Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/1/6303
Título: Effects of simvastatin in abdominal sepsis in rats
Título(s) alternativo(s): Efeitos da sinvastatina na sepse abdominal em ratos
Autor(es): Souza Neto, José Luiz de
Araújo Filho, Irami
Rego, Amália Cínthia Meneses do
Dominici, Víctor Almeida
Azevedo, Ítalo Medeiros
Egito, Eryvaldo Sócrates Tabosa
Brandão Neto, José
Medeiros, Aldo Cunha
Palavras-chave: Statin;Inflammation;Abdominal sepsis;Wistar rat;Cytokine;Leukocyte;Estatina;Inflamação;Sepse abdominal;Rato Wistar;Citocinas;Leucócitos
Data do documento: 2006
Citação: SOUZA NETO, José Luiz de ; ARAÚJO FILHO, Irami ; REGO, Amália Cínthia Meneses do ; DOMINICI, Víctor Almeida ; AZEVEDO, Ítalo Medeiros ; EGITO, Eryvaldo Sócrates Tabosa ; BRANDÃO NETO, José ; MEDEIROS, Aldo Cunha. Effects of simvastatin in abdominal sepsis in rats. Acta Cirúrgica Brasileira , v. 21, p. 8-12, 2006. Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0102-86502006001000003&script=sci_arttext>. Acesso em: 24 set. 2013.
Resumo: Statins are widely recognized as hypolipemic drugs, but some studies have observed anti-inflammatory and immunomodulatory effects, known as pleiotropic. The aims of this work was to study possible anti-inflammatory effects of simvastatin in abdominal sepsis. Serum pro-inflammatory cytokines and leukocytes count were determined in an experimental model of abdominal sepsis, using cecal ligation and puncture (CLP) in rats. Methods: Twenty eigth Wistar rats weighing 285±12g were randomly divided in: CLP/Sinvastatin rats (n=7), treated with 10 mg/Kg of oral simvastatin 18 and 2 hs berofe CLP; CLP/Saline group rats (n=7), treated with oral saline; group Sham/Simvastatin (n=7), treated with simvastatin, and group Sham/Saline (n=7), treated with saline. Serum TNF-α, IL-1β and IL-6 by ELISA and total leukocytes, neutrophils, lymphocytes, and eosinophils were determined 24 hs after CLP. ANOVA and Tukey test were used considering significant p<0.05. Results: It was demonstrated that serum TNF-α, IL-1β and IL-6 were respectively 364,8±42pg/mL; 46,3±18pg/mL and 28,4±13pg/mL in CLP/Sinvastatin rats, significantly lower (p<0.05) than in group CLP/Saline (778,5±86pg/ml; 176,9±46pg/ ml; 133,6±21 pg/ml, respectively). The same results were observed in total leukocytes and neutrophils counts. Conclusion: These results clearly demonstrate that simvastatin is an effective agent that reduces cytokines levels and leukocyte count in sepsis, independently of its well-known lipid-lowering effects. Thus, HMG-CoA reductase inhibitors like simvastatin have important anti-inflammatory effects in abdominal sepsis in rats
RESUMO Objetivo:As estatinas são agentes reconhecidamente hipolipemiantes. Vários estudos têm revelado que eles têm ações pleiotrópicas, como antiinflamatória e imunomoduladora. Tentando-se entender o papel antiinflamatório da sinvastatina na sepse, foram analisados os níveis de citocinas pró-inflamatórias e contagem de leucócitos em modelo de sepse abdominal por ligadura e punção do ceco (LPC) em ratos. Métodos: Foram utilizados 28 ratos Wistar pesando 285±12g, assim divididos: grupo sepse (n=14), submetidos a LPC e grupo sham (n=14), submetidos a laparotomia e manipulação suave do ceco. No grupo LPC/sinvastatina (n=7) os ratos receberam 10mg/kg de sinvastatina via oral 18 e 2 horas antes da LPC e no grupo LPC/salina (n=7) os ratos receberam injeção oral de solução salina 0,9 %. Os animais dos grupos sham/sinvastatina (n=7) e sham/salina (n=7) receberam o mesmo tratamento. Dosagem de TNF-α, IL-1β e IL-6 por ELISA e contagem de leucócitos totais, neutrófilos, linfócitos e eosinófilos foram realizadas em todos os animais. Análise estatística foi feita pelo ANOVA e teste de Tukey, com significância p<0,05. Resultados: Ficou demonstrado que as dosagens de TNF-α, IL-1β e IL-6 atingiram valores de 364,8±42pg/ml; 46,3±18pg/ml e 28,4±13pg/ml no grupo submetido à sepse e tratados com sinvastatina, significantemente mais baixos do que no grupo sepse não tratados (778,5±86pg/ml; 176,9±46pg/ml; 133,6±21 pg/ml, respectivamente). O mesmo ocorreu na contagem de leucócitos totais e neutrófilos. Conclusão: A sinvastatina mostrou ação anti-inflamatória em ratos Wistar, diminuiu níveis de citocinas e leucócitos, sugerindo uso potencial na prevenção ou atenuação dos efeitos da sepse abdominal
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/1/6303
ISSN: 1678-2674
Aparece nas coleções:CCS - DCIRUR - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AldoCM_Effects_v21s4a03.pdf218,56 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons