Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/52569
Title: Avaliação da rugosidade superficial após escovação com dentifrícios clareadores: um estudo in vitro
Other Titles: Evaluation of surface roughness after brushing with whitening dentifrices: an in vitro study
Authors: Cunha, Rayrane Iris Melo da
Advisor: Araújo, Diana
Keywords: Rugosidade de superfície;Esmalte dentário;Dentifrícios;Clareamento dental;Surface properties;Dental enamel;Dentifrices;Tooth bleaching
Issue Date: 17-May-2023
Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citation: CUNHA, Rayrane Iris Melo da. Avaliação da rugosidade superficial após escovação com dentifrícios clareadores: um estudo in vitro. Orientadora: Diana Araújo. 2023. 41 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Odontologia) - Departamento de Odontologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2023.
Portuguese Abstract: Objetivo: Avaliar a alteração na rugosidade superficial do esmalte após o uso de diferentes dentifrícios clareadores quando comparados a um dentifrício convencional. Metodologia: 40 incisivos bovinos livres de pigmentações e fraturas tiveram as faces vestibulares cortadas em uma área de 5 x 5 mm, sendo incluídas em canos de PVC de 25 mm de largura por 10 mm de altura com o auxílio de placa de vidro, fita dupla face e resina acrílica autopolimerizável. O esmalte dental da face vestibular foi planificado com lixas de granulação de 360, 600 e 1200 e o polimento final se deu com discos de feltro, tendo a rugosidade inicial aferida com o perfilômetro óptico 3D. Os espécimes foram imersos em chá preto por 1 hora/dia, por 15 dias, para manchamento. As amostras foram randomizadas em 4 grupos de acordo com os produtos testados: grupo C (dentifrício convencional); grupo PH (dentifrício à base de peróxido de hidrogênio a 1%); grupo S (dentifrício à base de sílica); e grupo CA (dentifrício à base de carvão ativado). Os espécimes foram acoplados à máquina de escovação simulada em contato com o dentifrício de cada grupo em forma de suspensão e uma nova análise de rugosidade superficial foi realizada. Para a análise estatística, os dados foram submetidos ao Jamovi versão 1.6 e após análise descritiva, houve aplicação do teste de normalidade Shapiro-Wilk, seguido do ANOVA dois critérios de medidas repetidas e pós teste de Tukey, com nível de significância de 5%. Resultados: Na análise intragrupos, houve aumento estatisticamente significativo da rugosidade superficial quando comparada à inicial para o grupo do dentifrício à base de carvão ativado (p<0.001). Apesar disso, na análise intergrupos, não houve diferença estatisticamente significativa entre os grupos quanto aos valores de rugosidade antes ou após a escovação simulada. Conclusão: Os dentifrícios clareadores apresentaram capacidade de alterar a rugosidade superficial do esmalte de forma semelhante ao dentifrício convencional. São necessários estudos longitudinais que avaliem os efeitos do uso de dentifrícios clareadores a longo prazo.
Abstract: Objective: To evaluate the change in enamel surface roughness after using different whitening dentifrices when compared to a conventional dentifrice. Methodology: 40 bovine incisors free of pigmentation and fractures had the buccal surfaces cut in an area of 5 x 5 mm, being included in PVC pipes 25 mm wide by 10 mm high with the aid of a glass plate, double tape face and self-curing acrylic resin. The dental enamel on the buccal surface was flattened with 360, 600 and 1200 grit sandpaper and the final polishing was done with felt disks, with the initial roughness measured using a 3D optical profile meter. The specimens were immersed in black tea for 1 hour/day, for 15 days, for staining. The samples were randomized into 4 groups according to the tested products: group C (conventional dentifrice); group PH (1% hydrogen peroxide dentifrice); group S (silica-based dentifrice); and group CA (activated charcoal-based dentifrice). The specimens were coupled to the simulated brushing machine in contact with the dentifrice of each group in the form of a suspension and a new analysis of surface roughness was carried out. For statistical analysis, data were submitted to Jamovi version 1.6 and after descriptive analysis, the Shapiro-Wilk normality test was applied, followed by ANOVA two criteria for repeated measures and Tukey's post test, with a significance level of 5%. Results: In the intragroup analysis, there was a statistically significant increase in surface roughness when compared to the initial one for the activated charcoal-based dentifrice group (p<0.001). Despite this, in the intergroup analysis, there was no statistically significant difference between the groups in terms of roughness values before or after simulated toothbrushing. Conclusion: The whitening dentifrices showed the ability to change the surface roughness of the enamel in a similar way to the conventional dentifrice. Longitudinal studies are needed to assess the effects of long-term use of whitening dentifrices.
URI: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/52569
Appears in Collections:CCS - TCC - Odontologia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AvaliaçãodaRugosidade_CUNHA_2023.pdf
Restricted Access Until 2024-05-17
O Trabalho de Conclusão de Curso será adaptado para publicação em formato de artigo em uma revista.
801,78 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons