Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufrn.br/jspui/handle/123456789/13420
Título: A concepção de professores do ensino fundamental (1ª e 4ª) sobre a saúde do escolar
Autor(es): Fernandes, Marcos Henrique
Palavras-chave: Saúde escolar;Educação em saúde;Docente
Data do documento: 17-Out-2004
Editor: Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Citação: FERNANDES, Marcos Henrique. A concepção de professores do ensino fundamental (1ª e 4ª) sobre a saúde do escolar. 2004. 44 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2004.
metadata.dc.description.resumo: Com a criação dos Parâmetros Curriculares Nacional (PCNs), a saúde passou a ser um tema transversal que deve ser trabalhado por todos os níveis de ensino em toda a escola, principalmente pelos professores do ensino fundamental, os quais têm uma grande responsabilidade no processo de formação dos valores e de condutas dos escolares. Com o objetivo de investigar a concepção dos professores de ensino fundamental (1ª a 4ª séries) sobre a saúde do escolar, este estudo teve como amostra 45 professoras lotadas em 04 escolas públicas e 04 escolas privadas no município de Natal/RN. Para a coleta dos dados foi utilizado um questionário semi-estruturado, sendo os mesmos analisados por meio da análise temática. A faixa etária com maior prevalência foi a superior a 40 anos, com 58% de professoras. Com relação ao grau de formação acadêmica das docentes investigadas, 47% delas tem o terceiro grau completo e, 40% possuem apenas formação no magistério. No que se refere ao tema transversal saúde, 27% das professoras não realizaram estudos sobre o mesmo e, 40% das docentes não se sentiam preparadas para desenvolver esse conteúdo, apontando como principal fator limitante à falta de conhecimento mais profundo sobre saúde e a falta de material didático adequado. Sobre a importância em se trabalhar a saúde, 29% das respostas referiram-se aos cuidados com a saúde, e 20% em prevenir e conhecer doenças. Pode-se concluir que é necessária uma capacitação específica referente à temática em questão, o que deve ser acompanhada de políticas públicas que incentivem o profissional da educação e ofereça estrutura ao ambiente escolar
URI: http://repositorio.ufrn.br:8080/jspui/handle/123456789/13420
Aparece nas coleções:PPGCSA - Mestrado em Ciências da Saúde

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
MarcosHF.pdf119,57 kBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.