Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12425
Título: Sanitarismo e planejamento urbano: a trajetória das propostas urbanísticas para Natal entre 1935 e 1969
Autor(es): Dantas, Ana Caroline de Carvalho Lopes
Palavras-chave: Planejamento urbano;Saneamento;Propostas;Natal(RN);Saturnino de Brito;Sanitarista;Urban planning;Sanitation;Proposals;Natal city (RN);Saturnino de Brito;Sanitaristic
Data do documento: 31-Out-2003
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: DANTAS, Ana Caroline de Carvalho Lopes. Sanitarismo e planejamento urbano: a trajetória das propostas urbanísticas para Natal entre 1935 e 1969. 2003. 249 f. Dissertação (Mestrado em Conforto no Ambiente Construído; Forma Urbana e Habitação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2003.
Resumo: The Escritório Saturnino de Brito (Saturnino de Brito Office), created in 1920 under the sanitaristic guidance of the engineer Saturnino de Brito, has a vast record of works throughout the whole national territory, even after the death of its founder, in 1929 at which point his son, and also engineer, Saturnino de Brito Filho, assumed the head of the company , with a compromise to continue his father s work and assure his administrative, technical and urbanistic principles up until the early 1980s, when that institution came to an end. The scarcity of theorical studies about this Office, alongside the importance of the contributions it made in countless cities, oriented the focus of this study on its performance in Natal, where it remained from 1935 to 1969, designing, executing and managing sanitationist works and the services associated with them and going through several political, economical, social, cultural and urbanistic contexts periodicized in this work into three moments. Thus, it is intended to analyze how the Saturnino de Brito Office behaved and adapted itself to the conjunctural changes that unfolded into each of these moments, and more specifically, to observe the forms of intervention adopted the principles, the instruments and the scope aiming to verify the transition of the sanitaristic set of urbanistic ideas into the urban planning as a development strategy on a local level
metadata.dc.description.resumo: O Escritório Saturnino de Brito, criado em 1920 sob a orientação sanitarista do engenheiro Saturnino de Brito, registra uma vasta atuação por todo o território nacional, mesmo após o falecimento do fundador, em 1929, momento em que assumiu a presidência o também engenheiro Saturnino de Brito Filho, comprometido em continuar a obra do seu pai e em assegurar os seus princípios administrativos, técnicos e urbanísticos, até o início da década de 1980, quando do fim daquela instituição. A escassez de estudos teóricos acerca desse Escritório, aliada ao vulto das contribuições que prestou em inúmeras cidades, orientou o enfoque deste estudo para a sua atuação em Natal, onde permaneceu entre 1935 e 1969, projetando, executando e administrando obras de saneamento e os serviços a ela associados, perpassando por diversos contextos políticos, econômicos, sociais, culturais e urbanísticos periodizados, no trabalho, em três momentos. Pretende-se, portanto, analisar como o Escritório Saturnino de Brito se comportou e se adaptou às mudanças conjunturais que se desenrolaram em cada um desses momentos, e, mais especificamente, observar as formas de intervenção adotadas os princípios, os instrumentos e a abrangência , visando, assim, verificar a transição do ideário urbanístico sanitarista para o planejamento urbano como estratégia desenvolvimentista em âmbito local
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12425
Aparece nas coleções:PPGAU - Mestrado em Arquitetura e Urbanismo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AnaCCLD_DISSERT.pdf5,77 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.