Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24433
Title: O Princípio responsabilidade como avaliação das políticas em ciência e tecnologia
Other Titles: The principle responsibility as evaluation of policies in science and technology
Authors: Miranda, Angela Luzia
Sulino, Maria Renata de Castro
Keywords: Ética da responsabilidade;Políticas públicas;Ciência e tecnologia;Agricultura
Issue Date: Jan-2017
Publisher: Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Citation: MIRANDA, Angela Luzia; SULINO, Maria Renata de Castro.O princípio responsabilidade como avaliação das políticas em ciência e tecnologia. Textos & Contextos (Porto Alegre), v. 16, n. 1, p. 244-261, jan/jun 2017. Disponível em: <http://dx.doi.org/10.15448/1677-9509>. Acesso em: 16 out. 2017.
Abstract: The ideal of science played by modernity and ratified by Positivism, whose knowledge should be built under the aegis of the neutrality and objectivity of the scientific method and whose technology’s meaning should be restricted to the merely instrumental, this led us to the belief that both science and technique mustdistance itself from the evaluative scope of the ethic and social dimension. In these terms, the decisions, regarding policies on science and technology, also it began to acquire such a claim, disregarding the local culture. This problematic, rather than scientific or political, is also ethical. This paper analyses, therefore, the policy application in science and technology based on the ethics of responsibility of Hans Jonas, using as an illustrative the cultivation of irrigated fruit crops in Ipanguaçu/RN. Of exploratory and qualitative feature, this study uses the literature (Jonas, Shiva, Herrera, Albano, etc.) and field research to collect data
Portuguese Abstract: O ideal da ciência, protagonizado pela modernidade e ratificado pelo Positivismo, cujo conhecimento deva ser construído sob a égide da neutralidade e da objetividade do método científico e cujo significado de tecnologia deva restringir-se ao meramente instrumental, levou-nos à crença de que tanto a ciência quanto a técnica devem se distanciar do âmbito valorativo da ética e da dimensão social. Assim, as decisões, no que tange às políticas em ciência e tecnologia, também passaram a adquirir tal pretensão, menosprezando a cultura local. Essa problemática, mais que científica ou política, é também ética. Este trabalho analisa, portanto, a avaliação das políticas em ciência e tecnologia, com base na ética da responsabilidade de Hans Jonas, utilizando como caráter ilustrativo a fruticultura irrigada na região de Ipanguaçu/RN. De caráter exploratório e qualitativo, este estudo se utiliza da pesquisa bibliográfica (Jonas, Shiva, Herrera, Albano, etc.) e de campo para a coleta de dados
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/24433
ISSN: 1677-9509
Appears in Collections:ECT - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
OPrincípioResponsabilidade_2017.pdf687,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.