Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22188
Título: Caracterização físico-químicas do óleo da semente de faveleira (Cnidoscolus quercifolius) e avaliação das propriedades bioativas da semente, do óleo e da torta
Autor(es): Ribeiro, Penha Patrícia Cabral
Palavras-chave: Atividade bioativa;Cnidoscolus quercifolius;Coproduto de prensagem;Óleo vegetal;Semente oleaginosa
Data do documento: 11-Nov-2016
Citação: RIBEIRO, Penha Patrícia Cabral. Caracterização físico-químicas do óleo da semente de faveleira (Cnidoscolus quercifolius) e avaliação das propriedades bioativas da semente, do óleo e da torta. 2016. 65f. Dissertação (Mestrado em Nutrição) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: The faveleira (Cnidoscolus quercifolius) has oilseeds that can be used for obtaining vegetable oil. One way of obtaining oil is by cold pressing, in which to get the oil and the by-product, herein named press cake. The seed and its derivatives have potential for use in human food, therefore, this work focuses on the physicochemical evaluation of faveleira oil, as well as it investigates the bioactive properties of faveleira seeds, faveleira oil and the press cake obtained during the oilseed processing. The seeds were cold pressed and the following tests were performed: physicochemical characteristics (acidity, peroxide values, moisture, volatile matter, density and viscosity) and fatty acid profile of faveleira oil; total phenolic content and total flavonoid content of faveleira seed and press cake; antibacterial activity and antioxidant activity (DPPH radical scavenging activity, reducing power assay, total antioxidant capacity, superoxide radical scavenging assay and oxygen radical absorbance capacity) of seed, oil and press cake. Acidity (0.78 ± 0.03% oleic acid), peroxide values (1.13 ± 0.12 mEq/1000g) and moisture (0.25 ± 0.03%) are low; and density (0.9136 ± 0.00 g/cm3) and viscosity (0.0546 ± 0.00 Pa.s) are close to what was observed for others edible oil. Unsaturated fatty acids are predominant in faveleira oil (72.42%). The most abundant fatty acid found was linoleic acid (53.56%), followed by oleic acid (17.78%). The seed and press cake has high amount of total phenolic content (324.92 ± 6.69 mg EAG/100 g and 398.89 ± 6.34 mg EAG/100 g, respectively), including flavonoid content (18.70 ± 1.23 mg RE/g and 29.81 ± 0.71 mg RE/g, respectively). The press cake has higher amounts of bioactive compounds than seed. No bacterial growth inhibition was detected, but all samples including faveleira seeds, press cake, oil and its fractions have potent antioxidant activities, mainly the press cake, with oxygen radical absorbance capacity of 28.39 ± 4.36 μM TE/g. Our results also show that faveleira oil has potential to be used as edible oil and the press cake should be used to contain the most antioxidants from seed.
metadata.dc.description.resumo: A faveleira (Cnidoscolus quercifolius) possui sementes oleaginosas que podem ser utilizadas para obtenção de óleo vegetal. Uma das formas de obtenção do óleo é por meio da prensagem a frio, processo no qual, obtém-se, também, um coproduto chamado de torta. A semente e seus derivados têm potencial para ser utilizados na alimentação humana, e em virtude disso, o presente trabalho objetivou avaliar as características físico-químicas do óleo da semente de faveleira e investigar as propriedades bioativas da semente, da torta e do óleo. Para tanto, as sementes foram prensadas e as seguintes análises foram realizadas: caracterização físico-química (ácido graxo livre, índice de peróxido, umidade e matéria volátil, densidade e viscosidade) e perfil lipídico do óleo; conteúdo fenólico total e flavonoides totais na semente e na torta; atividade antibacteriana e atividade antioxidante (atividade de inibição do radical DPPH, teste do poder redutor, capacidade antioxidante total, sequestro do íon superóxido e capacidade de sequestro dos radicais oxigenados) na semente, no óleo e na torta. O óleo da semente de faveleira tem baixa acidez (0,78 ± 0,03% ácido óleo), baixo índice de peróxido (1,13 ± 0,12 mEq/1000g), baixa umidade (0,25 ± 0,03%) e valores de densidade (0,9136 ± 0,00 g/cm3) e viscosidade (0,0546 ± 0,00 Pa.s) comparáveis aos de outros óleos comestíveis. Esse óleo tem ainda, predominância de ácidos graxos insaturados (72,42%), principalmente os ácidos linoleico (53,56%) e oleico (17,78%). A semente de faveleira e a torta apresentaram quantidade considerável de conteúdo fenólico total (324,92 ± 6,69 mg EAG/100 g e 398,89 ± 6,34 mg EAG/100 g, respectivamente), incluindo os flavonoides totais (18,70 ± 1,23 mg RE/g e 29,81 ± 0,71 mg RE/g, respectivamente), sendo a torta aquela que apresentou maiores quantidades desses compostos bioativos. As amostras não apresentaram atividade antibacteriana, entretanto apresentaram atividade antioxidante, principalmente a torta, com capacidade de sequestro dos radicais oxigenados de 28,39 ± 4,36 μM TE/g. Sendo assim, o óleo da semente de faveleira obtido por prensagem a frio tem potencial para ser utilizado na alimentação humana e o coproduto da prensagem também deve ser aproveitado por conter a maioria dos compostos antioxidantes da semente.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22188
Aparece nas coleções:PPGNUT - Mestrado em Nutrição

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PenhaPatriciaCabralRibeiro_DISSERT.pdf1,55 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.