Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/12941
Título: Gerenciamento de alarmes em plataformas marítimas de produção de hidrocarbonetos: metodologia e estudo de caso
Autor(es): Almeida, Andre Lucena de
Palavras-chave: Automação industrial;Plataformas marítimas de produção de hidrocarbonetos;Gerenciamento de alarmes;Industrial automation;Offshore production of hydrocarbons;Alarm management
Data do documento: 21-Dez-2010
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ALMEIDA, Andre Lucena de. Gerenciamento de alarmes em plataformas marítimas de produção de hidrocarbonetos: metodologia e estudo de caso. 2010. 79 f. Dissertação (Mestrado em Pesquisa e Desenvolvimento em Ciência e Engenharia de Petróleo) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.
Resumo: In the operational context of industrial processes, alarm, by definition, is a warning to the operator that an action with limited time to run is required, while the event is a change of state information, which does not require action by the operator, therefore should not be advertised, and only stored for analysis of maintenance, incidents and used for signaling / monitoring (EEMUA, 2007). However, alarms and events are often confused and improperly configured similarly by developers of automation systems. This practice results in a high amount of pseudo-alarms during the operation of industrial processes. The high number of alarms is a major obstacle to improving operational efficiency, making it difficult to identify problems and increasing the time to respond to abnormalities. The main consequences of this scenario are the increased risk to personal safety, facilities, environment deterioration and loss of production. The aim of this paper is to present a philosophy for setting up a system of supervision and control, developed with the aim of reducing the amount of pseudo-alarms and increase reliability of the information that the system provides. A real case study was conducted in the automation system of the offshore production of hydrocarbons from Petrobras in Rio Grande do Norte, in order to validate the application of this new methodology. The work followed the premises of the tool presented in ISA SP18.2. 2009, called "life cycle alarm . After the implementation of methodology there was a significant reduction in the number of alarms
metadata.dc.description.resumo: No contexto de operação de processos industriais, alarme, por definição, é um aviso ao Técnico de Operação que uma ação com tempo restrito para ser executada é necessária, enquanto que evento é uma informação de mudança de estado e não demanda ação por parte do Técnico de Operação, consequentemente não deve ser anunciada, sendo apenas armazenada para fins de análise de manutenção, incidentes e utilizadas para sinalização/monitoração (EEMUA, 2007). Porém, alarmes e eventos são frequentemente confundidos e configurados inadequadamente de forma semelhante por programadores de sistemas de automação. Esta prática resulta em uma elevada quantidade de pseudo-alarmes durante a operação de processos industriais. O elevado número de alarmes configurados é um dos principais entraves para a melhoria da eficiência operacional, dificultando a identificação de problemas e aumentando o tempo de resposta às anormalidades. As principais conseqüências desse quadro são o aumento do risco à segurança das pessoas, instalações, meio ambiente e o agravamento das perdas de produção. O objetivo principal deste trabalho é apresentar uma filosofia de configuração de um sistema de supervisão e controle, desenvolvida com o intuito de diminuir a quantidade de pseudo-alarmes configurados e aumentar a confiabilidade das informações que o sistema fornece. Um estudo de caso foi realizado no sistema de automação das plataformas marítimas de produção de Hidrocarbonetos da Petrobras no Rio Grande do Norte, de forma a validar a aplicação dessa nova metodologia. O trabalho seguiu as premissas da ferramenta apresentada na norma ISA SP18.2. 2009, denominado ciclo de vida de alarme . Após a implantação da metodologia verificou-se uma redução significativa no número de alarmes
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/12941
Aparece nas coleções:PPGCEP - Mestrado em Ciência e Engenharia do Petróleo

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
AndreLA_DISSERT.pdf1,39 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.