Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13166
Título: Níveis de homocisteína e desempenho cognitivo em uma amostra populacional de idosos da cidade do Natal-RN
Autor(es): Araújo, Márcio Luiz Tassino de
Palavras-chave: Transtornos cognitivos;Demência;Homocisteína;Hiperhomocisteinemia;Ácido fólico;Vitamina B12;Cognitive disorders;Dementia;Homocysteine;Hyperhomocysteinemia;Folic acid;B12 Vitamin
Data do documento: 27-Nov-2009
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: ARAÚJO, Márcio Luiz Tassino de. Níveis de homocisteína e desempenho cognitivo em uma amostra populacional de idosos da cidade do Natal-RN. 2009. 159 f. Tese (Doutorado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2009.
Resumo: The imprecision of the frontier that separates those cognitive deficits inherent to the human physiological aging process from those which represent the early signs of nervous system degenerative pathologies ,very prevalent among the elderly, has brought attention to the need of studies aiming to establish clinical and/or laboratorial criteria to allow this differentiation. Elderly people living in poor and developing countries are frequently exposed to precarious socioeconomic conditions which facilitate the development of an array of pathologies which have metabolic and nutritional dysfunctions as the established or proposed etiological agents. The levels of certain micronutrients, such as the vitamins B12 and B9 (folic acid), and of some intermediary metabolites, such as homocysteine are being thought of as etiological factors and/or as biological markers of a group of alterations which affect the normal functioning of the nervous system with important reflexes upon cognitive performance. This study aims to investigate the influence of homocysteine, B12 vitamin and folic acid levels on the cognitive performance of the low income elderly population. This transversal study took place in Natal, Rio Grande do Norte State, Brazil, and involved 205 dwelling elderly people, users of the Programa de Saúde da Família, a public healthcare program, maintained by the city s health authorities. A multidimensional questionnaire was used to assess the socio-demographic aspects and the overall health and nutrition conditions. The cognitive performance was measured by the use of the Portuguese version of the Mini Mental State Exam (MMSE). The serum levels of homocysteine, B12 vitamin and folic acid were determined by chemiluminescence. The association between the socio-demographic and serum levels of Hcy, B12 vitamin and folic acid was determined by multiple linear regression. Serum levels higher than 13.5 &#956;mol/l, indicative of hyperhomocysteinemia (HHcy), were found on 25.4% of the sample, being more prevalent in men (p<0.05). Deficitary levels of folic acid (<5ng/mol) and of B12 vitamin (<193 pg/ml) were found on 3.9% and 10.2% of the sample respectively. A negative correlation was found between cognitive performance with both age and HHcy and a positive correlation was found between cognitive performance and schooling. The isolated HHcy R2 values were an explanation to only 4% of the variance of the MMSE scores. However, when associated with schooling and age, this model explains about 25% of this association
metadata.dc.description.resumo: A imprecisão da fronteira que separa os déficits próprios do processo de envelhecimento fisiológico humano daqueles que representam os sinais precoces das patologias degenerativas de grande prevalência entre idosos, tem chamado a atenção para a necessidade da produção de estudos voltados para o estabelecimento critérios clínicos e/ou laboratoriais que permitam essa diferenciação. Idosos de populações de países pobres e/ou em desenvolvimento são freqüentemente expostos a condições socioeconômicas precárias propícias ao desenvolvimento de um conjunto de patologias, disfunções metabólicas e nutricionais. Os níveis de determinados micronutrientes e de alguns metabólitos intermediários vêm sendo vistos como fatores etiológicos e como marcadores biológicos de um conjunto de alterações que afetam a função normal do sistema nervoso com reflexos importantes sobre o desempenho cognitivo. Níveis elevados de homocisteína (Hcy) e déficits nutricionais e /ou metabólicos da vitamina B12 e B9 (ácido fólico) têm sido apontados como preditores e/ou como fatores etiológicos de alterações cognitivas. O objetivo desse estudo foi avaliar a influência dos níveis de homocisteína, Vitamina B12 e ácido fólico no desempenho cognitivo de idosos de baixa renda. Este estudo transversal desenvolvido em Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, incluiu 205 idosos não institucionalizados atendidos pelo Programa de Saúde da Família da Secretaria Municipal de Saúde do município. Um questionário multidimensional foi utilizado para avaliar os aspectos sociodemográficos e as condições gerais de saúde e nutrição. O desempenho cognitivo foi aferido utilizando-se a versão em português do Mini-Exame do Estado Mental (MEEM). Os níveis séricos de homocisteína, Vitamina B12 e ácido fólico foram determinados por quimioluminescência. A associação entre as variáveis sociodemográficas e os níveis séricos de Hcy Vitamina B12 e ácido fólico foi determinada através de regressão linear múltipla. Valores séricos acima de 13,5 &#956;mol/l indicativos de hiperhomocisteinemia (HHcy) foram encontrados em 25,4% da amostra sendo mais prevalente em homens (p<0,05). Níveis deficitários de ácido fólico (<5ng/ml) e de Vitamina B12 (<193 pg/ml) foram encontrados em 3,9% e 10,2% dos indivíduos respectivamente. O desempenho cognitivo mostrou uma correlação negativa com a idade e a HHcy e positiva com a escolaridade. Os valores R2 da HHcy isolada explicaram apenas 4% da variância da pontuação do MEEM. Contudo, quando associada escolaridade e idade, este modelo explica aproximadamente 25% desta associação.
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13166
Aparece nas coleções:PPGCSA - Doutorado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcioLTA_Tese.pdf1,42 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.