Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/20205
Título: Visita interprofissional da cardiologia: uma estratégia de educação interprofissional na área da saúde na Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Autor(es): Paula, Carla Suely Souza de
Palavras-chave: Educação médica;Assistência ao paciente;Cardiologia;Trabalho interprofissional
Data do documento: 30-Abr-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: PAULA, Carla Suely Souza de. Visita interprofissional da cardiologia: uma estratégia de educação interprofissional na área da saúde na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2015. 50f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: The interprofessional education still represents a great challenge for the health education. This paper aims at implementing the Interprofessional Cardiology Visit (VIC, acronym in Portuguese) as a teaching strategy for the interprofessional education in the undergraduate and graduate courses of UFRN (Federal University of Rio Grande do Norte, acronym in Portuguese). It is a prospective and exploratory study held from March 2013 to November 2014, in the cardiology department of HUOL (Portuguese acronym for Onofre Lopes University Hospital), including health professionals from the mentioned hospital (doctor, psycologist, physiotherapist, dentist, social assistant, nutritionist, pharmacist and nurse), undergraduate and graduate students from the health courses of UFRN. The study happened in three parts: interprofessional activity planning; Implementation of the activity “Interprofessional Cardiology Visit (VIC)”; and Activity evaluation, this last one was made through focus groups. The process of planning and implementation of the VIC was described during the implementation phase: 60 meetings in which 1324 participants discussed one specific patient per meeting. After each case presentation, an interprofessional discussion was held, pointing out each professional’s specific point of view towards improving the overall care of that discussed patient. From the focus group analysis, five categories emerged: Recognition of previous participations in interprofessional activities; Conceptual vision of interprofessional activities; Impacts of the VIC to the patient’s care; Contributions of VIC to the professional training; and Challenges of VIC continuation. The making and planning of VIC process has reached its goals, despite of some health professional’s participation not being systematic due to work overload, such as the nurses’ case, as well as schedule difficulties. The VIC was praised as a successful experience and considered an initiative with positive impact for improving the care of patients with heart diseases. It is clear, from analyzing the discourses, that the VIC is a strategy which positively impacts both the care and the teaching. However, some difficulties remain, such as the lack of human resources and the challenge of making it systematic.
metadata.dc.description.resumo: A educação interprofissional ainda representa um grande desafio para a educação em saúde. O objetivo deste estudo foi implementar a Visita Interprofissional da Cardiologia (VIC) como estratégia de ensino da educação interprofissional na graduação e pós-graduação da Universidade Federal do Rio grande do Norte (UFRN). Trata-se de um estudo tipo pesquisa-ação, exploratório, prospectivo realizado de março de 2013 a novembro de 2014, no Serviço de Cardiologia do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), envolvendo profissionais da área da saúde (médicos, psicólogos, fisioterapeutas, odontóloga, assistentes sociais, farmacêuticos, enfermeiros e nutricionistas) e estudantes de graduação e pós-graduação dos cursos de saúde da UFRN. O estudo ocorreu em três etapas: Planejamento da atividade interprofissional, Implementação da atividade “Visita Interprofissional de Cardiologia (VIC)” e Avaliação da atividade, sendo a última realizada através de grupos focais. Após dois meses de planejamento, iniciamos a etapa de implementação onde foram realizadas 60 reuniões, envolvendo 1324 participantes, sendo discutido um caso clínico por sessão. Após apresentação de cada caso, houve discussão interprofissional, ressaltando a especificidade de cada profissional para melhoria do cuidado integral com paciente em questão. Os grupos focais foram avaliados pela Análise Categorial de Bardin onde emergiram cinco categorias: Reconhecimento da participação em atividades interprofissionais prévias, Visão conceitual de atividades interprofissionais, Impactos da VIC na assistência, Contribuições da VIC na formação e Desafios da manutenção da VIC. O processo de planejamento e implementação da VIC atingiu os objetivos, embora a participação de alguns profissionais da saúde ainda não tenha sido sistemática em função da sobrecarga de atividades de alguns profissionais, como os da enfermagem, bem como dificuldades na conciliação de horários. A VIC foi considerada uma experiência exitosa, sendo bastante elogiada e reconhecida como iniciativa positiva para a melhoria da assistência prestada ao paciente cardiopata. Foi observado, pela análise dos grupos focais, que a VIC é uma estratégia que impacta positivamente tanto a assistência quanto o ensino, contudo, permanecem algumas dificuldades importantes, como a falta de recursos humanos e a dificuldade de alguns profissionais para se integrarem sistematicamente.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/20205
Aparece nas coleções:MPEENSA - Mestrado Profissional em Ensino na Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
CarlaSuelySouzaDePaula_DISSERT.pdf3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.