Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21236
Título: Corpos da Ciranda: narrativas poéticas, artístico/estética da ciranda de Lia de Itamaracá
Autor(es): Otelo, Renata Celina de Morais
Palavras-chave: Arte/estética;Brincantes;Ciranda;Corpo
Data do documento: 14-Dez-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OTELO, Renata Celina de Morais. Corpos da Ciranda: narrativas poéticas, artístico/estética da ciranda de Lia de Itamaracá. 2015. 93f. Dissertação (Mestrado em Artes Cênicas) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: This research is a study that deals with the language of the players bodies of Ciranda (a typical dance in circle in Brazil) – more specifically the one of Lia from Itamaracá. Our interest is to observe how this body dances, communicates, writes on time and space, establishing relations that complement and help to remain in construction. Thus, in a circular way and in an energy that is transmitted with the contact of the touch of the hands, in the power of song, in a circle that can be seen from many places, but by different angles, holding on that the particularities of its subjects players/dancers/observers, and that we propose ourselves to think: who are those players bodies and how do they build the circles of Ciranda? Therefore, during the pathway of the research, we were conducted by the phenomenological method and, from this, used the concepts of lived and sensible world. Our interest in this manifestation is, also, the body that dances and insert itself in the artistic expression, meaning and opening itself to the knowledge by the experience. Therefore, we assume a conception of the body that refers itself in the merleaupontyana fenomenologic approach, in this way, in its criativity in relation to the body as a fragmented being, as it is pointed by the Cartesiana theory. In this perspective, we understand the body in its relations with the culturals, sociais, economics and artistics issues that integrates it, in others words, in the relations that helped us to better understand the body as it is. This way, this research has as main objective to present the refletions about the players body, mainly, of Lia from Itamaracá and with this body to dance, to communicate, to write itself on time and space, estabilishing relations that complement and help to stay in construction. Such a statement leads us in this work, to inquire, for example: what mobilizes those subjects on this dance? We understand that elements as the place that is always in modification, the costumes, the musicality and the change in the movimentation of the players body in each new circle, those elements are factors that activate a permanente reconfiguration that are happening in the Ciranda dance nowadays. Finally, we assert that this investigation comes in reason to the big dimension that the Ciranda has achivied in Brazil, especially in the Northeast, as the existence of few references and registers of the reseach manifestation in the academic areas. It is possible to verify, in this research, that, in reason to this spreading, the nuances of the players bodies is even more diversified and that the missing of experiences on Itamaracá island - PE, its origin has putting away the original and community, becames, more and more, a dance of others stages and squares.
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho é uma pesquisa que versa sobre a linguagem dos corpos brincantes da Ciranda - especificamente de Lia de Itamaracá. Interessa-nos observar como esse corpo dança, comunica-se, escreve-se no tempo e no espaço, estabelece relações que o complementam e o ajudam a permanecer em construção. Assim, de maneira circular e em uma energia que é transmitida no contato com as mãos, na força da canção, em uma roda que pode ser vista de vários lugares, mas por ângulos diferentes, cabendo aí as particularidades dos seus sujeitos brincantes/dançadores/observadores, é que nos propomos a pensar: quem são esses corpos brincantes e como eles constituem as rodas de Ciranda? Para tanto, durante o caminho da pesquisa, fomos conduzidos pelo método fenomenológico e, dele, utilizamos as categorias de descrição, mundo vivido e sensível. Interessa-nos, ainda, nessa manifestação, o corpo que dança e se insere na expressão artística, que significa e se abre ao conhecimento pela via da experiência. Assumimos, portanto, uma concepção de corpo que se referencia na abordagem fenomenológica merleaupontyana, assim como, na sua criticidade em relação ao corpo como um ser fragmentado, tal qual aponta a teoria Cartesiana. Nessa perspectiva, entendemos o corpo na sua relação com os fazeres culturais, sociais, econômicos e artísticos que integram a formação dele. Ou seja, nas relações que nos ajudaram a compreender melhor o corpo que se é. Dessa maneira, a pesquisa tem como objetivo fundante apresentar reflexões sobre os corpos brincantes da Ciranda, especificamente, de Lia de Itamaracá e como esse corpo dança, se comunica, se escreve no tempo e no espaço, estabelece relações que o complementam e o ajudam a permanecer em construção. Tal afirmação nos leva, neste trabalho, a questionar, por exemplo: o que mobiliza esses sujeitos nessa dança? Por fim, asseveramos que essa investigação vem à tona em razão da dimensão que as rodas de Ciranda vêm alcançando no país, em especial no Nordeste brasileiro, assim como a existência de pouca referência e registro da manifestação pesquisada nas esferas acadêmicas. É possível verificar, com a pesquisa, que, em razão dessa disseminação, as nuances da movimentação dos brincantes está cada vez mais diversificada e que a ausência de vivências na Ilha de Itamaracá-PE, seu berço, tem distanciado o caráter genuíno e comunitário, tornando-se, cada vez mais, uma dança de outros palcos e praças.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21236
Aparece nas coleções:PPGAC - Mestrado em Artes Cênicas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RenataCelinaDeMoraisOtelo_DISSERT.pdf2,45 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.