Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31058
Title: Aspectos institucionais para a adoção da Educação Interprofissional na formação em enfermagem e medicina
Other Titles: Institutional aspects for the adoption of Interprofessional Education in nursing and medical training
Authors: Costa, Marcelo Viana da
Azevedo, George Dantas de
Vilar, Maria José Pereira
Keywords: Educação superior;Instituições acadêmicas;Relações interprofissionais;Education;Interprofessional relations;Schools
Issue Date: 16-Sep-2019
Publisher: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
Citation: COSTA, Marcelo Viana da; AZEVEDO, George Dantas de; VILAR, Maria José Pereira. Aspectos institucionais para a adoção da Educação Interprofissional na formação em enfermagem e medicina. Saúde em Debate, [s. l.], v. 43, n. 1, p. 64-76, 2019. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0103-11042019000500064&tlng=pt. Acesso em: 09 set. 2020. http://dx.doi.org/10.1590/0103-11042019s105
Portuguese Abstract: Os marcos teórico-conceituais e metodológicos da Educação Interprofissional (EIP) em saúde vêm sendo amplamente reconhecidos em todo o mundo como úteis para o desenvolvimento de competências colaborativas para o efetivo trabalho em equipe. O artigo teve como objetivo explorar as percepções de estudantes de enfermagem e medicina sobre os fatores institucionais que interferem na adoção de iniciativas de EIP em seus contextos de formação. Trata-se de um estudo de caso, que adotou a abordagem qualitativa e a perspectiva exploratória. Os participantes da pesquisa foram estudantes de enfermagem e medicina de duas universidades públicas de um estado do Nordeste - uma estadual e outra federal. O grupo focal foi escolhido para coleta de dados, e foi utilizada a técnica de análise de conteúdo categorial, observando as fases de pré-análise, exploração do material e tratamento dos resultados. Três categorias temáticas foram construídas a posteriori: a importância do trabalho em equipe, contextos institucionais para adoção da EIP e desafios para a adoção da EIP. Embora as realidades pesquisadas apresentem avanços nas mudanças curriculares, como a aproximação do ensino com a realidade dos serviços, a adoção de métodos mais ativos para a formação de sujeitos críticos e reflexivos, ainda são notórias as lacunas no desenvolvimento de competências colaborativas
Abstract: The theoretical-conceptual and methodological frameworks of Interprofessional Education in Health (IPE) have been widely recognized throughout the world as useful for the development of collaborative competences for effective teamwork. This article aims to explore the perceptions of nursing and medical students regarding the institutional factors that interfere in the adoption of IPE initiatives in their training contexts. It is a case study, which adopted the qualitative approach and the exploratory perspective. The research participants were nursing and medical students from two public universities from a Brazilian Northeastern state - one state and one federal. The focus group was chosen for data collection, and the categorical content analysis technique was used, observing the phases of pre-analysis, material exploration and treatment of results. Three thematic categories were built a posteriori: the importance of teamwork, the institutional contexts for the adoption of the IPE and challenges for the adoption of the IPE. Although the realities researched present advances in curricular changes, such as the approximation of teaching with the reality of services, the adoption of more active methods for the formation of critical and reflexive subjects, the gaps in the development of collaborative competences are still notorious
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/31058
ISSN: 0103-1104
2358-2898
10.1590/0103-11042019s105
Appears in Collections:CCS - DMC - Artigos publicados em periódicos
EMCM - Artigos publicados em periódicos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
EducacaoInterprofissionalFormacao_Costa_2019.pdf223,86 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons