Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21382
Título: Avaliação das propriedades psicométricas das provas de seleção para Residência Médica na Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Autor(es): Faria, Eduardo Dantas Baptista De
Palavras-chave: Avaliação; Educação Médica; Residência Médica
Data do documento: 28-Ago-2015
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FARIA, Eduardo Dantas Baptista de. Avaliação das propriedades psicométricas das provas de seleção para Residência Médica na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2015. 39f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino na Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2015.
Resumo: A forma de ingresso na Residência Médica se dá através da realização de uma avaliação cognitiva para a seleção dos candidatos mais capacitados para o ingresso nessa pós graduação. Assim como os alunos são avaliados a própria avaliação também necessita passar por revisão para identificar se tais questões estão selecionando os candidatos mais aptos para aprovação. Para a análise mais profunda de uma avaliação é importante além do nível médio de acerto, realizar a análise dos item para que possíveis falhas ou deslizes sejam diagnosticados e corrigidos em futuras avaliações. Frequentemente a média da prova é o item mais utilizado, com um valor aceitável quando entre 0,6 e 0,9, entretanto o índice de dificuldade e discriminação auxilia em uma análise mais aprofundada de cada questão isoladamente. Objetivos: Avaliar as provas do Concurso de Residência Médica, da UFRN, para as áreas de acesso direto nos anos de 2011 a 2015. Foram analisadas as provas de Residência Médica dos anos de 2011 a 2015, as médias da nota a cada ano variaram de 58,0 a 65,6, bem como a quantidade de candidatos; todas as 100 (cem) questões de cada ano da Prova de Residência Médica (2011-2015) totalizando 500 (quinhentas) questões e classificadas de acordo com o índice de dificuldade e discriminação, e a seguir foi analisada ano a ano e especialidade por especialidade. Nesse trabalho encontramos 45,2% de questões com índice de facilidade moderada, 10,2% fáceis e 41,2% difíceis, e 3,4% foram anuladas. A prova de seleção para a Residência Médica da UFRN, possui uma boa média, entretanto algumas questões não conseguem cumprir a sua função de selecionar melhor os candidatos devendo passar por uma revisão para que sua função de seleção dos candidatos mais aptos seja alcançada.
metadata.dc.description.resumo: A forma de ingresso na Residência Médica se dá através da realização de uma avaliação cognitiva para a seleção dos candidatos mais capacitados para o ingresso nessa pós graduação. Assim como os alunos são avaliados a própria avaliação também necessita passar por revisão para identificar se tais questões estão selecionando os candidatos mais aptos para aprovação. Para a análise mais profunda de uma avaliação é importante além do nível médio de acerto, realizar a análise dos item para que possíveis falhas ou deslizes sejam diagnosticados e corrigidos em futuras avaliações. Frequentemente a média da prova é o item mais utilizado, com um valor aceitável quando entre 0,6 e 0,9, entretanto o índice de dificuldade e discriminação auxilia em uma análise mais aprofundada de cada questão isoladamente. Objetivos: Avaliar as provas do Concurso de Residência Médica, da UFRN, para as áreas de acesso direto nos anos de 2011 a 2015. Foram analisadas as provas de Residência Médica dos anos de 2011 a 2015, as médias da nota a cada ano variaram de 58,0 a 65,6, bem como a quantidade de candidatos; todas as 100 (cem) questões de cada ano da Prova de Residência Médica (2011-2015) totalizando 500 (quinhentas) questões e classificadas de acordo com o índice de dificuldade e discriminação, e a seguir foi analisada ano a ano e especialidade por especialidade. Nesse trabalho encontramos 45,2% de questões com índice de facilidade moderada, 10,2% fáceis e 41,2% difíceis, e 3,4% foram anuladas. A prova de seleção para a Residência Médica da UFRN, possui uma boa média, entretanto algumas questões não conseguem cumprir a sua função de selecionar melhor os candidatos devendo passar por uma revisão para que sua função de seleção dos candidatos mais aptos seja alcançada.
URI: http://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/21382
Aparece nas coleções:MPEENSA - Mestrado Profissional em Ensino na Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
EduardoDBF_DISSERT.pdf53,37 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.