Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26662
Título: Bioinformática aplicada ao desenvolvimento de estratégias de prognóstico e tratamento do câncer: estudos na prospecção de alvos terapêuticos, antígenos tumorais e na dinâmica de resposta a drogas
Autor(es): Faustino, André Luís Fonseca
Palavras-chave: Proteínas de superfície;Imunoterapia;Antígenos tumorais e resistência a droga
Data do documento: 1-Nov-2018
Referência: FAUSTINO, André Luís Fonseca. Bioinformática aplicada ao desenvolvimento de estratégias de prognóstico e tratamento do câncer: estudos na prospecção de alvos terapêuticos, antígenos tumorais e na dinâmica de resposta a drogas. 2018. 80f. Tese (Doutorado em Bioinformática) - Instituto Metrópole Digital, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2018.
Abstract: Essentially, cancer research is a field that covers several branches, which expanding from basic to translational research, including cancer characterization, as well as, clinical trials and therapeutic development. Regardless, the cancer research has been focusing on cancer diagnosis, prognosis, treatment and, ultimately into the patient cure. In this context, the cancer bioinformatics can be defined as a powerful resource by integrating public data and, consequently, allowing the advancement of clinical applications. For instance, into the development of approaches to treat cancer, such as drug discovery and, recently into the immunotherapeutic strategies. In this work, we present distinct approaches to understand the cancer biology focusing on cancer treatment and, mainly, into prognosis prediction. Furthermore, all chapters cover different aspects into clinical applications, such as survival outcome prediction, opportunities for new immunological treatment, and drug resistance. The first chapters’ present extensive gene catalogs associated with i) cell surface markers, and ii) cancer/testis antigens (CTAs). Furthermore, we discuss the effect of gene signatures into prognosis status. As result, we present three-gene signatures associated with poor prognosis in breast cancer patients. On another hand, also have been shown a discussion about the development of new immunotherapy strategies based on multiple-CTAs vaccines. Particularly, we have shown how the CTAs signatures composed by HEATR9, INSL3, GTSF1L, and HSF5 are associated with good prognosis status in patients with melanoma. Finally, we present a methodology focusing on posttranscriptional regulation that integrates genotype information, expression data, and drug concentration to evaluate the treatment resistance/sensitivity using cell-line/patient data. In conclusion, were presented three independent approaches to improving cancer treatment, that can be used by combining or not the cell surface prognosis markers, drug response predictor and cancer vaccines. Also, as other important products were produced two international articles and, currently, an in-progress patent.
Resumo: Essencialmente, a pesquisa do câncer é um campo que envolve vários ramos, abrangendo a compreensão da biologia do câncer, design de drogas e desenvolvimento terapêutico. De maneira geral, a pesquisa contra o câncer está concentrada no diagnóstico, prognóstico, tratamento e, finalmente, na cura do paciente. Nesse contexto, a bioinformática do câncer surge como um poderoso recurso, integrando dados públicos e, consequentemente, permitindo o avanço de aplicações clínicas. Têm-se como exemplo, o desenvolvimento de abordagens para tratamento, a descoberta de novas drogas e também, recentemente, de estratégias imunoterapêuticas. Neste trabalho, apresenta-se abordagens distintas para compreender a biologia do câncer com foco no seu tratamento e, principalmente, na predição do prognóstico. Cada capítulo mostra diferentes aplicações clínicas como, a previsão de resultados de sobrevida, oportunidades para novos tratamentos imunológicos e resistência a drogas. Nos capítulos iniciais são apresentados catálogos extensivos de genes associados a: i) marcadores de superfície de celular e ii) antígenos de câncer/testículo (CTAs). Em particular, foi demonstrado o efeito de assinaturas gênicas compostas por essas categorias, na predição do status de prognóstico em pacientes com câncer. Em um segundo momento, foi discutido o desenvolvimento de novas estratégias de imunoterapia baseadas em vacinas, combinando múltiplos CTAs. Particularmente, discute-se como as assinaturas de CTAs compostas por HEATR9, INSL3, GTSF1L e HSF5 melhoram o status de prognóstico em pacientes com melanoma. Por último, apresentamos uma metodologia com foco na regulação póstranscricional, a qual integra informação genotípica, dados de expressão e concentração de drogas para avaliar a resistência/sensibilidade do tratamento, utilizando dados de linhagem celular e de pacientes. Como conclusão, foram apresentadas três abordagens independentes para melhorar o tratamento do câncer, que podem ser usadas combinando ou não, os marcadores de prognóstico da superfície celular, o preditor de resposta a drogas e as vacinas contra o câncer. Ainda, como outros produtos importantes, são mencionados dois artigos publicados em períodos internacionais, bem como, uma patente em andamento.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/26662
Aparece nas coleções:PPGBIONF - Doutorado em Bioinformática

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Bioinformáticaaplicadadesenvolvimento_Faustino_2018.pdf3 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.