Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12299
Título: Povoações, freguesias e vilas na Paraíba Colonial: Pombal e Sousa, 1697-1800
Autor(es): Sarmento, Christiane Finizola
Palavras-chave: Povoação;Freguesia;Vila
Data do documento: 17-Ago-2007
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: SARMENTO, Christiane Finizola. Povoações, freguesias e vilas na Paraíba Colonial: Pombal e Sousa, 1697-1800. 2007. 163 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2007.
Resumo: The towns presently named Pombal and Sousa, located in the hinterland of the State of Paraíba, Brazil, still keep vestiges of the colonization process they went through along the 18th and 19th centuries, when they both emerged as settlement nuclei in the extreme West of the then captaincy of Paraíba and attained the status of freguesia and vila in a later period. This research aims to comprehend the process of urban formation and development of the colonial urban nuclei of Pombal and Sousa as they became povoados (hamlets), freguesias (parishes) and vilas (small urban communities with a local government), according to territorial expansion policies implemented by the Portuguese government from 1697 to 1800. The choice of the two urban settlements for this survey lies in the fact that they were part of the great conquest and colonization program undertaken by the Portuguese Crown. Another aspect that was considered was the fact that those towns are the oldest urban nuclei of Paraíba s hinterland. They came into being as early as in the times of the colony, thus producing a favorable environment to the study of the changes that occurred in the captaincy s hinterland scenery resulting from the process of formation and development of the colonial urban space. Three fundamental categories of analysis were defined since they have a direct bearing upon the urban configuration of the two colonization nuclei: povoado, freguesia and vila. The three of them are related to civil and ecclesiastic jurisdictions. Field, documentation and bibliography surveys were undertaken in order to develop the study. They allowed for the finding of vestiges of the old, colonial urban structures and for the development of theoretical analysis based on present-day studies of issues relating to the colonial urban history. The study purposes were, therefore, to try to understand how the old urban nuclei of Pombal and Sousa fit in the territorial expansion policies undertaken by the Portuguese government; to relate the process of urban formation and development of such nuclei with the categories of analysis povoação-freguesia-vila by discussing the relations and influences they exert over one another and their territory, as well as to unveil, as much as possible, the configuration the urban spaces that were shaped along the 18th century
metadata.dc.description.resumo: As atuais cidades do sertão da Paraíba, Pombal e Sousa, trazem em si vestígios de antigo processo de colonização porque passaram no decorrer dos séculos XVIII e XIX, quando surgiram enquanto núcleos de povoamento no extremo Oeste do sertão da capitania da Paraíba e foram elevadas às categorias de freguesia e vila. Assim, este trabalho tem como objetivo compreender o processo de formação e evolução urbana dos núcleos urbanos coloniais de Pombal e Sousa, impulsionado pela criação de povoações, freguesias e vilas, segundo as políticas de expansão territorial implementadas pelo Governo português, no recorte histórico circunscrito ao período colonial 1697-1800. A escolha dos núcleos referidos deve-se ao fato da inserção dos mesmos no grande programa de conquista e povoamento do interior do Brasil, empreendido pela Coroa portuguesa. Outro fator a ser considerado é o fato de tais aglomerados serem os núcleos urbanos mais antigos do sertão da Paraíba, surgidos ainda no período colonial, o que propicia um ambiente favorável ao estudo das modificações ocorridas na paisagem do sertão da capitania, decorrentes do processo de formação e desenvolvimento do espaço urbano colonial. Para tanto, foram definidas três categorias fundamentais de análise que influenciaram diretamente na configuração urbana dos referidos núcleos de povoamento, assim identificadas: povoação, freguesia e vila, ambas relacionadas às jurisdições civil e eclesiástica. Para tanto foram realizadas pesquisas bibliográfica, documental e de campo, que permitiram reencontrar vestígios da antiga estrutura urbana colonial e possibilitaram a realização de análises teóricas a partir de autores contemporâneos que desenvolveram estudos enfocando a temática da história urbana colonial. Assim, buscou-se compreender a inserção dos antigos núcleos coloniais de Pombal e Sousa nas políticas de expansão territorial empreendidas pelo Governo português; relacionar o processo de formação e evolução urbana de tais núcleos com as categorias de análise povoação-freguesia-vila discutindo as relações e influências que mantêm entre si e com o território, bem como aproximar-se da possível configuração dos espaços urbanos que se conformaram ao longo do século XVIII
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12299
Aparece nas coleções:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PovoacoesFreguesiasVilas_Sarmento_2007.pdf4,03 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.