Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/1/6149
Título: Análise comparativa e teste empírico da validade dos modelos CAPM tradicional e condicional: o caso das ações da Petrobrás
Título(s) alternativo(s): Comparative analysis and empiric test of the validity of tradicional CAPM model: the case of Petrobrás shares
Autor(es): Alves, Janaína da Silva
Palavras-chave: CAPM;GARCH-M;Petrobrás
Data do documento: Ago-2007
Editor: Revista Ciências Administrativas
Citação: ALVES, J. S. (2007)
Resumo: O objetivo deste artigo é fazer uma análise comparativa e testar empiricamente a validade dos modelos CAPM tradicional e condicional utilizando as ações preferenciais da Petrobrás. A metodologia empregada foi a de estimar primeiramente o modelo CAPM tradicional, através do método dos mínimos quadrados ordinários e, posteriormente estimou-se o modelo condicional, chamado também de GARCH-M. Em ambos os modelos aplicou-se o teste de Black, Jensen e Scholes para verificar a validade do modelo. Os resultados obtidos mostram que o modelo CAPM tradicional teve sua validade comprovada, mas detectou-se neste a presença de heterocedasticidade condicional, através do teste ARCH-LM. Então, estimou-se o CAPM condicional, o qual também foi válido, embora o efeito GARCH tenha sido não significativo na equação da média. Contudo, através do teste ARCH-LM constatou-se que os efeitos ARCH do CAPM condicional foram reduzidos significativamente em relação ao CAPM tradicional, ou seja, estes efeitos foram controlados pela inclusão da variância condicional. Por fim, na tentativa de selecionar o melhor modelo utilizou-se alguns critérios de ajuste, tais como o do R² ajustado, Akaike e Schwarz. Portanto, adotando o critério de informação de Akaike, optou-se pelo modelo CAPM condicional, adicionando-se a este a vantagem de não apresentar heterocedasticidade condicional. ABSTRACT: The objective of this article is to do a comparative analysis of traditional and conditional CAPM models and to test their validity using Petrobras preferential shares. The used methodology was the one of esteeming the model firstly traditional CAPM, through the method of the ordinary Minima square and, afterwards considered the conditional model, also called GARCH-M. In both models the test of Black, Jensen and Scholes was applied to verify the validity of the model. The obtained results show that the traditional CAPM model had its validity proven, but it was detected in this the presence of conditional heterocedasticity, through the test ARCH-LM. Then, conditional CAPM model was considered, which was also valid, although the effect GARCH has been no significant in the equation of the average. However, through the test ARCHLM was verified that the effects ARCH of conditional CAPM were reduced significantly in relation to traditional CAPM, in other words, these effects were controlled by the inclusion of the conditional variance. Finally, in the attempt of selecting the best model some adjustment criteria, like the one of adjusted R², Akaike and Schwarz, were used. Therefore, adopting the Akaike criterion of information, the model conditional CAPM was chosen, being added to this the advantage of not presenting conditional heterocedasticity.
Descrição: ALVES, Janaína da Silva. Análise comparativa e teste empírico da validade dos modelos CAPM tradicional e condicional: o caso das ações da Petrobrás. Revista Ciências Administrativas, Fotaleza, v. 13, n. 1, p.147-157, ago. 2007.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/1/6149
ISSN: 1414-0896
Aparece nas coleções:CCSA - DECO - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
JANAINA DA SILVA ALVES.pdf928,44 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.