Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23837
Title: As bandeirinhas de Touros/RN: tradição e educação sensível
Authors: Carvalho, Cecília Brandão
Keywords: Bandeirinhas;Tradição;Educação;Estesia
Issue Date: 25-Apr-2017
Citation: CARVALHO, Cecília Brandão. As bandeirinhas de Touros/RN: tradição e educação sensível. 2017. 159f. Dissertação (Mestrado em Educação) - Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2017.
Abstract: The present work focus on the esthesiological experience in the context of the Bandeirinhas of Touros/RN and its relationship with Education, aiming to describe the Bandeirinhas of Touros/RN by focusing on the aesthetic and symbolic aspects that regard them as a manifestation of the norte-rio-grandense tradition; identify modes of organization of this cultural manifestation by considering its social context and the participants' esthesiological experience; and discuss how this cultural production is an educational phenomenon. The research is based on the ideas of Merleau-Ponty's phenomenology of experience, aesthetics and reversibility of the senses, the concepts of tradition according to Almeida and sensitive education according to Viana, Medeiros and Vieira, while dialoguing with Zumthor, Eliade, Porpino, Nóbrega, Chianca, among others. From a methodological standpoint, the work is based on the Merleau-Ponty's phenomenology, used to understand the aesthetic and symbolic knowledge unveiled by the experience of the women participating in the Bandeirinhas. Written and imagetic data were collected through interviews with the participants and through participant observation by the researcher. The dissertation is organized as follows: chapter 1 presents an overview of the Bandeirinhas by discussing its historical and aesthetic paths during the celebration of festa junina in Touros/RN; chapter 2 describes the preparation, the party and the festive processional - moments in which the Bandeirinhas organize and collectively share their aesthetic experiences; chapter 3 presents three aspects by which the Bandeirinhas can be recognized as an educational phenomenon. Furthermore, we discuss old age and prejudice experienced by elderly women who make up the Bandeirinhas, the interface of orality and writing mediated by the memories of these women, and the esthesiological meaning of this traditional celebration as a way of educating through the senses. In conclusion, knowing and recognizing the Bandeirinhas by their aesthetic and symbolic aspects may bring forth other ways of looking at this tradition as social practice and education by acknowledging it as cultural learning and a way of dynamic maintenance of aesthetic sharing.
Portuguese Abstract: A presente dissertação tem como objeto a experiência estesiológica no contexto das Bandeirinhas de Touros/RN e sua relação com a educação, objetivando descrever as Bandeirinhas de Touros/RN com foco nos aspectos estéticos e simbólicos que as constituem como uma manifestação da tradição norte-rio-grandense; identificar modos de organização dessa manifestação cultural, considerando o seu contexto social e a experiência estesiológica das participantes; e discutir de que modo essa produção da cultura constitui um fenômeno educativo. A pesquisa baseia-se nas noções de experiência, estesia e reversibilidade dos sentidos, a partir da fenomenologia de Merleau-Ponty, dos conceitos de tradição em Almeida e de educação sensível, conforme Viana, Medeiros e Vieira, articulando diálogos também com Zumthor, Eliade, Porpino, Nóbrega, Chianca, entre outros. Do ponto de vista metodológico, o trabalho apoia-se na fenomenologia de Merleau-Ponty, para compreensão dos saberes estéticos e simbólicos desvelados pela experiência das mulheres participantes das Bandeirinhas; os registros escritos e imagéticos são realizados a partir de entrevistas com as brincantes e da participação e observação da festa pela pesquisadora. A dissertação está organizada em três capítulos: o primeiro presenta uma contextualização das Bandeirinhas, aborda trajetos históricos e estéticos de sua existência, situada no município de Touros/RN e no período de realização dos festejos juninos; o segundo capítulo trata da descrição da manifestação com destaque em três momentos – o preparo, a festa e o cortejo –, em que as Bandeirinhas organizam e compartilham suas experiências estéticas coletivamente; e, o terceiro apresenta três aspectos pelos quais as Bandeirinhas podem ser reconhecidas como fenômeno educativo, assim, discute-se sobre a velhice e a resistência a preconceitos relacionados a esse universo pelas senhoras que compõem as Bandeirinhas, as relações entre oralidade e escrita mediadas pelas recordações das brincantes, e o sentido estesiológico da festa, que faz manter uma tradição como modo de educar pelos sentidos. Conclui-se que conhecer e reconhecer as Bandeirinhas a partir de seus aspectos estéticos e simbólicos pode concorrer para a produção de outros modos de olhar esse folguedo como uma prática social e como educação, entendendo esta como aprendizagem da cultura e manutenção dinâmica da partilha estética.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/23837
Appears in Collections:PPGED - Mestrado em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CeciliaBrandaoCarvalho_DISSERT.pdf4,57 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.