Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/28367
Title: Aferência retiniana e caracterização citoarquitetônica do complexo pulvinar do sagui (Callithrix jacchus): uma análise comparativa entre adultos e idosos
Authors: Mendonça, Rayane Bartira Silva do Nascimento
Keywords: Projeção retiniana;CTb;Imunoistoquímica;Pulvinar;Callithrix jacchus
Issue Date: 30-Sep-2019
Citation: MENDONÇA, Rayane Bartira Silva do Nascimento. Aferência retiniana e caracterização citoarquitetônica do complexo pulvinar do sagui (Callithrix jacchus): uma análise comparativa entre adultos e idosos. 2019. 152f. Tese (Doutorado em Psicobiologia) - Centro de Biociências, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019.
Portuguese Abstract: O complexo pulvinar desempenha um papel fundamental no processamento e transmissão de informações entre áreas corticais. Este complexo recebe entradas de várias áreas dos principais sistemas sensoriais, assim como do córtex, e se projeta para áreas de associação do córtex cerebral sendo considerado dessa forma como um complexo associativo. Essa estrutura não é identificável em roedores ou em outros pequenos mamíferos. No entanto, em primatas o complexo pulvinar ocupa grande parte do tálamo e é um componente do sistema visual subcortical, visto que este recebe aferências da retina e colículo superior e apresenta conexões recíprocas para várias áreas do neocórtex. Classicamente, essa estrutura apresenta quatro subdivisões baseadas na densidade neuronal e distribuição de fibras: inferior, medial, lateral e anterior, sendo as três primeiras envolvidas no processamento visual. A senescência inclui alterações desenvolvidas no organismo de um ser vivo, diretamente relacionadas a sua evolução no tempo, sem nenhum mecanismo de doença reconhecido. Já a senilidade, pode ser definida como condições que afetam o indivíduo no decorrer da vida baseadas em mecanismos fisiopatológicos. Dessa forma, o envelhecimento pode ser caracterizado como um processo biológico de diminuição da função fisiológica que envolve alterações neurológicas associadas ao declínio cognitivo, podendo o indivíduo ser acometido de doenças neurodegenerativas durante o avanço da idade. O sagui (Callithrix jacchus) é um primata do Novo Mundo de hábito diurno e orientação visual que vem sendo utilizado em pesquisas biomédicas em virtude da sua proximidade filogenética com seres humanos. Nosso objetivo foi realizar uma caracterização citoarquitetônica do complexo pulvinar nesta espécie realizando uma análise comparativa entre dois grupos: animais adultos e animais idosos, evidenciando suas subdivisões e identificando a distribuição dos neurônios, terminais axônicos e células gliais nas subdivisões deste complexo. Para tanto foram utilizadas técnicas histoquímica e imunoistoquímica, além de injeção intraocular de traçador neuronal para exibir as subdivisões, distribuição neuronal, células gliais, além de fibras/terminais neste complexo. Todos os experimentos foram aprovados pelo Comitê de Ética em Uso de Animais da UFRN (CEUA-UFRN Nº 009.013/2017). Nossos resultados confirmam a presença de subdivisões no complexo pulvinar em núcleo pulvinar anterior (APul), núcleo pulvinar medial (MPul), núcleo pulvinar lateral (LPul) e núcleo pulvinar inferior (IPul) apresentando este último quatro subnúcleos: pulvinar inferior centrolateral (IPulCL), pulvinar inferior centromedial (IpulCM), pulvinar inferior medial (IPulM) e pulvinar inferior posterior (IPulP). O complexo pulvinar apresentou ao longo da sua extensão rostrocaudal, neurônios imunorreativos à proteína nuclear neuronal específica (NeuN), à proteína ligante de cálcio calbindina (CB), além de células gliais imunorreativas à proteína acídica fibrilar glial (GFAP). Os dados em animais idosos diferem dos animais adultos, visto que os animais idosos apresentam uma menor intensidade de marcação celular à NeuN e à CB e menor intensidade de marcação à GFAP. A presença de fibras/terminais imunorreativos a subunidade b da toxina colérica (CTb) foi bem evidenciada no IPul apenas no subnúcleo medial, contralateral ao olho injetado, caracterizando a presença de projeção direta da retiniana à este núcleo. Nos animais idosos, a projeção retiniana mostra-se discreta quando comparada aos animais adultos. Apesar de ser um estudo de caráter qualitativo, nossos dados apontam diferenças entre animais adultos e idosos sugerindo que o complexo pulvinar pode sofrer uma perda significativa de caráter funcional quanto ao processamento da informação visual.
Abstract: The pulvinar complex plays a key role in the processing and transmission of information between cortical areas. This nucleus receives inputs from various areas of major sensory systems, such as the cortex, and projects to areas of association of the cerebral cortex, and is thus considered as an associative nucleus. This structure is not identifiable in rodents or other small mammals. However, in primates or pulvinar complex it occupies much of the thalamus and is a component of the subcortical visual system as it receives afferences from the retina and superior colliculus and exhibits the necessary notifications for various areas of the neocortex. Classically, this structure has four subdivisions based on neuronal density and fiber distribution: inferior, medial, lateral and anterior, being the first three involved in visual processing. Senescence includes changes in the organism of a living being, directly related to its evolution in time, without any recognized disease mechanism. Senility, on the other hand, can be defined as conditions that affect the individual throughout his life based on pathophysiological mechanisms. Thus, aging can be characterized as a biological process of decreased physiological function that involves neurological changes associated with cognitive decline, and the individual may be affected by neurodegenerative diseases during advancing age. The marmoset (Callithrix jacchus) is one of the New World primates of daytime habit and visual guidance, which is used in biomedical research because of its phylogenetic proximity to humans. Our objective was to perform a cytoarchitectonic characterization of the pulvinar complex in this species by performing a comparative analysis between two groups: adult and elderly animals, showing their subdivisions and identifying a distribution of neurons, axonal terminals and glial cells and subdivisions of this complex. For this purpose, histochemical and immunohistochemical techniques were used, as well as intraocular injection of neuronal tracker to display as subdivisions, neuronal distribution, glial cells, and currently complex fibers/terminals. All experiments were approved by the Animal Use Ethics Committee of UFRN (CEUA-UFRN Nº. 009.013/2017). Our results confirm the presence of subdivisions in the pulvinar complex in the anterior pulvinar nucleus (APul), medial pulvinar nucleus (MPul), lateral pulvinar nucleus (LPul) and inferior pulvinar nucleus (IPul) presenting the latter four subnuclei: inferior pulvinar centromedial (IpulCM), inferior medial pulvinar (IPulM) and posterior inferior pulvinar (IPulP). The pulvinar complex presents along its rostrocaudal extension, immunoreactive neurons to the specific neuronal nuclear protein (NeuN), the calcium binding protein calbindin (CB), besides glial cells immunoreactive to the glial fibrillar acidic protein (GFAP). Data in elderly animals differ from adult animals, as older animals have a lower intensity of cell labeling in NeuN and CB and a lower intensity of labeling in GFAP. The presence of immunoreactive fibers/terminals in the subunit b of the cholera toxin (CTb) was well evidenced in the IPul only in the medial subnucleus, contralateral to the injected eye, characterizing the presence of direct retinal projection in this nucleus. In older animals, a retinal projection shows discrete when compared to adults animals. Despite being a qualitative study, our data indicate differences between adult and elderly animals, suggesting that the pulvinar complex may suffer a significant loss of functional character during the processing of visual information.
URI: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/28367
Appears in Collections:PPGPSICO - Doutorado em Psicobiologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Aferenciaretinianacaracterizacao_Mendonça_2019.pdf11.02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.