Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/26541
Title: Efetividade de um programa de educação nutricional na qualidade de vida de idosos da Estratégia Saúde da Família
Authors: Torres, Neidjany Patrícia Lima
Keywords: Saúde do idoso;Estratégias;Qualidade de vida;Educação alimentar e nutricional
Issue Date: 29-Nov-2018
Citation: TORRES, Neidjany Patrícia Lima. Efetividade de um programa de educação nutricional na qualidade de vida de idosos da Estratégia Saúde da Família. 2018. 60f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Portuguese Abstract: Objetivo:o presente estudo buscou elaborar e verificar a efetividade de um programa de educação nutricional na qualidade de vida de idosos vinculados à Estratégia Saúde da Família. Métodos:estudo de intervenção longitudinal com abordagem quantitativa. Participaram 118 idosos cadastrados na Estratégia Saúde da Família (ESF) em Natal/ RN e Santa cruz/ RN, que foram divididos em dois grupos: intervenção e controle. A coleta de dados aconteceu de dezembro de 2015 a dezembro de 2016. Utilizou-se para coleta dos dados o questionário sociodemográfico, Mini Exame do Estado Mental (MEEM), ShortForm SF -36 e a Mini Avaliação Nutricional (MAN), no primeiro (antes das intervenções) e segundo momentos (após as intervenções). Foram planejadas quatro intervenções, contemplando as demandas, aliando teoria à prática. A pesquisa foi aprovada pelo comitê de ética em Pesquisa do Hospital Onofre Lopes, CEP/HUOL com o parecer nº 562.318 e CAAE: 21996313.7.0000.5537. Na análise dos dados,utilizou-se estatística descritiva, teste Qui-quadrado, teste de Mann Whitney, teste de Wilcoxon e Correlação de Spearman.Resultados:os idosos eram, na maioria, do sexo feminino, com até 71 anos e renda familiar maior que um salário mínimo. Observou-se que 59,2% dos idosos apresentavam alterações no IMC (excesso de peso/ baixo peso) e segundo a Triagem da MAN, 40,8% estavam sob risco de desnutrição/ desnutrido. O programa de educação nutricional foi composto por 4 intervenções, realizadas em grupo, tempo médio de uma hora e meia, com metodologias ativas. Obteve-se que os presentes nas intervenções apresentaram maiores valores da mediana no segundo momento, nos domínios aspecto funcional (72,5; p=0,045), aspecto físico (100,0;p=0,637), geral de saúde (56,0;p=0,016), função social (100,0;p=0,391), saúde mental (92,0;p=0,010), score total (72,2;p=0,851) e dimensão saúde mental (81,0;p=0,134).Verificaram-se correlações positivas fracas entre o número de participações nas intervenções e os domínios estado geral de saúde (r=0,334;p=0,009), escore total (r=0,285;p=0,027), aspecto físico(r=0,277;p=0,032), função social (r=0,262;p=0,043), bem como na dimensão saúde mental (r=0,323;p=0,012) e dimensão física (r=0,308;p=0,017). A correlação negativa foi observada entre o número de participações nas intervenções e o aspecto dor no corpo (r=0,037;p=0,777).Conclusão:percebeu-se que a participação nas intervenções nutricionais proporcionou efeitos positivos para o estado geral de saúde, aspectos físicos, função social e saúde mental dos idosos, proporcionando uma melhora na saúde e qualidade de vida dos envolvidos. Tais achados reforçam a importância do desenvolvimento de ações de promoção àsaúde relacionada à área alimentar e nutricional no campo de atuação da ESF.
Abstract: Objective: This study sought to elaborate and to verify the effectiveness of a nutritional education program in the quality of life of elderly people linked to the Family Health Strategy. Methods: Longitudinal intervention study with quantitative approach. It was attended by 118 elderly citizens enrolled in the Family Health Strategy (FHS) in the cities of Natal/RN and Santa Cruz/RN, who were divided into two groups: intervention and control. Data collection took place from December 2015 to December 2016. In order to collect data, we used a sociodemographic questionnaire, the Mini-Mental State Examination (MMSE), the Short-Form SF-36 and the Mini-Nutritional Assessment (MNA), both at the first moment (before the interventions) and at the second moment (after the interventions). We planned four interventions, with a view to contemplating the demands, combining theory with practice. The research was approved by the Research Ethics Committee of the Onofre Lopes Hospital (CEP/HUOL), with the opinion nº 562.318 and CAAE: 21996313.7.0000.5537. Data were analyzed using descriptive statistics, Chi-square test, Mann-Whitney test, Wilcoxon test and Spearman correlation. Results: The elderly citizens were mostly female, aged up to 71 years, and had household income greater than a minimum wage. We observed that 59.2% of the elderly individuals showed changes in BMI (overweight /underweight); and according to the MNA Screening Tool, 40.8% were at risk of malnutrition/malnourished. The nutritional education program was composed of four interventions, carried out in groups, with an average time of one and a half hours, with active methodologies. We obtained that the intervention participants showed higher values of the median at the second moment in the domains of functional aspect (72.5; p=0.045), physical aspect (100.0; p=0.637), general health status (56.0; p=0.016), social function (100.0; p=0.391), mental health (92.0; p=0.010), total score (72.2; p=0.851) and mental health dimension (81.0; p=0.134). We noted weak positive correlations between the number of participations in the interventions and the domains of general health status (r=0.334; p=0.009), total score (r=0.285; p=0.027), physical aspect (r=0.277; p=0.032), social function (r= 0.262; p=0.043), as well as in the mental health dimension (r=0.323; p=0.012) and in the physical dimension (r=0.308; p=0.017). The negative correlation was observed between the number of participations in the interventions and the aspect related to body pain (r=0.037; p=0.777). Conclusion: We perceived that the participation in nutritional interventions has provided positive effects for the general health, physical aspects, social function and mental health of the elderly citizens, thereby providing an improvement in the health and quality of life of those involved. These findings reinforce the importance of the development of health promotion actions related to the food and nutrition areas in the coverage of FHS.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26541
Appears in Collections:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Efetividadeprogramaeducação_Torres_2018.pdf693,07 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.