Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21776
Título: Avaliação do laço mãe e bebê: elaboração e construção de instrumento e estudos de evidência de validade
Autor(es): Oliveira, Adriana de
Palavras-chave: Relação mãe-bebê;Instrumento;Avaliação
Data do documento: 12-Ago-2016
Citação: OLIVEIRA, Adriana de. Avaliação do laço mãe e bebê: elaboração e construção de instrumento e estudos de evidência de validade. 2016. 201f. Tese (Doutorado em Psicologia) - Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: This is a multi-methods research, with the objective of studying the establishment of the mother and baby relationship, and build a verification tool of it from the maternal perspective. The thesis is composed by three studies: the first one aimed to characterize the content of the mothers' perception about the relationship between mother and baby, through six interviews with mothers of different educational attainment. The contents of the interviews were treated by Lexical Analysis of the Alceste software, verifying three classes, 55% (Class 1), 26% (Class 2) and 19% (class 3) of the corpus, suggesting a focus of attention on the basic care. The maternal educational attainment may be an intervening factor in motherhood, and in the mother’s dynamics with her baby, influencing both the bond narrative style as the form of care. In the second study, the objective was to design and build an instrument to assess the mother and child relationship from the maternal perspective. One started from theoretical and empirical sources in order to identify and characterize the construct Mother and Baby Bond in dynamic-relational aspects. One developed an instrument of 92 items with dichotomous alternatives given to mothers of babies up to 18 months. The results generated an instrument that includes the main manifestations of child development in four periods from zero to 18 months. The third study sought to verify, through the Principal Component Analysis (PAF), the factor structure of the instrument highlighting 34 factors about the child development processes, and their maternal perception. Although the generated factors are promising, it was decided to maintain the theoretical dimensions originally proposed that served as headquarters for the organization of items. Reliability presented an acceptable index for the questionnaire concerning the baby (KR- 20 0.92) and the relevant issues to mother (KR-20 0.71). As conclusion, there is the possibility of following this work, with a view to further researches, in order to come to be effectively used as an instrument for early intervention.
metadata.dc.description.resumo: Trata-se de uma pesquisa multi-métodos e tem por objetivo geral estudar o estabelecimento da relação mãe e bebê e construir um instrumento de verificação deste a partir da perspectiva materna. A tese está composta por 3 estudos, o primeiro buscou caracterizar o conteúdo da percepção das mães sobre a relação mãe e bebê, por meio de seis entrevistas em profundidade com mães de distintas escolaridades. Os conteúdos das entrevistas foram tratados pela Análise Lexical do software Alceste, verificando-se três classes, 55% (classe 1), 26% (classe 2) e 19% (classe 3) do corpus, que sugerem um foco de atenção voltado aos cuidados básicos; podendo ser a escolaridade materna um fator interveniente na maternagem e na dinâmica da mãe com seu bebê, influenciando tanto a narrativa de estilo do laço quanto a forma do cuidado. No estudo 2 o objetivo foi elaborar e construir um instrumento para avaliar a relação mãe e bebê a partir da perspectiva materna. Partiu-se de fontes teórico-empíricas com o propósito de identificar e caracterizar o construto Laço Mãe e Bebê nos aspectos dinâmico-relacionais. Elaborou-se um instrumento de 92 itens com alternativas dicotômicas administrado à mães de bebês de até 18 meses. Os resultados geraram um instrumento que contempla as principais manifestações do desenvolvimento infantil em 4 períodos de 0 a 18 meses. O estudo 3 buscou verificar por meio da Análise de Componentes Principais (PAF) a estrutura fatorial do instrumento e evidenciou-se 34 fatores sobre os processos de desenvolvimento infantil e a percepção materna destes. Apesar de os fatores gerados serem promissores, optou-se em manter as dimensões teóricas inicialmente propostas que serviram de matriz para a organização dos itens. A confiabilidade apresentou um índice aceitável para o questionário relativo ao bebê (KR-20 0,92) e para as questões pertinentes a mãe (KR-20 0,71). Como conclusão tem-se a possibilidade da sequência deste trabalho, com vistas a ulteriores investigações, a fim de vir a ser efetivamente utilizado como um instrumental para a intervenção precoce.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21776
Aparece nas coleções:PPGPSI - Doutorado em Psicologia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AdrianaDeOliveira_TESE_unprotected.pdf3,09 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.