Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/47222
Title: Avaliação do efeito da microgravidade simulada por um clinostato 2D sobre comportamento de Lemna aequinoctialis
Authors: Santos, John Weslley Lira
Advisor: Scortecci, Katia Castanho
Keywords: Leminoideae;Lemna aequinoctialis;Microgravidade;Clinostato 2D;Antioxidante;Composto fenólicos;Leminoideae;Lemna aequinoctialis;Microgravity;Clinostat;Antioxidant;Phenolic compound
Issue Date: 21-Feb-2022
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: SANTOS, John Weslley Lira. Avaliação do efeito da microgravidade simulada por um clinostato 2D sobre comportamento de Lemna aequinoctialis. 2022. 37 f. Monografia (Graduação em Ciências Biológicas) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2022.
Portuguese Abstract: O estudo da microgravidade em plantas se deu a partir do momento em que os pesquisadores pensaram na primeira possibilidade de existência de vida em outros planetas. Através desse pensamento, tem se buscado compreender qual seria o comportamento das plantas quando expostas à microgravidade. A Lemna aequinoctialis é uma planta da família das lentilhas d’água (Leminoideae), muito importante para biorremediação e alimentação de animais como peixes e suínos. Nesse trabalho, foi realizada a exposição da planta Lemna aequinoctialis à microgravidade utilizando um clinostato 2D. O experimento foi realizado com 4 diferentes velocidades de rotação (15, 35, 50, 75 rpm) além do controle (0 rpm), todos durante 30 minutos, avaliando as plantas em 4 dias diferentes (dia 0, 5, 7, 15). Procurou-se avaliar a ocorrência de alterações bioquímicas (por meio da quantificação proteica, quantidade de fenólicos totais), capacidade antioxidante e morfológicas sobre seu desenvolvimento, em resposta a essas condições de microgravidade. Nesse trabalho foi observado que a alteração da gravidade afetou diferentemente as plantas de L. aequinoctialis dependendo do tipo de velocidade que esta foi submetida. Sobre a morfologia observamos diferenças tanto no tamanho das raízes nas rotações de 35 e 75 rpm, quanto no tamanho da fronde em 75 rpm. Também foi possível perceber um aumento da concentração proteica de 0,6 vezes no sétimo dia a 50 rpm e um aumento significativo na concentração de proteína no décimo quinto dia a 15 rpm. Em relação aos compostos fenólicos foi observado uma diminuição ao longo do tempo em todos os dias e velocidades, enquanto houve pouca diferença significativa em relação a capacidade antioxidante em comparação aos dias de experimento. Esse trabalho nos traz percepções sobre como a microgravidade pode influenciar no metabolismo de L. aequinoctialis e indicar o potencial de aplicação desta para fins biotecnológicos.
Abstract: The study of microgravity in plants began when researchers thought about the possibility of life on other planets. Then, it was important to understand how plant respond to the change of gravity. Lemna aequinoctialis is a plant from the water lentils family (Leminoideae), and it has been used for bioremediation and for feeding of other animals such as fish and pigs. In this work, Lemna aequinoctialis was exposed to microgravity through a 2D clinostat. The experiment was done with 4 different rotations (15, 35, 50, 75 rpm) besides the control (0 rpm), all were done for 30 minutes. It was evaluated which were the biochemical changes (amount of protein, amount of total phenolics, and total antioxidant capacity) and morphological changes on their development. In this work, it was observed that change of gravity affected differently the plants of L. aequinoctialis depending on the rotation that was submitted. Regarding the morphology, it was observed differences for root size at 35 and 75 rpm, and for frond size at 75 rpm. It was also verified an increase in protein concentration of 0.6 X on the seventh day at 50 rpm and a significant increase in protein concentration on the fifth day at 15 rpm. In relation of phenolic compounds, it was verified a reduction in all rotations and all the times evaluated. Furthermore, it was observed a small difference in the concentration of antioxidant compounds for all days of the experiment. This work brings us insights into how L. aequinoctialis might responds to the microgravity condition and it showed that there are many parameters to work using this plant with basic and/or applied approach.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/47222
Appears in Collections:CB - TCC - Ciências Biológicas (bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçãodoEfeitodaMicrogravidade_Santos_2022 .pdf1,42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.