidade
Data do documento: 9-Jan-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: VITORIANO, Jussier de Oliveira. Influência da superfície do titânio nitretado a plasma em diferentes atmosferas na ativação de plaquetas sanguíneas. 2015. 86f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Mecânica) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This study aimed to analyze the biological response of titanium surfaces modified by plasma Ar + N2 + H2. Titanium disks grade II received different surface treatments Ar + N2 + H2 plasma, constituting seven groups including only polished samples used as standard. Before and after treatment the samples were evaluated in terms of topography, crystal structure and wettability, using atomic force microscopy, X-ray diffraction, Raman spectroscopy and testing of the sessile drop, respectively. Rich plasma (PRP) was applied to the surfaces modified in culture plates. Images obtained by scanning electron microscopy of the adhered platelets were analyzed to verify the behavior of platelets in the different experimental conditions. We verified that the adition of H2 on plasma atmosphere resulted in more rough surfaces, with round tops. These surfaces, in contrast to that surfaces treated with high concentration of N2, are less propense to platelet aggregation and, consequently, to the formation of thrombus when applied in biomedical devices.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho teve como objetivo analisar a resposta biológica em superfícies de titânio modificadas por plasma de Ar+N2+H2. Discos de titânio grau II receberam diferentes tratamentos de superfície com plasma de Ar+N2+H2, constituindo sete grupos experimentais incluindo amostras apenas polidas utilizadas como padrão. Antes e após o tratamento as amostras foram caracterizadas quanto à topografia, estrutura cristalina e molhabilidade, usando microscopia de força atômica, difração de raios-X, espectroscopia Raman e ensaio da gota séssil, respectivamente. Plasma sanguíneo rico em plaquetas (PRP) foi aplicado sobre as superfícies modificadas em placas de cultivo. Imagens obtidas por microscopia eletrônica das plaquetas aderidas foram analisadas a fim de verificar o comportamento das plaquetas nas diferentes condições experimentais. Verificou-se que a adição de H2 na atmosfera do plasma resultou em superfícies mais rugosas, com picos arredondados. Essas superfícies, ao contrário daquelas tratadas com atmosfera de alta concentração de N2, são menos propensas à agregação plaquetária e, consequentemente, à formação de trombos quando aplicadas em dispositivos biomédicos.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19686
Aparece nas coleções:PPGEM - Mestrado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JussierDeOliveiraVitoriano_DISSERT.pdf28,47 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.