Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21813
Título: Zoneamento da dinâmica costeira - aplicação de geotecnologias em apoio à gestão costeira integrada na praia Atalaia-PA e trecho de praias entre os municípios de Guamaré e Macau-RN
Autor(es): Busman, Débora Vieira
Palavras-chave: Vulnerabilidade socioambiental;Gestão costeira;Erosão;Risco a inundação
Data do documento: 4-Mar-2016
Citação: BUSMAN,Débora Vieira. Zoneamento da dinâmica costeira - aplicação de geotecnologias em apoio à gestão costeira integrada na praia Atalaia-PA e trecho de praias entre os municípios de Guamaré e Macau-RN. 2016. 185f. Tese (Doutorado em Geodinâmica e Geofísica) - Centro de Ciências Exatas e da Terra, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: Climate change on the coastal zone causes impacts such as inundation, coastal erosion, storm surges and heatwaves and have resulted in millions of dead, billions of injured people and billions of dolars in economic losses. Brazil is among the top ten countries affected by climate change and the North and Northeast regions will suffer most of the impacts. In order to study the socioeconomic vulnerability of coastal counties of Macau and Guamaré/RN (NE of Brazil) and Salinópolis/PA (N of Brazil), which are exposed to different environmental and social-economics dynamics, were applied four indexes of Socioeconomic Vulnerability. Guamaré was the county with highest vulnerability in the first three methods and Salinópolis was the most vulnerable in the fourth method. Therefore, the economic profit obtained with industries installed in Macau and Guamaré is not generating greater social development, then the services sector of Salinópolis. This research also identified which variables would be used in physical vulnerability index, and reduced the subjectivity in the choice of them. The coastal counties of Macau and Guamaré feature multiple conflicts of land use/land cover since the main economic activities consist in the oil and gas industries, salt and shrimp farming, and wind power installed in segments of great environmental susceptibility to climate change impacts. Salinópolis had greater coastal vulnerability because haven‘t sustainable shoreline management policies, and the shoreline is partially occupied by houses where the coastal dynamics are strong, resulting in constantly spent on coastal protection. The areas under greatest risk and criticality to flooding were the urban areas, where are the main economic activities, and mangrove areas. Projections indicated that in these counties hundreds to thousands of people will be at flooding risk until 2100, resulting in environmental and socio-economic losses at hundreds or even millions of dollars. These results may support the decision-making process for environmental managers and tested methods are replicable in both coastal as inner couties.
metadata.dc.description.resumo: Impactos causados por mudanças climáticas na zona costeira, como inundação, erosão costeira, tempestades extremas e ondas de calor, têm resultado em milhares de mortos, bilhões de feridos e bilhões de euros em perdas financeiras. O Brasil está entre os dez países mais afetados por mudanças climáticas e as regiões norte e nordeste do país sofrerão os maiores impactos. Para estudar a vulnerabilidade social dos municípios costeiros de Macau e Guamaré/RN (NE do Brasil) e Salinópolis/PA (N do Brasil), sujeitos a diferentes dinâmicas ambientais e socioeconômicas, foram aplicados 4 métodos de análise de Vulnerabilidade Social. Os índices de vulnerabilidade social indicaram que os municípios estudados tiveram melhorias socioeconômicas nas últimas décadas, mas ainda apresentam média vulnerabilidade social. Guamaré foi, em geral, o município com maior vulnerabilidade social e Macau o menor. Portanto, o incremento econômico resultante do setor industrial em Macau e Guamaré não está subsidiando melhorias sociais maiores que o setor de serviços em Salinópolis. Este estudo também permitiu identificar com base estatística e matemática quais variáveis devem constar em análises de vulnerabilidade física do meio ambiente, além de facilitar o processo decisório por diminuir a subjetividade em análises de vulnerabilidade física, tanto na escolha do método quanto das variáveis ambientais. O método com resultado mais pessimista foi o Vulnerabilidade Ambiental Relativa ao Uso do Solo e à Distância da Linha de Costa (VULC) para Macau e Guamaré e o Vulnerabilidade Ambiental Relativa (VR) para Salinópolis. Para todos os municípios, o método com resultado mais otimista foi o Vulnerabilidade Ambiental à Erosão e Inundação Costeira (VEIC), que apresentou áreas de hot spot ao aumento relativo do nível médio do mar. Os municípios costeiros de Macau e Guamaré apresentaram múltiplos conflitos de uso e ocupação do solo devido as principais atividades econômicas consistirem nas indústrias do petróleo e gás, carcinicultura, salinicultura e eólica instaladas em setores de grande susceptibilidade ambiental a impactos decorrentes de mudanças climáticas. Enquanto Salinópolis apresentou maior vulnerabilidade costeira relacionado à má gestão de uso da sua orla, que em parte foi ocupada por casas de segundas-residências em local de forte dinâmica erosiva, gerando onerosos gastos com obras de “contenção” à erosão. Em todos os municípios, as áreas de maior risco e criticidade à inundação foram a zona urbana, áreas onde estão situadas as atividades econômicas principais e as áreas de manguezal. Projeções nestes municípios indicaram que centenas a milhares de pessoas estarão sob risco de inundação até 2100, gerando perdas ambientais e socioeconômicas na ordem de até centenas de milhões de dólares. Estes resultados podem subsidiar o processo decisório para gestores ambientais e os métodos testados são replicáveis tanto em municípios costeiros quanto interiores.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/21813
Aparece nas coleções:PPGG - Doutorado em Geodinâmica e Geofísica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DeboraVieiraBusman_TESE.pdf9,24 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.