Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/30249
Title: Fluxos em transformação: as disputas pelos caminhos dos ônibus nas redes de circulação de Natal/RN (décadas de 1950 e 1960)
Authors: Azevedo, Diego Barreto
Keywords: História urbana;Redes urbanas;Transportes urbanos brasileiros;Agentes urbanos
Issue Date: 15-May-2020
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: AZEVEDO, Diego Barreto. Fluxos em transformação: as disputas pelos caminhos dos ônibus nas redes de circulação de Natal/RN (décadas de 1950 e 1960). 2020. 232f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2020.
Portuguese Abstract: A cidade de Natal/RN esteve inserida no contexto de intensificação das políticas nacionais de transportes a partir de meados do Século XX que priorizaram os veículos motorizados para a circulação no território. Na primeira metade do século, a cidade cresceu em conjunto com as redes férreas, o que conformou determinadas relações de poder de agentes urbanos tradicionais sobre eixos de circulação e centros priorizados. Já em meados do século, os ônibus se consolidaram como principal modal de transporte coletivo para circulação de pessoas na cidade. Tratava-se de uma nova forma de circulação mais flexível para modificar itinerários, origens e destinos. Diante da possibilidade tecnológica de transformação de fluxos, já havia, portanto, uma cidade com organização espacial, política e social instituída. Por esta razão, se questiona: Como a organização da cidade, principalmente, em seus aspectos espaciais e políticos, influenciou na expansão e conformação das redes de ônibus entre 1950 e 1960? Ao considerar que, a exemplo de outros centros, as linhas de ônibus se expandiram para espaços consolidados econômica e politicamente e que, deste modo, os fluxos da cidade são fruto da ordem social e econômica que a compõe, infere-se que os trajetos e conexões dos transportes coletivos motorizados em Natal materializaram a concentração de fluxos em centros de predominância comercial e de serviço anteriormente estabelecidos. Além disso, a implementação de um modal mais flexível e com presença de mais promotores de sua criação e manutenção, fez emergir novos grupos sociais e articulações políticas pela transformação destas redes. No contexto de desenvolvimento das redes técnicas, das mudanças e disputas pelo espaço e articulações políticas a partir da inserção do ônibus como transporte coletivo na cidade de Natal, se busca compreender o papel da estrutura socioespacial da cidade na implementação e desenvolvimento de novos sistemas de transportes coletivos. Para tal se fez uso de fontes de jornais e documentos legislativos, analisando as articulações de atores e agentes urbanos sobre a conformação das redes de circulação, para identificar os argumentos e discursos políticos que influenciaram nestas atuações, no aspecto espacial e na materialização da própria rede no espaço. Neste processo, o Estado aparece como articulador, mediador de tensões sociais e elaborador dos itinerários de transporte ao mesmo tempo que agentes privados tencionaram a disputa destas redes e estas disputas consolidaram determinados espaços na cidade.
Abstract: Natal/RN has intensified and prioritized the use of cars, buses and trucks since the midtwentieth century. While the city had grown with rail networks (whether trains or trams) in the first half of the century, that conformed certain power relations over it, in the middle of the century, buses became the main mode of public transport for movement of people in the city. This research questions: How the organization of this city influenced the expansion of bus networks between 1950 and 1960 decades? Considering that the buses has expanded to already economically and politically consolidated spaces in other cities and that the city flows are the result of the social and economic order that composes it, it is hypothesized that the buses in Natal consolidated the concentration of flows in previously established centralities. Moreover, the implementation of a more flexible modal has allowed new social articulations for the transformation of urban networks. In the context of the development of technical networks, changes and conflicts for space and political articulations from the insertion of buses as public transport in Natal, the objective in this research is to understand the impact of the city's socio-spatial structure in the implementation and development of new transport systems. For this, newspaper and legislative were used documents to identify and analyze the articulations of urban actors and agents on the conformation of the circulation networks, to identify the political arguments and discourses that influenced these performances, the spatial aspect and the materialization of these conflicts in the technical network. As a result, economical central areas has prioritized for urban agents. The bus flow concentrated in the commercial areas.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/30249
Appears in Collections:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fluxostransformacaodisputas_Azevedo_2020.pdf21,15 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.