Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20101
Título: A neuromodulação do córtex pré-frontal dorsolateral na percepção de tempo em contexto neutro ou emocionalmente ativo
Autor(es): Oliveira, Felipe Santos de
Palavras-chave: Percepção de tempo;Intervalo de tempo;Emoção;ETCC;Pré-frontal dorsolateral
Data do documento: 27-Ago-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Felipe Santos de. A neuromodulação do córtex pré-frontal dorsolateral na percepção de tempo em contexto neutro ou emocionalmente ativo. 2014. 120f. Tese (Doutorado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The time perception is critical for environmental adaptation in humans and other species. The temporal processing, has evolved through different neural systems, each responsible for processing different time scales. Among the most studied scales is that spans the arrangement of seconds to minutes. Evidence suggests that the dorsolateral prefrontal (DLPFC) cortex has relationship with the time perception scale of seconds. However, it is unclear whether the deficit of time perception in patients with brain injuries or even "reversible lesions" caused by transcranial magnetic stimulation (TMS) in this region, whether by disruption of other cognitive processes (such as attention and working memory) or the time perception itself. Studies also link the region of DLPFC in emotional regulation and specifically the judgment and emotional anticipation. Given this, our objective was to study the role of the dorsolateral prefrontal cortex in the time perception intervals of active and emotionally neutral stimuli, from the effects of cortical modulation by transcranial direct current stimulation (tDCS), through the cortical excitation (anodic current), inhibition (cathode current) and control (sham) using the ranges of 4 and 8 seconds. Our results showed that there is an underestimation when the picture was presented by 8 seconds, with the anodic current in the right DLPFC, there is an underestimation and with cathodic current in the left DLPFC, there is an overestimation of the time reproduction with neutral ones. The cathodic current over the left DLPFC leads to an inverse effect of neutral ones, an underestimation of time with negative pictures. Positive or negative pictures improved estimates for 8 second and positive pictures inhibited the effect of tDCS in DLPFC in estimating time to 4 seconds. With this work, we conclude that the DLPFC plays a key role in the o time perception and largely corresponds to the stages of memory and decision on the internal clock model. The left hemisphere participates in the perception of time in both active and emotionally neutral contexts, and we can conclude that the ETCC and an effective method to study the cortical functions in the time perception in terms of cause and effect.
metadata.dc.description.resumo: A percepção temporal é fundamental para a adaptação ambiental em humanos e outras espé- cies.O processamento temporal nos organismos, se desenvolveu através de diferentes sistemas neurais, cada qual responsável pelo processamento de diferentes escalas de tempo. Dentre as escalas mais estudadas,está a que abrange o arranjo de segundos a minutos. Evidências sugerem que o córtex pré-frontal dorsolateral (CPFDL) possui relação com a percepção do tempo na escala de segundos. No entanto, não se sabe se o déficit de percepção temporal em pacientes com lesões cerebrais ou mesmo “lesões reversíveis” causadas por estimulação magnética transcraniana (EMT) nessa região, sejam por perturbações de outros processos cognitivos (como atenção e memória de trabalho) ou da percepção do tempo propriamente dita. Estudos também relacionam a região do CPFDL na regulação emocional e especificamente no julgamento e a antecipação emocional. Diante disto, nosso objetivo foi estudar o papel do córtex pré-frontal dorsolateral na percepção de intervalos de tempo de estímulos neutros e emocionalmente ativos, a partir dos efeitos da modulação cortical através da estimulação transcraniana por corrente contínua (ETCC), através da excitação (corrente anódica), inibição (corrente catódica) e o controle (sham), utilizando os intervalos de 4 e 8 segundos. Nossos resultados mostraram que há uma subestimativa quando a figura é apresentada por 8 segundos.Com a corrente anódica no CPFDL direito ocorre uma subestimativa e com a corrente catódica no CPFDL esquerdo há uma superestimava na reprodução do tempo com figuras neutras. Com figuras negativas, a corrente catódica sobre o CPFDL esquerdo ocasiona efeito inverso ao de figuras neutras, havendo subestimativa de tempo. O uso de figuras com valência positiva ou negativa, melhoraram as estimativas para 8 segundas e o uso de figuras com valência positiva inibem o efeito da ETCC no CPFDL na estimativa de tempo para 4 segundos. Com esse trabalho podemos concluir que o CPFDL tem um papel fundamental na percepção de tempo e corresponde em grande parte aos estágios de memória e decisão no modelo de relógio interno, que o hemisfério esquerdo participa na percepção de tempo tanto em contextos neutros como emocionalmente ativos, Podemos concluir também que a ETCC e um método eficaz para estudar as funções corticais na percepção de tempo em termos de causa e efeito.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20101
Aparece nas coleções:PPGPSICO - Doutorado em Psicobiologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FelipeSantosDeOliveira_TESE.pdf1,8 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.