Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13105
Título: Estudo estatístico sobre eventos de precipitação intensa no nordeste do Brasil
Título(s) alternativo(s): Statistical analysis of the extreme rainfall events in northeastern Brazil
Autor(es): Oliveira, Priscilla Teles de
Palavras-chave: Eventos extremos. Climatologia. Análise de cluster. Mann Kendall;Extremes events. Climatology. Cluster analysis. Mann Kendall
Data do documento: 16-Abr-2014
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: OLIVEIRA, Priscilla Teles de. Statistical analysis of the extreme rainfall events in northeastern Brazil. 2014. 114 f. Tese (Doutorado em Clima e oceano; Clima e ambiente; Análise e simulação numérica de eventos extremos; Modelagem do sis) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2014.
Resumo: The Northeast of Brazil (NEB) shows high climate variability, ranging from semiarid regions to a rainy regions. According to the latest report of the Intergovernmental Panel on Climate Change, the NEB is highly susceptible to climate change, and also heavy rainfall events (HRE). However, few climatology studies about these episodes were performed, thus the objective main research is to compute the climatology and trend of the episodes number and the daily rainfall rate associated with HRE in the NEB and its climatologically homogeneous sub regions; relate them to the weak rainfall events and normal rainfall events. The daily rainfall data of the hydrometeorological network managed by the Agência Nacional de Águas, from 1972 to 2002. For selection of rainfall events used the technique of quantiles and the trend was identified using the Mann-Kendall test. The sub regions were obtained by cluster analysis, using as similarity measure the Euclidean distance and Ward agglomerative hierarchical method. The results show that the seasonality of the NEB is being intensified, i.e., the dry season is becoming drier and wet season getting wet. The El Niño and La Niña influence more on the amount of events regarding the intensity, but the sub-regions this influence is less noticeable. Using daily data reanalysis ERAInterim fields of anomalies of the composites of meteorological variables were calculated for the coast of the NEB, to characterize the synoptic environment. The Upper-level cyclonic vortex and the South atlantic convergene zone were identified as the main weather systems responsible for training of EPI on the coastland
metadata.dc.description.resumo: O Nordeste do Brasil (NEB) apresenta alta variabilidade no clima, abrangendo desde regiões semi-áridas até regiões com alto índice pluviométrico. Segundo o último relatório do Intergovernmental Panel on Climate Change, o NEB é uma região altamente susceptível às mudanças climáticas, além de ser uma região sujeita à ocorrência de eventos de precipitação intensa (EPI); contudo, ainda existem poucos estudos sobre a climatologia destes episódios na região. Neste sentido, o objetivo principal da pesquisa é determinar a climatologia e tendência dos EPI sobre o NEB e suas sub-regiões climatologicamente homogêneas, comparando seu comportamento com a climatologia e tendência dos eventos de precipitação fraca e dos eventos de precipitação normal. Para tanto, foram utilizados os dados diários de precipitação da rede hidrometeorológica gerenciada pela Agência Nacional de Águas, para o período de 1972 a 2002. Por intermédio da técnica dos quantis foram definidos os eventos de precipitação e sua confiança estatística foi analisada através do teste de Mann Kendall. As sub-regiões foram obtidas por meio da análise de cluster, utilizando como medida de similaridade a distância euclidiana e o método hierárquico aglomerativo de Ward. Os resultados mostraram que a sazonalidade do NEB está sendo intensificada, ou seja, a estação seca está se tornando mais seca e estação chuvosa ficando mais chuvosa. Os fenômenos El Niño e La Niña influenciam mais em relação à quantidade de eventos do que em relação à intensidade, mas nas sub-regiões esta influência é menos perceptível. Utilizando dados diários das reanálises do ERA-Interim, campos das anomalias dos compostos de variáveis meteorológicas foram calculados para o litoral do NEB, para caracterização do ambiente sinótico. Foram identificados os Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis e a Zona de Convergência do Atlântico Sul como os principais sistemas meteorológicos responsáveis pela formação dos EPI no litoral
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13105
Aparece nas coleções:PPGCC - Doutorado em Ciências Climáticas

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
PriscillaTO_TESE.pdf3,41 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.