Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/19872
Título: Capacidade de carga de misturas de solo laterítico e desbastes de pneus
Título(s) alternativo(s): Behavior of mixtures of lateritic soil and tire buffings
Autor(es): Nascimento, Paulo Rychardson Freire Beserra
Palavras-chave: Desbastes de pneu;Capacidade de carga;Solos lateríticos
Data do documento: 27-Fev-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: NASCIMENTO, Paulo Rychardson Freire Beserra. Capacidade de carga de misturas de solo laterítico e desbastes de pneus. 2015. 139f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: Government efforts have found some obstacles in achieving a better infrastructure regarding environmental preservation requirements. There is a need to develop new techniques that leave the big exploitation of environmental resources. This study measures the evaluation of the behavior of a composite formed by lateritic soil mix and tire buffings. In this way, a road embankment model was developed to assess the bearing capacity of the composite. This study measured the load capacity of the composites with 0%, 10%, 20% and 40% rubber mixed with the soil, by weight, iron plate loading tests on a simulated embankment in a metal box of 1.40 x 1.40 x 0.80 m. After four compaction layers of the composite, a plate test was performed, and then stress-settlement curves were obtained for the material. The embankments with 20% and 40% rubber content was difficult to compact. There was a significant reduction in the load capacity of the soil-plate system with increasing rubber content. The composite with the lowest loss of bearing capacity in relation to the reference soil was the one with a χ = 10%. In the load capacity tests, another aspect noted was the bearing capacity in terms of CBR. The results also show a gradual decrease in bearing capacity in the composites as with the rubber incorporation content increases. As in the plate load tests, the composite that had the lower bearing capacity loss was also that with 10% content.
metadata.dc.description.resumo: Os esforços estatais visando alcançar uma melhor infraestrutura para o país têm encontrado algumas barreiras, em especial o atendimento de intransponíveis requisitos de preservação ambiental. Há a necessidade de desenvolvimento de novas técnicas que abandonem o exagero na exploração dos recursos ambientais sem pesar contra o ponto de vista técnico-econômico. O presente estudo trata da avaliação da capacidade de carga de um compósito formado pela mistura de solo laterítico (classificado para estudo como uma areia argilosa) e desbastes de pneumáticos inservíveis. Neste sentido, foi desenvolvido um modelo de aterro rodoviário para se avaliar a capacidade de carga do compósito. Foi avaliado o comportamento do compósito para proporções de mistura de 0, 10, 20 e 40 % em peso. Provas de carga em placa foram realizadas em modelos compactados com cada proporção de mistura. Os modelos foram confeccionados em uma caixa de aço de 1,40 x 1,40 x 0,80 m. Após a compactação de quatro camadas do compósito, um ensaio de placa foi realizado, sendo obtida a curva tensão-recalque para o compósito. Dificuldades executivas foram observadas na compactação dos aterros com teor de incorporação de borracha de 20% e 40 %. Verificou-se uma redução significativa da capacidade de carga do sistema solo-placa com o aumento do teor de borracha. O compósito que apresentou menor perda da capacidade portante em relação ao solo de referência foi ii aquele com um teor de mistura igual a 10%. Além dos ensaios de capacidade de carga, um outro aspecto foi avaliado: a capacidade de suporte dos compósitos comparados com o solo de referência em termos do valor do ISC. Os resultados também mostram uma gradativa queda da capacidade portante nos compósitos à medida com que o teor de incorporação de borracha aumenta. Assim como na prova de carga em placa, o compósito que perdeu menos capacidade de suporte desempenho foi, também, aquele com um teor de 10%.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/19872
Aparece nas coleções:PPEC - Mestrado em Engenharia Civil

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PauloRychardsonFreireBeserraNascimento_DISSERT.pdf5,79 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.