Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19779
Título: Caracterização de água de lavagem de filtros em estações de tratamento de água de filtração direta
Autor(es): Campos, Hilderica Lima
Palavras-chave: Estação de tratamento de água;Resíduos;Água de lavagem de filtros
Data do documento: 9-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: CAMPOS, Hilderica Lima. Caracterização de água de lavagem de filtros em estações de tratamento de água de filtração direta. 2015. 65f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Sanitária) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The water supply and treatment is considered as a great benefit considering that, if done efficiently, provides public health. However, considering the WTP (Water Treatment Plant) is an industry, with its inputs and waste generation, they must be constantly evaluated and monitored to verify the best and most appropriate way to process and dispose their waste, minimizing therefore the potential impacts to the environment. By volume, the most significant waste is the rapid filter backwash water. It is very common the disposal of this waste without treatment in water sources, which are used, for the most part, as a water supply source of a downstream population. This study evaluated quantitative and qualitative parameters in filter backwash water in three WTP - Itaitinga, Maranguape and Pacatuba, located in Ceará State, northeast of Brazil. It was found that the Maranguape WTP, in terms of treatment capacity, is the larger. The Itaitinga WTP is the one that consumes more water during filters washing. The Pacatuba WTP exhibited higher concentration of total suspended and settleable solids, COD and aluminum in the filters backwash water. It is noteworthy that the settleable solids and total suspended solids in all three WTP are above the effluent discharge standard recommended by Resolution 154/2002 of SEMACE (State Superintendent of Environment of Ceará). It was concluded that the filter backwash water from the study WTP exceeded the allowed values for legislation to be disposed directly into surface water bodies. It is suggested as an alternative to treat and recycle the filter backwashing water the construction of sludge settling ponds.
metadata.dc.description.resumo: O tratamento de água para abastecimento é considerado como um grande benefício, tendo em vista que, se for realizado de forma eficiente, propicia saúde às pessoas. Entretanto, ao considerar que uma ETA (Estação de Tratamento de Água) é uma indústria, pois em seu processo produtivo há insumos e resíduos, é necessário que haja avaliação e monitoramento constantes em cada ETA para verificar a melhor e mais adequada maneira de tratar e dispor seus resíduos, minimizando, portanto, os potenciais impactos ao meio ambiente. Os resíduos mais relevantes em ETA de filtração rápida são os provenientes das águas de lavagem de filtros. A realidade mais observada em nosso país é o lançamento destes resíduos (sem tratamento) em mananciais, os quais são utilizados, na maioria das vezes, como fonte de abastecimento de uma população a jusante. O presente estudo avaliou indicadores quantitativos e qualitativos de água de lavagem de filtros em três ETA - Itaitinga, Maranguape e Pacatuba. Verificou-se que a ETA Maranguape, em termos de capacidade instalada, é a de maior porte. A ETA Itaitinga é a que mais consome água na lavagem de filtros. A ETA Pacatuba exibiu maior concentração de sólidos sedimentáveis e suspensos totais, além de demanda química de oxigênio e alumínio na água de lavagem dos filtros. Os parâmetros sólidos sedimentáveis e sólidos suspensos totais de todas as ETA estavam fora do padrão de lançamento de efluentes em corpo aquático preconizado pela resolução 154/2002 da SEMACE (Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará). Conclui-se que a água de lavagem dos filtros das ETA em estudo ultrapassam os valores permitidos em legislação para serem descartados diretamente em manancial. Sugere-se como alternativa de tratamento de resíduos, a construção de lagoas de sedimentação de lodo e ainda, como forma de reaproveitamento da água, o processo de recirculação.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19779
Aparece nas coleções:PPGES - Mestrado em Engenharia Sanitária

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
HildericaLimaCampos_DISSERT.pdf1,49 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.