Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22216
Título: Caracterização de compósito epóxi/tecido de pet pós-consumo
Autor(es): Ribeiro, Fernanda Alves
Palavras-chave: Tecido de PET;Compósito polimérico;Epóxi;Reciclagem
Data do documento: 11-Out-2016
Citação: RIBEIRO, Fernanda Alves. Caracterização de compósito epóxi/tecido de pet pós-consumo. 2016. 112f. Tese (Doutorado em Engenharia Mecânica) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016.
Resumo: There is no doubt whatsoever that the widest consumption of polyethylene terephthalate (PET) bottle grade is a unique chapter among the resins produced in Brazil. Although the country is able to recycle more than a half of all PET production, the number of such material for bottle fabrication is still very high. It is important to remark that, though all benefits of PET resin uses in uncountable applications and under many processes; alternatives to its reuse throughout recycling dynamics must be developed. Thus, this work aims at evaluating the application of PET fabric coming from the process of bottle recycling polymeric composite reinforcements. In order to do so, after a preliminary characterization of the PET fabric by textile tests (Grammage determination; Tear propagation resistance; Tensile strength and elongation resistance), laminated polymeric composite with epoxy matrix as well as different fractions of fabric for checking and analysis of their main physicochemical, mechanical and thermal properties were engendered. The following tests were performed with the resin and with laminated composite: Density, Water absorption; Moisture content; Uniaxial tensile; Three point flexural test; Compression; Hardness; TG; DMA and Fracture analysis. By analyzing the results, it was noticed that the increase of fabric layers provide a resistance and compression gain to the composite, and it also increases the material viscoelastic stiffness, at the same time as its flexural strength is diminish. It was also noticed that its water absorption capacity was diminished. Nevertheless, its hardness and density properties did not present meaningful variation with the PET addition. The P90 setting with the highest content of PET fabric in the laminate presented itself as having the best results in the tests. Therefore the use of PET fabric presents attracting aspects to entrepreneurship. P90 configuration used as polymeric composite reinforcements were the one to present the best results. Such material brings socio-economical reflexions directly linked to the improvement of livelihood, natural resources economy and offset environment problems.
metadata.dc.description.resumo: O consumo esmagador de Polietileno tereftalado (PET) grau garrafa constitui capítulo à parte entre as resinas produzidas no Brasil. Embora o país consiga reciclar mais da metade da produção de PET, ainda é muito elevado o volume deste material em forma de garrafas. Salienta-se que, apesar do benefício da resina PET poder ser utilizada em inúmeras aplicações e sob diversos processos, é necessário desenvolver alternativas de seu reuso na via de reciclagem. Nesta vertente, o objetivo da pesquisa foi avaliar a aplicação do tecido de pet, oriundo do processo de reciclagem das garrafas, como reforço de compósitos poliméricos. Para tanto, na metodologia utilizada, após a preliminar caracterização do tecido de pet via ensaios têxteis (Determinação de gramatura; Resistência à propagação ao rasgo; Resistência à tração e alongamento), confeccionou-se laminados compósitos poliméricos com matriz epóxi e diferentes frações de tecido para a verificação e análise de suas principais propriedades físico-químicas, mecânicas e térmicas. Os seguintes ensaios foram realizados nos corpos de prova de resina e laminado compósito: Densidade; Absorção de água; Teor de umidade; Tração uniaxial; Flexão em três pontos; Compressão; Dureza; TG; DMA e Análise de fratura. A análise dos resultados evidenciou que o incremento de camadas de tecido propicia ao compósito o aumento nas resistências à tração e à compressão; além do que, eleva a rigidez viscoelástica do material, ao passo que diminui a resistência à flexão. Observou-se também que as camadas de tecido de PET diminuem o teor de umidade do compósito, bem como a sua capacidade de absorção de água. Contudo, as propriedades Dureza e Densidade não apresentaram variação significativa com a inclusão do tecido de PET. A configuração P90, com o máximo teor de tecido de PET no laminado, exprimiu-se como a de melhor desempenho frente aos ensaios realizados. Deste modo, a utilização do tecido PET evidencia aspectos atraentes para as iniciativas empresariais do setor. A composição P90, como reforço de compósito polimérico, foi a que apresentou melhor resultado. Esse material trás reflexos socio-econômicos diretamente relacionados com a melhoria da qualidade de vida da população, geração de renda, economia de recursos naturais e atenuação de problemas ambientais.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/22216
Aparece nas coleções:PPGEM - Doutorado em Engenharia Mecânica

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
FernandaAlvesRibeiro_TESE.pdf4,84 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.