Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19692
Título: Extração do corante do fruto de castanhola (Terminalia catappa Linn) e estudos dos seus compostos fenólicos, antocianinas e atividade antioxidante
Título(s) alternativo(s): Extraction of dye from the fruit of castanhola (Terminalia catappa Linn) and studies of its phenolic compounds, anthocyanins and antioxidant activity
Autor(es): Uchida, Viviane Hiromi
Palavras-chave: Terminalia catappa Linn;Compostos fenólicos;Antocianinas;Atividade antioxidante
Data do documento: 17-Dez-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: UCHIDA, Viviane Hiromi. Extração do corante do fruto de castanhola (Terminalia catappa Linn) e estudos dos seus compostos fenólicos, antocianinas e atividade antioxidante. 2014. 77f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The Terminalia catappa Linn belonging to Combretaceae family, popularly known as castanets, has fruits consists of a fleshy pulp, rounded seed and a very hard shell. The natural pigmentation existing in the fruit of castanet indicates the presence of anthocyanins, phenolic nature components belonging to the group of flavonoids, which have antioxidant activity. This research was conducted with the castanets and aimed to the study of factors influencing the extraction of dyes from its pulp. The extracts were obtained using a reactor enjaquetado by solid-liquid extraction. The factors were evaluated as temperature, time, solvent ratio and pH extraction. Adopting a factorial design of 24 , with 4 repetitions at the central point, the effects of these factors on the extraction process were analyzed using Statistica 7.0 software. The antioxidant activity (AA), the content of phenolic compounds (CFT) and the total monomeric anthocyanin content (AMT) were evaluated as response variables planning. Statistical analysis of the results, the effects that influenced the extraction were different for each response (CFT, AMT and AA). However, the pH was significant for the extraction of all compounds. The kinetic behavior of the dye extraction was also studied for phenolic compounds, monomeric anthocyanins and antioxidant activity, in which the equilibrium was reached after 90 minutes of extraction. To study the stability of anthocyanins temperature was the factor that most influenced the stability, however the concentration and pH also played a part.
metadata.dc.description.resumo: A Terminalia catappa Linn pertencente à família Combretaceae, popularmente conhecida como castanhola, possui frutos constituídos por uma polpa carnosa, semente arredondada e uma casca muito dura. A pigmentação natural existentes no fruto da castanhola indica a presença de antocianinas, componentes de natureza fenólica pertencentes ao grupo dos flavonóides, que apresentam atividade antioxidante. A presente pesquisa foi realizada com a castanhola e teve como principal objetivo o estudo de fatores que influenciam a extração de corantes a partir de sua polpa. Os extratos foram obtidos utilizando-se um reator enjaquetado por extração sólido líquido. Os fatores avaliados foram a temperatura, o tempo, a proporção do solvente e o pH de extração. Adotando-se um planejamento fatorial de 24 , com 4 repetições no ponto central, os efeitos destes fatores sobre o processo de extração foram analisados utilizando-se o software Statistica 7.0. A atividade antioxidante (AA), o teor de compostos fenólicos totais (CFT) e o teor de antocianinas monoméricas totais (AMT) foram avaliadas como variáveis resposta do planejamento. Na análise estatística dos resultados, os efeitos que mais influenciaram a extração foram diferentes para cada uma das respostas (CFT, AMT e AA). No entanto o pH se mostrou significativo para a extração de todos os compostos. O comportamento cinético da extração do corante também foi estudado para os compostos fenólicos totais, antocianinas monoméricas e atividade antioxidante, em que o equilíbrio foi atingido após os 90 minutos de extração. No estudo da estabilidade das antocianinas a temperatura foi o fator que mais influenciou na estabilidade, contudo a concentração e o pH também tiveram influência
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19692
Aparece nas coleções:PPGEQ - Mestrado em Engenharia Química

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
VivianeHiromiUchida_DISSERT.pdf2,19 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.